Feeds:
Artigos
Comentários

Adivinhas quem são?

(ilustração de João Vaz de Carvalho)

Ouve aqui uma pequena compilação das canções do 25 de Abril:

Apresentação1

 

Este ano,  o Dia Mundial do Livro associa-se às comemorações dos 150 Anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal.

A data de 23 de abril para assinalar o dia do livro foi escolhida com base na tradição catalã segundo a qual, neste dia, os cavaleiros oferecem às suas damas uma rosa vermelha de S. Jorge, e recebem em troca um livro, testemunho das aventuras do heroico cavaleiro. Em simultâneo, é prestada homenagem à obra de grandes escritores, como Shakespeare e Cervantes, falecidos em abril de 1616.

Em 2017, e porque se comemoram os 150 Anos da Abolição da Pena de Morte em Portugal, a Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas quis relacionar o Dia Mundial do Livro com esta efeméride, incitando à leitura e celebrando o livro como um hino à vida .

O cartaz, um cartoon com conceção e design da ilustradora e cartoonista Cristina Sampaio, pretende mostrar simbolicamente que o livro e a leitura são fatores fundamentais para o crescimento económico, político, social e cultural, e que se encontram na base da cidadania plena.

 

 

Fonte: dglb

20170329_161121

 

A Rede Interconcelhia de Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão procura consolidar e ampliar um dos principais objetivos da Rede de Bibliotecas Escolares: formar novos leitores. E foi com este intuito que o grupo de professores bibliotecários de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão promoveu mais uma vez, e já pelo 6.º ano consecutivo, o Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita para alunos do 2.º ciclo, que envolveu, na primeira fase, cerca de 500 alunos dos dois concelhos.

Nesta etapa final, realizada no dia 29 de março em colaboração com a Dra. Graça Batista e toda a equipa da Biblioteca Municipal José Baptista Martins, em Vila Velha de Rodão, participaram os 28 finalistas das duas modalidades, escrita e leitura, tendo sido distinguidos pelo júri vários alunos das diferentes escolas básicas, mas foi a nossa aluna Rita Pires da turma 3 do 6º ano (AE Afonso de Paiva) que obteve o 1º Lugar no Concurso de Leitura, havendo ainda e também na modalidade de Leitura duas Menções Honrosas para as alunas Mariana Lourenço e Raquel Luís (AE Afonso de Paiva). da turma 5 do 5º ano, colocando assim o AE Afonso de Paiva a vencer pelo segundo ano consecutivo este concurso.

A organização fez questão de brindar todos os concorrentes com uma medalha de participação, uma vez que o principal objetivo da atividade consistia em festejar e partilhar o gosto pelos livros e pela expressão escrita, duas áreas em que todos estes alunos já se tinham distinguido nas respetivas escolas.

Para além da prestação de provas, o dia foi preenchido com atividades de convívio entre os participantes e com a apresentação do livro Venci-te, Jeremias, cujas autoras, Inês Cardoso e Catarina Alves, vieram a Vila Velha de Ródão para falar da obra e conceder autógrafos e ainda com uma visita à exposição sobre Cargaleiro, patente na Casa de Artes e Cultura do Tejo e uma visita guiada ao Centro de Interpretação de Arte Rupestre e Sala de Arqueologia de Vila Velha de Rodão.

Parabéns a todos os nossos pequenos grandes leitores e escritores que participaram na primeira fase deste concurso e uma felicitação especial, extensível a todos os que tornaram possível a concretização desta iniciativa, às nossas LEITORAS TOP!!!

PARABÉNS Rita, Mariana e Raquel!

jf2

No dia 2 de abril comemora-se em todo o mundo o nascimento de Hans Christian Andersen e desde 1967 este passou a ser o Dia Internacional do Livro Infantil, reforçando a importância da leitura e o papel fundamental dos livros para a infância.

Para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil 2017, a DGLAB convidou o ilustrador João Fazenda, vencedor do Prémio Nacional de Ilustração do ano passado, para ser o autor da imagem do cartaz português.
A mensagem do IBBY internacional, este ano é da responsabilidade da Rússia. O escritor Sergey Makhotin redigiu a habitual mensagem  e o cartaz original é do ilustrador Mikhail Fedorov. Podem ler abaixo a mensagem traduzida para português:

“VAMOS CRESCER COM O LIVRO!”
Na minha primeira infância, gostava de construir casas com pequenas peças e toda a espécie de brinquedos. Usava muitas vezes um livro ilustrado a fazer de telhado. Nos meus sonhos, entrava na casa, deitava-me na cama feita com uma caixa de fósforos e olhava para cima, para as nuvens ou para as estrelas do céu. A escolha dependia da ilustração que preferia na altura. Por intuição, segui as regras de vida das crianças que procuram criar um ambiente seguro e confortável à sua volta. E o livro infantil ajudou-me muito a atingir este objetivo.

Depois cresci, aprendi a ler, e o livro, na minha imaginação, começou a assemelhar-se mais a uma borboleta, ou mesmo a um pássaro, do que ao telhado de uma casa. As páginas do livro pareciam asas que batiam. Era como se o livro, deitado no peitoril, quisesse sair pela janela aberta em direção ao desconhecido. Segurava-o com as mãos e começava a lê-lo, e o livro ia ficando cada vez mais calmo. Então eu próprio voava para outras terras e novos mundos, alargando o espaço da minha imaginação.

Que alegria ter na mão um novo livro! De início, nunca sabemos sobre o que é que ele fala. Resistimos à tentação de saltar para a última página. E como o livro cheira bem! É impossível distribuirmos o seu cheiro pelos vários elementos que o compõem: tinta, cola… não, é impossível. Existe um cheiro particular no livro, um cheiro único e excitante. As folhas encontram-se coladas, como se o livro não tivesse ainda acordado. E ele só acorda quando começamos a lê-lo.

Continuamos a crescer, e o mundo à nossa volta torna-se mais complicado. Enfrentamos questões a que nem os adultos sabem responder. No entanto, é importante partilhar dúvidas e segredos com alguém. E aí o livro volta a ajudar-nos. Muitos de nós terão um dia pensado: este livro fala sobre mim! E a personagem favorita parece ser igual a nós. Tem problemas semelhantes, e resolve-os com dignidade. E há outra personagem que não é igual a ti, mas tu gostarias de seguir o seu exemplo, de ser tão corajoso e desembaraçado quanto ela.

Quando há rapazes e raparigas que dizem “Não gosto de ler!”, isso faz-me rir. Não acredito neles. Comem gelados, jogam jogos e veem filmes interessantes. Dito de outro modo, gostam de se divertir! É que a leitura não serve apenas para desenvolver sentimentos e personalidades, ela é, acima de tudo, um prazer.
É sobretudo com essa missão que os autores de livros para a infância escrevem os seus livros.”

Sergey Makhotin

(tradução de Mª Carlos Loureiro a partir da versão inglesa de Yana Shvedova)

 

Fonte: dglab

O encontro dos alunos de 1º ciclo das Escolas Básicas do Castelo, Mina, Salgueiro do Campo e Sarzedas com o escritor João Pedro Mésseder e com a ilustradora Rachel Caiano está marcado entre as 10.30h e as 12h no auditório.

Os alunos estarão à conversa com estes dois autores, recentemente galardoados com o Prémio SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) “Melhor Livro Infantojuvenil” com “De umas coisas nascem outras” (Caminho), encerrando desta forma esta 11ª edição da Semana da Leitura no Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva.

 

 

Do programa de hoje, dia 31 de março e no âmbito da quinta edição do Fronteira – Festival Literário de Castelo Branco, irão igualmente visitar o nosso Agrupamento as escritoras Joana Bértholo e Clara Cunha. Num ambiente informal e descontraído, as autoras irão partilhar as suas experiência e responder às questões dos mais novos. As sessões decorrerão no auditório e entre as 9h e as 10h será a vez de Joana Bértholo conversar com alunos do 3º ciclo (7º e 8º anos). De tarde, entre as 14.30h e as 16h,  Clara Cunha irá estar à conversa com alunos do 1º ciclo (1º e 2º anos da EB Afonso de Paiva).

 

OBRIGADA A TODOS aqueles que, de uma forma ou de outra, tornaram esta Semana da Leitura numa festa das LETRAS, das PALAVRAS, das HISTÓRIAS, dos LIVROS, dos AUTORES, das ARTES e, acima de tudo, num imenso prazer: O PRAZER DE LER!

E nesta manhã de quinta-feira, dia 30 de março, dedicamos o dia às leituras digitais: contos, lendas, fábulas…

Incentivar os alunos a ler e estimular a leitura em suporte digital é um das novas apostas da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva e para isso a aquisição de dispositivos móveis, neste caso, tablets foi essencial, mas a formação na sua utilização é indispensável, assim como o conhecimento mais alargado de ferramentas e serviços gratuitos da Web 2.0 para criar conteúdos, partilhar recursos, recuperar e organizar informação e facilitar a interação entre os leitores.

 

leitura_digital-min

Empenhados em fazer leitores na era digital e apostando no uso das novas tecnologias para promover a leitura e a escrita, nada melhor do que iniciar este desafio junto de alunos, neste caso do 2º ciclo, apresentando um conjunto de projetos, aplicações e espaços online  como: a Biblioteca de livros digitais, o Cata Livros, o Goodreads da Biblioteca, a Wattpad, as redes sociais e o blogue da biblioteca.

De tarde e na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva teremos ainda uma sessão de leitura dramatizada do livro “A Carochinha e o João Ratão” de Luísa Ducla Soares, pelos alunos de 2º ano da turma 2AP para os seus amigos e colegas da turma 3AP, numa versão adaptada para texto dramático pela Porto Editora, parceira desta semana da leitura.

E não se esqueçam de passar nas nossas Bibliotecas Escolares nas escolas Afonso de Paiva e S. Tiago para aí apreciarem os diferentes trabalhos, as exposições e as montras e mostras de livros patentes!

Boas leitur@s para todos!

image

 

cleitura

Realizam-se hoje, quarta-feira, 29 de março, na biblioteca municipal José Baptista Martins em Vila Velha de Rodão a fase final da 6ª edição do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita. Em provas estarão cerca de 3 dezenas de alunos do 2º ciclo das escolas básicas dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, marcando assim mais um dia na semana da leitura do Agrupamento Afonso de Paiva.

Boa sorte para os nossos 6 finalistas: Lara, Maria Inês, Mariana, Miguel, Raquel e Rita!!!!!!

 

cartaz.contador.ciclos.Violetas

Paralelamente e durante a manhã no JI das Violetas, todos os alunos do pré-escolar dos JI das Violetas, Castelo, Salgueiro do Campo e Sarzedas assistirão a sessões de contos pelo contador de histórias Pedro Simões, a partir do livro “O ciclo do ovo”, no âmbito da iniciativa “Contadores de Histórias”, em parceria com a editora Asa, parceira da nossa semana da leitura.

 

luisa-dacostaelefante-cor-de-rosa-140623060728-phpapp01-thumbnail-4

De tarde e já na Biblioteca Escolar S. Tiago, os alunos de 2º ano da turma 7ST apresentarão a dramatização da história “O elefante cor-de-rosa” de Luísa Dacosta aos seus colegas e amigos das turmas de 2º ano das escolas do Castelo e de S. Tiago.

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

Ilse Losa

(re)descobrindo os seus livros - homenagem no ano do centenário do seu nascimento

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

estudo sobre a integração curricular de ferramentas digitais em EVT | por jOsÉ aLbErTo rOdRiGuEs

e-portefólio pnep

Victor Marques

Apps para educação

Rede de Bibliotecas Escolares | Aplicações para dispositivos móveis

Actio libera

Espaço para a literatura e o teatro: artigos, críticas, resenhas, traduções, dicas, provocações e delírios.

bibliotecaescolar.info

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: