Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘1.ciclo’

Celebrado anualmente a 21 de março, o Dia Mundial da Poesia assinala uma das formas mais preciosas de expressão e identidade cultural e linguística da Humanidade.

A UNESCO adotou pela primeira vez em 21 de março como Dia Mundial da Poesia durante a sua 30ª Conferência Geral em Paris, em 1999, com o objetivo de apoiar a diversidade linguística através da expressão poética e aumentar a oportunidade de serem ouvidas línguas ameaçadas. O Dia Mundial da Poesia é a ocasião de homenagear poetas, reviver tradições orais de recitais de poesia, promover a leitura, a escrita e o ensino da poesia, promover a convergência entre poesia e outras artes como teatro, dança, música e pintura, promovendo a sua visibilidade.

As Bibliotecas Escolares (BE) do AE Afonso de Paiva não quiseram deixar de assinalar esta data dedicada a uma forma de excelência da criação humana e apesar da atipicidade deste ano, realizámos algumas atividades imersivas para celebrar a Poesia e a levar a alunos, professores, técnicos, funcionários, pais e encarregados de educação e a quem nos visita, aludindo de forma singela a um futuro onde os poemas e os poetas nos acompanhem e nos deem voz.

Na semana de 22 a 26 de março esteve patente na BE Afonso de Paiva e na BE S. Tiago uma mostra bibliográfica de poesia de autores portugueses e foi divulgada uma lista de títulos poéticos do acervo documental das Bibliotecas Escolares junto dos docentes de todos os níveis de ensino, no âmbito da atividade “Temas em Livros”. Durante a semana e em ambas as BE foram apresentados diariamente vídeos com declamações de poemas do programa da RTP2 “Um Poema por Semana“. Foi igualmente promovido um desafio poético dirigido aos alunos do 4º ano da turma 4AP que a ele responderam de forma muito criativa: em grupo escolheram livros de poesia; a pares selecionaram um poema e de seguida prepararam, de forma autónoma, a sua leitura expressiva e depois gravaram vídeos curtos com as suas declamações. No final ainda houve tempo para completarem a frase: “Para mim, a poesia é…” em folhinhas de árvore que depois colocaram na bonita árvore da poesia que pode ser apreciada na BE Afonso de Paiva.

Um aplauso para estas jovens vozes já comprometidas com a poesia, que lendo nos bastidores ou em público, em jardins ou nas ruas, nas bibliotecas escolares ou nas salas de aula, celebram esta forma preciosa de expressão humana!

Read Full Post »

Há já muito tempo que os animais desejavam averiguar a que sabia a Lua. Seria doce ou salgada? Quem não sonhou alguma vez em dar uma trincadela na Lua? Foi precisamente este o desejo dos alunos da turma 5AP de 1º ano da Escola Básica Afonso de Paiva que com a ajuda dos animais desta história e pela mão da professora Paula Alves, quiseram provar um pedacinho.

“A que Sabe a Lua?” de Michael Grejniec com tradução de Alexandre Honrado (Editora Kalandraka) foi o livro escolhido para trabalhar a entreajuda e a cooperação, o trabalho em equipa, a leitura, a matemática, a alimentação e até mesmo o conhecimento do universo. A turma construiu um livro em 3D, um livro tão redondo e saboroso como a Lua cheia, onde os animais da selva iam mostrando que as coisas partilhadas sabem sempre muito melhor.

Várias foram as atividades e as tarefas realizadas dentro e fora da sala de aula, articulando a leitura com os múltiplos conteúdos das diferentes disciplinas e houve até espaço para uma muito apetitosa receita de “Bolo da Lua” confecionada pelas mãos dos pais e encarregados de educação. Para a Matilde, que fez um bolo com a mãe, a Lua tem sabor a chocolate!

Mas, afinal, a que sabe a Lua? Sabe simplesmente ao que cada um desejar…

Read Full Post »

A Biblioteca Escolar da EB S. Tiago proporciona um ambiente acolhedor e formativo, promotor da leitura e favorecedor de uma atitude de aprendizagem ao longo da vida, com o objetivo de apoiar e contribuir para uma boa aprendizagem e domínio da leitura, pela promoção de estratégias e atividades de aproximação ao currículo e da aquisição de conhecimentos e formação global dos alunos no âmbito das multiliteracias.

Histórias à Quinta” é uma atividade da Equipa das Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva que decorrerá todas as quintas-feiras, nos dois turnos do intervalo da manhã na BE S. Tiago, dirigida aos alunos da EB S. Tiago, com sessões de animação de leitura dinamizadas pela Educadora Maria da Luz Lopes, sempre associadas a um elemento surpresa e à expressão e criação artística. Os contos/ histórias a ler são selecionados criteriosamente, dando espaço às crianças para que elas também possam participar e decidir nestas escolhas, adequando, sempre que possível e necessário, a intervenção às suas necessidades e aprendizagens, pela criação de momentos de leitura diferenciados, envolvendo as linguagens artísticas e “provocando” o processo criativo e expressivo.

Esta é mais uma iniciativa com o intuito de promover o gosto e o prazer de ler, incidindo especificamente sobre a compreensão do significado que as crianças atribuem às personagens principais dos contos e como se identificam com as mesmas, através da criação de ambientes/ cenários de leitura que potenciam um posicionamento crítico face às mundividências que atravessam os contos selecionados, favorecendo a expressão das suas reflexões, numa lógica de construção coletiva de significados, onde a palavra e a criação plástica se articulam.

Read Full Post »

Convenção sobre os Direitos da Criança adotada há 30 anos, a 20 de novembro de 1989, desempenha um papel fundamental para o desenvolvimento equitativo e justo, e assegura que todas as crianças tenham direito a crescer e desenvolver-se de forma plena. Pretende-se que os alunos reconheçam que todas as crianças e jovens têm os mesmos direitos e tenham oportunidade de promover e defender os direitos de todas as crianças, agora e para as gerações futuras.

No ano letivo 2019/ 2020, as Bibliotecas Escolares (BE) do AE Afonso de Paiva desafiaram novamente os professores a desenvolverem projetos, atividades e trabalhos sobre os novos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável  (ODS), aprovados na Cimeira das Nações Unidas em setembro de 2015. A concretização desta ambiciosa agenda, que deverá ser implementada por todos os países nos próximos 15 anos, depende não apenas do compromisso dos governos, mas também do envolvimento dos cidadãos. As crianças e os jovens são centrais neste apelo global de participação e a escola é essencial para dar a conhecer a nova agenda global, inspirar e incentivar à participação no desenvolvimento das comunidades. A iniciativa “A Maior Lição do Mundo”, promovida pela UNICEF Portugal em colaboração com a Direção-Geral da Educação (DGE) surge neste âmbito e visa contribuir para a reflexão e ação no âmbito dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, juntando esforços a fim de envolver o maior número de crianças a viver em Portugal.

A importância dos direitos na criança na concretização dos ODS foi o elemento chave para a participação e envolvimento no projeto e nas múltiplas atividades, no âmbito da Cidadania e Desenvolvimento e envolvendo as disciplinas de Português, Estudo do Meio e Expressões (Música, Expressão Dramática, Artes Visuais e Dança) que foram promovidas numa sensibilização para a importância da Convenção sobre os Direitos da Criança, traduzidos na definição de um Trabalho de Projeto na Turma de 2º ano 6AP da EB Afonso de Paiva, sob o mote “Histórias, vidas, gestos e palavras”.

Tendo em conta, a importância e o grande apreço que as crianças manifestam pelo imaginário infantil, o ponto de partida foram as histórias infantis, as quais espelham a vida de diferentes crianças e, no fundo, de tantas outras por esse mundo fora. Assim e a partir de uma lista de magníficos títulos do universo da literatura infantil (atividade “Temas em Livros” das BE), selecionados pela Professora Bibliotecária Carla Manuela Nunes, os pequenos grandes alunos da Turma 6AP, orientados pela Professora Cláudia Correia, partiram do enfoque nas crianças, especificamente nos seus direitos, nas suas histórias de vida, nas crescentes desigualdades sociais, assim como englobaram questões centrais como a paz, a segurança e as alterações climáticas, num diálogo incessante entre as palavras e os gestos, as imagens e as histórias, num rio de leitur@s que  de uma forma também lúdica, promoveu o diálogo e a solidariedade entre os alunos, o debate e a discussão dos diferentes pontos de vista, das suas ideias e opiniões, traduzido nestes magníficos trabalhos que recebem agora o devido reconhecimento, sendo um dos 10 projetos selecionados para o Livro de 2020 dos Projetos “A Maior Lição do Mundo”, que a UNICEF Portugal destacou a nível nacional em 3 categorias (categoria 1- pré-escolar; categoria 2- 1º e 2º ciclos; categoria 3- 3º ciclo e secundário) pelo interesse e relevância dos direitos da criança na concretização dos ODS.

Aqui fica o vídeo com uma retrospetiva do Projeto de Trabalho realizado:

Read Full Post »

Um livro não é só um conjunto de folhas impressas, agrupadas e ordenadas. Num livro esconde-se todo um universo. Esse objeto mágico e cativante que tem a capacidade de mudar as nossas vidas, pode, de facto, fazer-nos seguir um caminho diferente do que planeámos, revelar o que antes não sabíamos, ou até fazer parar o tempo enquanto nos perdemos em mundos imaginários. Um livro-avião prestes a levantar voo, um livro-candeeiro a iluminar uma rua escura, um livro-túnel de onde sai uma locomotiva fumegante, são algumas das metáforas de inspiração que se encontram no livro “Se eu fosse um livro” de José Jorge Letria, com ilustração de André Letria.

Os alunos da turma de 2º ano da EB Mina, do AE Afonso de Paiva, orientados pela Professora Elisabete Campos, quiseram desvendar os mistérios e segredos deste título, no âmbito da celebração do Dia Mundial do Livro 2020 e na tentativa de formular respostas criativas para a pergunta “Se eu fosse um livro”, produziram umas magníficas e muito criativas frases que nos deixam de presente neste pequeno vídeo, já publicado no canal youtube das Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva. Parabéns aos alunos e boas leitur@s!

Read Full Post »

Elmer, publicado originalmente em Inglaterra em 1968 (e, mais tarde, em 1989 como primeiro volume de uma coleção), é a personagem de David McKee, o famoso elefante às cores. Esta coleção, que conta já com 34 títulos, é hoje um clássico moderno com mais de 8.5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e traduzido para mais de 50 línguas.

Uma personagem que ensina as crianças a aceitar a diferença, alegre e traquina o Elmer tenta passar às crianças uma mensagem muito importante: a de que não faz mal ser diferente – pelo contrário: ser diferente é bom e divertido. O Elmer faz do mundo um sítio muito melhor. Por isso, este ano vamos festejar o Dia do Elmer partilhando o positivismo do Elmer com atividades que todos podem aproveitar para fazer em casa! 

Elmer fez 30 anos no dia 23 de maio e as Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva lançaram o desafio, em mais uma iniciativa à distância, a alunos, docentes e pais/ encarregados de educação do pré-escolar e 1º ciclo, partilhando várias sugestões de leitur@s e atividades para celebrarem com os miúdos esta data.

Aqui fica uma mostra em vídeo, com recurso à ferramenta Biteable com os trabalhos recebidos no correio eletrónico da biblioteca escolar, dos pais e encarregados de educação dos alunos de 1º ano das turmas 1AP (Professora Júlia Bento) e 3M (Professora Maria de Jesus Santos).

A Professora Bibliotecária Carla Manuela Nunes agradece a todos os alunos, docentes e pais/ encarregados de educação envolvidos, pois foram muitos, e em especial aos que connosco quiseram partilhar os trabalhos realizados.

Read Full Post »

Passatempo à Distância

“Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”

O Dia Mundial do Livro é comemorado desde 1996 e, por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, uma vez que, de acordo com os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Miguel de Cervantes e William Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha, onde a 23 de abril, dia de São Jorge, é oferecida uma rosa a quem comprar um livro. Esta troca de uma rosa por um livro tornou-se já uma tradição em vários países do mundo.

Este ano de 2020 o Dia Mundial do Livro tem como tema

“Um livro no coração. Todos somos Livros.”

E porque nas Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas Afonso de Paiva e José Sanches e S. Vicente da Beira, no concelho de Castelo Branco, #estamoson, as professoras bibliotecárias não quiseram deixar passar este tão importante dia e lançaram o primeiro Passatempo à Distância para assinalar e celebrar o dia com os alunos em casa: “Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”, desafiando os pequenos leitores do pré-escolar e do 1º ciclo a ouvirem um conto (áudio conto), disponível num Mural RED – Especial Leitur@s, dedicado aos livros e às leituras, construído para celebrar o dia, com curadoria de conteúdos pela professora bibliotecária, mural que é aqui apresentado hoje, dia 23 de abril, e também nos espaços institucionais em linha de cada um dos agrupamentos e bibliotecas escolares.

No passatempo, os alunos são desafiados a, depois da audição do conto, resolverem um quiz interativo sobre a história que ouviram, com recurso à ferramenta wordwall e a realizarem uma ilustração/ desenho que terão que enviar em suporte digital (podem tirar uma foto) para o e-mail do passatempo: umlivronocoracao@gmail.com.

Os links para os áudio contos são:

Pré-escolar: https://soundcloud.com/calbsilva/um-dois-tres?in=calbsilva/sets/poemas-portugueses-para-criancas  (Este é direto para o audio conto “1, 2, 3″de Eugénio de Andrade na soundcloud “Poemas portugueses para crianças” de Carlos Alberto Silva)

1º Ciclo: http://www.rtp.pt/play/zigzag/p2757/e373714/era-uma-vez (Depois de entrar aqui no Era uma vez da RTP Zig Zag, o aluno deve procurar o audio conto “Franklin e a livraria voadora” para ouvir)

Os links para os quizzes (jogos) são:

Pré-escolar: https://wordwall.net/resource/1636898/1-2-3-de-eug%c3%a9nio-de-andrade

1º ciclo: https://wordwall.net/resource/1636369/era-uma-vezfranklin-e-livraria-voadora

O passatempo decorre de 23 a 30 de abril e todos os participantes recebem um certificado digital enviado através de correio eletrónico. Os 2 melhores desenhos de cada agrupamento, um por agrupamento, serão agraciados com uma pequena surpresa digital!    

Boas áudio leitur@s!

Read Full Post »

Semana dos Afetos, Sentimentos e Emoções

AE Afonso de Paiva | Bibliotecas Escolares

Semana dos Afetos | BE Afonso de Paiva

Ter afetos é ter a capacidade de dar e de receber, de amar e de ser amado, de inquietar e de ser inquietado. Os afetos exprimem-se através dos sentimentos e das emoções e têm uma ligação especial com o passado, com as experiências e vivências com as pessoas e o mundo que as rodeia. Os afetos têm a ver com aquilo que nos afeta, são algo de que somos dotados e exprimem-se em sentimentos e emoções que estão ligadas fundamentalmente ao presente. Este foi o mote que levou as Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, mais um ano, a dedicar uma semana, coincidente com o S. Valentim, aos afetos, emoções e sentimentos.

De 14 a 28 de fevereiro a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva vestiu-se a rigor e para além de uma instalação temática alusiva, também se puderam ver e ler muitos livros sobre os afetos, emoções e sentimentos, numa mostra temática variada de títulos em suporte livro e não livro. Estiveram igualmente patentes no espaço três exposições: uma exposição de “Abanicos del Amor”, numa iniciativa das docentes de Espanhol com os alunos do 3º ciclo; uma segunda exposição de “Love Monsters”, atividade de projeto desenvolvida pelas professoras de Inglês do 1º ciclo com todos os alunos de 4º ano do agrupamento; e uma terceira exposição “Mural dos Afetos”, com desenhos realizados pelos alunos da turma 6AP de 2º ano, feitos a partir da história “Tanto, Tanto!” de Trish Cooke. Para além dos magníficos trabalhos e decoração a rigor, houve ainda o visionamento de filmes e puderam ouvir-se playlists muito apaixonadas e apaixonantes,durante os intervalos, horas de almoço e períodos sem aulas. Alunos e professores participaram ainda na iniciativa das bibliotecas “Vamos espalhar afetos” e deixaram as suas mensagens nos enormes corações das bibliotecas. Para a professora bibliotecária Carla Manuela Nunes, “o afeto pode ter variadas formas de ser expresso, através da escrita, do desenho, da música, da palavra, mas também da ação, do modo de nos comportarmos, de comunicarmos e de interagirmos. É a forma como o afeto é vivido que transforma o ser humano e que permite uma experiência de vida equilibrada.”

E porque as crianças e jovens necessitam de consolo, de braços que abracem, de ouvir histórias aconchegantes, de colo, de mimo, de vozes agradáveis e de sorrisos, as bibliotecas escolares não podiam deixar de celebrar igualmente esta semana com livros e leituras. Assim e no âmbito do Programa Itinerâncias “Malas com Rodas Cheias de Histórias”, os alunos das escolas de 1º ciclo e jardins-de-infância do AE Afonso de Paiva sem espaço físico de biblioteca, puderam assistir a sessões de animação de leitura, num total de dez, orientadas pela Educadora Maria da Luz Lopes, da equipa das BE, a partir das histórias “O Monstro das Cores” de Anna Llenas e “Era uma vez um gato xadrez…” de Bia Villela, apresentando cenários, ilustrações e os “monstros das emoções” em 3D, com vista a promover a inteligência emocional, os valores e os afetos, aprendendo a gerir emoções e a compreender sentimentos com, aproximadamente, duas centenas e meia de alunos do pré-escolar e 1º ciclo, criando espaços e possibilidades para a própria produção ou construção. Usualmente, emoção e sentimento surgem como sinónimos, mas a relação entre ambos é muito estreita. Para o neurocientista português António Damásio, a emoção é “um conjunto de reações corporais, automáticas e inconscientes, face a determinados estímulos provenientes do meio onde estamos inseridos. O sentimento surge quando tomamos consciência das nossas emoções, isto é, o sentimento dá-se quando as nossas emoções são transferidas para determinadas zonas do nosso cérebro, onde são codificadas sob a forma de atividade neuronal.”

Read Full Post »

Os Guardiões da Água

Sob o mote da água e dando continuidade ao projeto pedagógico das turmas de 4º ano da EB Afonso de Paiva, inserido no Ping Plop – Plano Municipal de Educação para a Sustentabilidade Ambiental dos Serviços Municipalizados de Castelo Branco, articulado com os domínios de Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável em Educação para a Cidadania, os nossos Guardiões, orientados pelas professoras Paula Tomás e Teresa Henriques, produziram umas maquetes explicativas do Ciclo da Água, com recurso a materiais reciclados. Esta mostra encontra-se patente na entrada principal da EB Afonso de Paiva e pode ser visitada até ao fim de fevereiro.

Mas os nossos guardiões não têm parado e para além destas maquetes também produziram umas magníficas adaptações em banda desenhada do 1º capítulo do livro “A Gota de Orvalho Que Queria Ser Pingo de Chuva” de José Dias Pires, coordenador deste projeto, que podem ser vistas em suporte digital na plataforma calaméo das Bibliotecas Escolares do Agrupamento Afonso de Paiva ou em vídeo no canal youtube das Bibliotecas e na página e facebook do Agrupamento. Entretanto e em resposta aos desafios lançados pelo projeto, elaboraram em grupo/ núcleo por turma, belíssimas propostas de logótipos (Desafio 1). Foi difícil a escolha, mas escolheram bem! Cada EVA – Equipa de Vigilantes Ambientais – terá a partir de agora a sua imagem de marca. Os logótipos e as bandas desenhadas irão estar em exposição na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva na primeira semana de março. Seguindo o Desafio 3, cada turma construiu várias regras para cuidar da água na escola (e ainda não foram eleitas as melhores! Mais uma votação difícil!) e em articulação com as professoras de inglês, foram também escritas em inglês. As regras para poupar água e a frase “Água é vida” farão parte integrante dos seus disfarces de Carnaval, este ano, claro, como soberanos Guardiões da Água!

Read Full Post »

Dia da Internet + Segura 2020

A data do Safer Internet Day (SID) – Dia da Internet + Segura – é uma iniciativa da rede Insafe, com o apoio da Comissão Europeia, assinalada um pouco por todo o mundo com atividades em mais de 140 países, procurando contribuir para a criação de uma internet melhor para todos, especialmente para os mais jovens. Em 2020, o Dia da Internet Mais Segura teve lugar no dia 11 de fevereiro e o tema foi “Juntos por uma Internet melhor”.

Sabendo que a escola tem um papel central no esforço coletivo de contribuir para uma Internet mais segura, formando gerações para a prevenção dos riscos, o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, numa iniciativa conjunta das Bibliotecas Escolares e do Grupo de Docentes de Informática, associou-se mais um ano a esta iniciativa e promoveu ações de sensibilização para os alunos do 3º e 4º ano das escolas básicas Afonso de Paiva, Mina e S. Tiago no sentido de assinalar o dia e contribuir para uma navegação mais segura, promovendo a literacia digital. Nas sessões com as turmas de 4º ano desenvolvidas na biblioteca escolar Afonso de Paiva, orientadas pela professora bibliotecária Carla Manuela Nunes, os alunos mostraram-se muito recetivos, atentos e participativos, colocando muitas questões e envolvendo-se ativamente ao longo da sessão informativa e de sensibilização para navegar com maior segurança na internet, dando realmente sentido ao mote “Juntos por uma Internet melhor!”. Nas sessões envolvendo cerca de uma centena de alunos, e em pequenos grupos, foram abordados os temas da privacidade, riscos e ameaças, com conselhos e recomendações sobre as formas como podem proteger-se, do cyberbullying, entre outros, procurando-se sensibilizar para os temas que mais nos preocupam: os riscos e ameaças que estão à espreita durante a navegação on-line. Em cada sessão os alunos puderam realizar um jogo sobre o tema, através da aplicação “Pisca Mega Quiz”, com recurso aos tablet e no final foi distribuído um jogo “Quantos Queres” alusivo, para os alunos construírem e jogarem na turma. Nas sessões com as turmas de 3º ano, envolvendo cerca de cinquenta alunos, orientadas pelos Docentes de Informática Júlio Diamantino e Tiago Sousa, os alunos visionaram um pequeno vídeo sobre segurança e privacidade na internet, seguido de um pequeno debate/ esclarecimento sobre passwords, jogos em linha e regras de segurança, sendo apresentadas algumas dicas para aumentar a segurança on-line. No final de cada sessão foi igualmente distribuído um jogo “Quantos Queres” alusivo.

Esta foi mais uma atividade articulada entre bibliotecas escolares e docentes do agrupamento, que visam motivar os alunos para as temáticas que incentivem à utilização segura e responsável das tecnologias e ambientes digitais, procurando prepará-los para uma presença digital em segurança, contribuindo para a prevenção e o combate ao cyberbullying e para o desenvolvimento das literacias digital e dos média.

Read Full Post »

Older Posts »

Plano Nacional de Leitura 2027 | Portugal

Plano Nacional de Leitura 2027 | Portugal

Escola Portuguesa

Histórias, informações e opiniões de um professor português, sobre educação e não só...

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

<span>%d</span> bloggers like this: