Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘25 de abril’

A Revolução de 25 de Abril, também referida como Revolução dos Cravos, refere-se a um período da história de Portugal resultante de um movimento social, ocorrido a 25 de abril de 1974, que depôs o regime ditatorial do Estado Novo, vigente desde 1933 e iniciou um processo que viria a terminar com a implantação de um regime democrático e com a entrada em vigor da nova Constituição a 25 de abril de 1976, o mesmo dia das primeiras eleições legislativas da nova República. Na sequência destes eventos foi instituído em Portugal um feriado nacional no dia 25 de Abril, denominado como “Dia da Liberdade”.

E para assinalar este marco histórico nacional, a Biblioteca Escolar em estreita articulação e colaboração com os Professores de História e Geografia de Portugal (HGP) e de Educação Visual e Tecnológica (EVT) do 2º ciclo, realizaram uma exposição de trabalhos no átrio principal da escola básica Afonso de Paiva, onde toda a comunidade educativa pôde apreciar uma coleção de cartazes alusivos ao 25 de Abril, fruto de um concurso proposto aos alunos, bem como uma amostra de artefactos e cravos vermelhos, construídos pelos alunos em Oficina de Artes e nas aulas de EVT.

Os alunos das seis turmas de 5º ano, num total aproximado de 150 alunos assistiram ainda a sessões de animação e mediação leitura, promovidas pela Professora Bibliotecária, sob o mote “A revolução das letras”. As sessões, desenhadas a partir do livro de Vergílio Alberto Vieira, consistiram numa mostra bibliográfica de títulos em diferentes suportes existentes na biblioteca escolar, alusivos a esta temática, seguindo-se uma leitura expressiva dramatizada em StoryBook Theater do livro “A revolução das letras”, finalizando com um animado jogo de caça ao erro, a partir de 2 imagens das primeiras eleições livres em Portugal após o 25 de Abril.

Esta foi mais uma atividade no âmbito da leitura e das literacias promovida colaborativa e articuladamente pela biblioteca, proporcionando aos alunos que vivenciem pela literatura situações reais, participando nelas ativamente, mobilizando conhecimentos e desenvolvendo as suas aprendizagens, permitindo ainda que percebam a função social que a leitura ocupa na vida humana. Noutras palavras, a literatura deve fazer parte da vida da criança, sendo premente e fundamental que esse processo seja iniciado, desenvolvido e aprofundado na escola, de forma provocada, intencional, em que as situações de contacto com a literatura sejam criadoras de novas necessidades de ler, de conhecer, de expressão e de prazer por meio da relação dialógica que se estabelece com os livros e com a leitura, sendo este um dos primeiros e principais objetivos da biblioteca escolar.

 

 

Read Full Post »

Concurso25abril.2016

Read Full Post »

25-de-abril-de-1974-1-728

 

No âmbito da já habitual comemoração do 25 de Abril, a Biblioteca Escolar, o Clube de Leitur@s e os Professores de História e Geografia de Portugal e Educação Especial do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, em colaboração com o IPDJ de Castelo Branco, o Centro UNESCO – Educação para Todos de Castelo Branco e a Associação 25 de Abril, assinalam esta data, ao longo desta semana, entre 26 a 29 de abril, com sessões de mediação de leitura, orientadas pela professora bibliotecária Carla Nunes com as turmas de 4º e 5º ano da EB Afonso de Paiva e Alunos Especiais, inseridos no projeto colaborativo Saber Ler+. No final de cada sessão, os alunos ainda irão visitar as exposições “Cartazes de Abril” e Recortes de Imprensa – Jornal do Fundão, Reconquista e Notícias da Covilhã – “Os dias seguintes ao 25 de abril no Distrito de Castelo Branco”, patentes no IPDJ – Loja Ponto Já de Castelo Branco, entre 11 a 28 de abril de 2016, assim como a exposição patente no átrio principal da escola sede e que conta com magníficos trabalhos plásticos realizados pelos alunos das turmas envolvidas, cravos e tanques, e uma pequena mostra fotográfica de Sebastião Salgado, a partir do seu livro “Um Fotógrafo em Abril”, numa celebração desta tão marcante data portuguesa. As sessões serão encerradas com o depositar de um cravo por aluno, como gesto simbólico a marcar este Dia da Liberdade em Portugal.

A Biblioteca Escolar, no âmbito da atividade “Filme do Mês“, num ciclo de cinema português inserido na iniciativa nacional Plano Nacional de Cinema, irá ainda apresentar o filme “Capitães de Abril” no dia 27 de abril, pelas 17.30h no auditório da escola sede e apresenta igualmente uma mostra temática de livros alusiva ao tema.

Comemorar o 25 de Abril, promovendo junto dos alunos os valores de Abril de 74 e incentivando a escrita e a leitura junto das crianças e jovens como fator preponderante na sua educação e crescimento como cidadãos solidários e conscientes da sua liberdade, são alguns dos principais objetivos desta atividade.

 

Para saberes mais podes sempre consultar o Dossiê “25 de Abril” aqui no blogue da tua Biblioteca.

 

 

 

Read Full Post »

Destacamos hoje algumas obras emblemáticas, reedições e novas publicações em redor do tema, na literatura para crianças e jovens, lugar onde, dizem, ainda é permitido não ter medo.

22924194

1. “Livro livre”, do historiador Francisco Bairrão Ruivo, com ilustrações de Danuta Wojciechowska e Joana Paz (Editora Lupa)

16862852_nZI7V

2.  “25 de abrir”, de Alexandre Honrado, com ilustrações de Maria João Lopes (Verbo)

10313810_740109962695419_5367477917071091421_n

3.  “Salgueiro Maia: O homem do tanque da liberdade, de José Jorge Letria, com ilustrações de António Jorge Gonçalves (Pato Lógico e Imprensa Nacional Casa da Moeda)

25 de Abril

4. “Era uma vez um cravo”, de José Jorge Letria, com ilustrações de André Letria (Câmara Municipal de Lisboa)

unnamed

5. “A escola e os cravos”, de Luísa Lobão Moniz, com ilustração de Rita Moniz (Editora Teodolito)

500_9789722119795_historia_de_uma_flor

6. “História de uma flor”, de Matilde Rosa Araújo, com ilustrações de João Fazenda (Caminho)

500_9789722118613_romance_25abril

7. “Romance do 25 de abril”, de João Pedro Mésseder, com ilustrações de Alex Gozblau (Caminho)

500_9789722116237_vinte_e_cinco

8. “Vinte cinco a sete vozes”, de Alice Vieira (também em formato ebook), com ilustrações de  (Caminho)

500_9789895575237_7x25_hist_liberdade

9.  “7 x 25 histórias de liberdade”, de Margarida Fonseca Santos, com ilustrações de Inês do Carmo (Gailivro)

250_9789892313924_O Rapaz Bicicleta Azul

10. “O rapaz da bicicleta azul”, de Álvaro Magalhães, com ilustrações de Marta Madureira (Asa)

500_9789722112505_vinte_e_zinco

11. “Vinte e Zinco”, de Mia Couto (Caminho)

image

12. “Catarina de todos nós”, de Sidónio Muralha (Caminho)

Tesouro

13. “O tesouro”, de Manuel António Pina (APRIL/Associação 25 de Abril) – reeditado pela Assírio & Alvim.

Bichos_de_abril

14. “Bichos de abril”, de Carlos Pinhão (Caminho)

image (1)

15. “Vassourinha”, de António Torrado (Campo das Letras)

capa-do-livro-a-fabula-dos-feijoes-cinzentos

16. “Fábula dos feijões cinzentos”, de José Vaz (Campo das Letras)

BMTR38845

17. “A revolução das letras – O 25 de abril explicado às crianças”, de Alberto Vieira (Campo das Letras)

image (2)

18. “Viagem à flor de um mês”, de José Jorge Letria (Campo das Letras)

image (3)

19. “Zeca Afonso e a malta das cantigas”, de José Jorge Letria (Terramar)

popup_72l22671557

20. “O caso da Rua Jau”, de Mário Castrim (Campo das Letras)

magia

21. “A Magia do Luar de Abril – Cores de Liberdade em sonhos de criança”, de João M. Costa (Chiado Editora)

image (4)

22. “O soldado e o capitão, os cravos e o povão”, de Valdemar Cruz (Campo das Letras)

25AbrilJoséJorgeLetria

23. “L.A. e cª no meio da revolução”, de Maria Mata (Civilização)

capalac

24. “Letras & Letrias”, de José Jorge Letria (Dom Quixote)

17771338_9nGyZ

25. “Era uma vez o 25 de Abril”, de José Fanha (Alfaguara)

Read Full Post »

11148825_866655523388348_7301270158024381035_o

(Alex Gozblau)

Poema de Abril

A farda dos homens
voltou a ser pele
(porque a vocação
de tudo o que é vivo
é voltar às fontes).
Foi este o prodígio
do povo ultrajado,
do povo banido
que trouxe das trevas
pedaços de sol.

Foi este o prodígio
de um dia de Abril,
que fez das mordaças
bandeiras ao alto,
arrancou as grades,
libertou os pulsos,
e mostrou aos presos
que graças a eles
a farda dos homens
voltou a ser pele.

Ficou a herança
de erros e buracos
nas árduas ladeiras
a serem subidas
com os pés descalços,
mas no sofrimento
a farda dos homens
voltou a ser pele
e das baionetas
irromperam flores.

Minha pátria linda
de cabelos soltos
correndo no vento,
sinto um arrepio
de areia e de mar
ao ver-te feliz.
Com as mãos vazias
vamos trabalhar,
a farda dos homens
voltou a ser pele.

(Sidónio Muralha)

Read Full Post »

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

Ilse Losa

(re)descobrindo os seus livros - homenagem no ano do centenário do seu nascimento

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

estudo sobre a integração curricular de ferramentas digitais em EVT | por jOsÉ aLbErTo rOdRiGuEs

e-portefólio pnep

Victor Marques

Apps para educação

Rede de Bibliotecas Escolares | Aplicações para dispositivos móveis

Actio libera

Espaço para a literatura e o teatro: artigos, críticas, resenhas, traduções, dicas, provocações e delírios.

bibliotecaescolar.info

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: