Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘agenda’

As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva em articulação curricular com as disciplinas de Educação Visual e História assinalam na semana de 29 de janeiro a 2 de fevereiro, o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, associando-se plenamente às cerimónias de homenagem às vítimas do Holocausto que no dia 27 de janeiro, nesta data histórica, têm lugar em Auschwitz-Birkenau e em todo o Mundo.

cartaz2018.DiaInternacionalMemoriaVitimasHolocausto

Na segunda-feira, dia 29 de janeiro, os alunos das cinco turmas de 9º ano irão estar à conversa com João Pinto Coelho, professor de Artes Visuais e escritor, recentemente galardoado com o Prémio Leya 2017 pela obra “Os Loucos da Rua Mazur”. A temática do Holocausto é o tema de fundo deste Encontro de Autor (parceria ASA), as leituras e investigações, assim como os relatos e estudos do escritor, provenientes de duas ações do Conselho da Europa que integrou e lhe permitiram “viver” nos campos de Auschwitz e Birkenau, tendo entrevistado sobreviventes, estudado contextos e vivências das comunidades judaica e cristã anteriores à guerra. Durante a semana irão ainda estar patentes, no piso superior da escola sede do agrupamento, duas Exposições de Trabalhos realizados com os alunos das turmas de 9º ano de escolaridade, designadamente frisos iconográficos realizados nas aulas de História e 2 painéis compostos por elementos desenhados e pintados em cartão, a duas cores (preto e vermelho), elaborados pelos alunos nas aulas de Educação Visual e um Ciclo de Cinema Temático, com a projeção diária, na biblioteca escolar (a partir das 16h) de um filme alusivo ao tema. Nas bibliotecas escolares Afonso de Paiva e S. Tiago estarão ainda presentes Feiras do Livro de AutorExposições Bibliográficas sob o índice temático da 2ª guerra mundial.

Em jeito de singela homenagem às vítimas do extermínio nazi e reiterando o imperativo de manter viva a memória do Holocausto, as bibliotecas escolares do agrupamento Afonso de Paiva assumem o compromisso de não deixar esquecer este episódio sombrio da História, reafirmando a importância de promover a educação sobre este marco tenebroso, confiante de que, ao fazê-lo em conjunto com os professores, estamos a contribuir ativamente para a educação e formação cívica, social e moral dos alunos, para não mais esquecer.

“Esquecer o Holocausto, é matar duas vezes” Elie Wiesel

(sobrevivente do Holocausto e prémio Nobel da Paz em 1986)

Anúncios

Read Full Post »

O Dia do Autor Português é hoje, dia 22 de maio, assinalado em todo o país. Esta é uma iniciativa promovida desde 1982, pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), como forma de homenagear todos os criadores portugueses nas várias áreas artísticas e culturais, recordando os nossos grandes autores portugueses ou dando a conhecer novos autores, desde os talentos emergentes na cena nacional aos talentos mais anónimos, destacando a sua importância na promoção e incentivo à leitura e no desenvolvimento da cultura e do bem-estar, assinalando igualmente o aniversário da SPA, que este ano de 2017 celebra já 92 anos. Saudemos, pois, as cantigas de amigo e de amor, os sonetos, os sermões, a crítica, as questões da existência e da sociedade em que nos revemos, evocando sons e cheiros de antigamente, as fontes, os rios e os campos, os mares nunca dantes navegados. Recordemos poetas, cronistas, escritores, pintores e escultores, exaltando o nosso orgulho épico. Haveria ainda uma lista interminável de cientistas e inventores, de romancistas, de filósofos e de músicos a merecer referência. Aqui deixamos uma breve evocação em pensamento, a todas essas figuras nacionais, os autores portugueses de hoje e de sempre.

 

capa

A Biblioteca Escolar e as disciplinas de Português, Educação Visual e Artes do 3º ciclo do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva concretizaram mais um projeto interdisciplinar – “Caricatur’Arte”, permitindo mobilizar saberes, articular conteúdos e conhecimentos, com impacto nas aprendizagens dos alunos. O projeto consistiu na produção, apresentação e exposição de caricaturas e biobibliografias de escritores portugueses, como forma de marcar o Dia do Autor Português. Numa parceria de trabalho colaborativo e articulado, quatro professoras de português e duas professoras de educação visual e artes do 3º ciclo e a professora bibliotecária, envolvendo mais de duas centenas de alunos das turmas 1, 2, 3, 5 e 6 do 7º ano, da turma 5 do 8º ano e das turmas 1, 2 e 3 do 9º ano, desenvolveram ao longo do ano, em metodologia de trabalho de projeto o “Caricatur’Arte”. No primeiro período, e de acordo com um guião de trabalho orientado, foi feita a pesquisa, seleção e tratamento de informação respeitante à biografia e bibliografia dos autores selecionados por ano de escolaridade, considerando os autores propostos nas metas curriculares de português para o 3º ciclo, seguindo-se a escrita da biografia. No segundo período, foi realizado o projeto da caricatura do escritor e respetiva concretização, seguindo-se a apresentação dos trabalhos (biografia e caricatura).

Hoje, dia 22 de maio, inauguramos a Exposição de Caricaturas de Escritores Portugueses na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva. Deixamos o convite a toda a comunidade educativa para que a visitem e apreciem os magníficos trabalhos, que ficarão expostos até ao final do mês de maio.

Brevemente, apresentaremos aqui o resultado do Caricatur’Arte! Estejam atentos! 🙂

Read Full Post »

A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva em colaboração e articulação com as professoras de 4º ano de escolaridade das EB Afonso de Paiva, S. Tiago, Castelo e Mina, apresentaram pela primeira vez um concurso de leitura no 1º ciclo, numa iniciativa pioneira no concelho de Castelo Branco. Para além da promoção da leitura junto deste jovem público, pretendeu-se igualmente promover a valorização da vida e a dignidade humana por meio da discussão sobre situações próximas à realidade dos alunos, visando a identificação de atitudes que oferecem risco e a indicação de procedimentos de defesa e busca de auxílio.

 

500_9789895579150_uma_questao_de_azul_escurocaixa bullying

 

Estes foram alguns dos objetivos gerais desta iniciativa, a partir do encontro com o livro e a sua autora, Margarida Fonseca Santos. O livro “Uma questão de azul-escuro” oferece como temas transversais o bullying, a violência na escola e as relações familiares. Com esta iniciativa e a participação dos alunos numa oficina “SOS Bullying”, como forma de assinalar o Dia Escolar da Não-Violência e da Paz (30 de janeiro) procurou-se ensinar aos alunos procedimentos para identificar situações arriscadas e se protegerem de pessoas mal-intencionadas, assim como a lidar com o bullying na escola, nas suas diferentes vertentes, a partir da história do Luís, personagem central do livro “Uma questão de azul-escuro” que revela um mundo de sofrimento tapado pelas mangas e calças compridas, um sofrimento azul-escuro, feito de marcas negras e muitos segredos guardados e a partir do jogo “A Brincar e a Rir o Bullying Vamos Prevenir”, jogo este que os alunos puderam experimentar na oficina “SOS Bullying”, realizada na BE S. Tiago com a autora do jogo, Cátia Vaz, no dia 29 de janeiro.

 

CEL_finalistas_fase1

 

Dos cerca de 80 alunos que participaram nesta primeira fase foram apurados vinte semifinalistas, 4 de cada uma das cinco turmas de 4º ano do Agrupamento Afonso de Paiva (na foto acima) que irão agora participar na final deste concurso de leitura a decorrer entre 14 a 18 de março na semana da leitura. Para eles temos mais um desafio, por isso preparem-se, vem aí mais uma aventura literária!

 

 

Porque ler é crescer no saber!

Read Full Post »

Teresa_Luis_5.3

Parabéns, miúdos!

A iniciativa LITERACIA 3D passou pela Escola Básica Afonso de Paiva e foram os alunos do Clube de Leitur@s que puseram à prova os seus conhecimentos no âmbito da literacia da leitura na 1ª fase que decorreu no primeiro período letivo. A Ana Teresa Ribeiro (5º3) e o Luís Ribeiro (5º3) do Clube de Leitur@s Afonso de Paiva foram os vencedores a nível de escola, ambos com o resultado final de 79% e avançam agora para a segunda fase que ocorrerá entre os dias 29 de fevereiro e 4 de março de 2016, numa escola pública do concelho que acolherá os alunos vencedores de cada uma das escolas por cada área de conhecimento: leitura, matemática e ciência.

 

A iniciativa LITERACIA 3D, da Porto Editora, foi criada com o objetivo de “contribuir para o desenvolvimento pessoal, social e educativo dos jovens, atuando nas três dimensões fundamentais do conhecimento: a leitura, a matemática e a ciência”, conforme se pode ler no sítio da iniciativa, em literacia3d.pt.

 

A ideia nasceu da necessidade sentida de “ajudar os alunos a consolidar as aprendizagens e a elevar os níveis de conhecimento num contexto similar ao das avaliações internacionais”. Enquanto projeto de continuidade este concurso é um apelo ao conhecimento na procura de excelência dos alunos consigo próprios, não só para ganharem mas também para se confrontarem com o desafio, conforme refere Glória Ramalho, coordenadora da Comissão Científica do LITERACIA3D.

 

Read Full Post »

O breve conto intitulado Meninos de todas as cores”, de Luísa Ducla Soares, publicado pela primeira vez pela ASA em 1976, no livro “O Meio Galo”, conta-nos a história de Miguel, um menino branco e contente da sua condição, que parte para uma viagem que o leva a diferentes lugares nos diversos continentes. Neles encontra crianças amarelas, pretas, vermelhas e castanhas, todas elas satisfeitas com as cores das suas peles.

 

Luisa Ducla Soares – “Meninos de todas as cores”

Categoria: Pessoas e blogues
Licença: Licença padrão do YouTube

Com o Miguel, neste mês de dezembro, viajaram pelo mundo os meninos de muitas cores das escolas de 1º ciclo de Castelo, Mina, Salgueiro e Sarzedas, no âmbito do Programa das Itinerâncias “Malas com Rodas Cheias de Histórias” da BE Afonso de Paiva e também os alunos das turmas de 1º ano das EB Afonso de Paiva e de 1º e 3º anos da EB S. Tiago, em sessões de animação de leitura decorridas nas escolas do agrupamento que não dispõem de biblioteca e nas Bibliotecas Escolares de S. Tiago e Afonso de Paiva.

 

1 2 3 456

A Biblioteca Escolar (BE) enquanto centro comunitário onde coexistem diversas culturas e onde se estimula uma educação multicultural diversificada, procura quer pela oferta documental existente quer pela diversidade de atividades que promove, o conhecimento dessas diversas e diferentes culturas, no respeito pelo desenvolvimento pessoal das crianças. Facilitar e promover o contacto com livros multiétnicos e outros materiais com essas características, em sessões de mediação de leitura, por forma a contribuir positivamente para o desenvolvimento de atitudes de tolerância e aceitação das diferenças culturais e étnicas, é um dos objetivos da BE no domínio da Leitura e da Literacia. Para Segun (1992:103) “o uso de livros para crianças que contenham uma orientação positiva no sentido de combater o racismo e restituir às crianças a sua autoestima, dando-lhes um lugar e uma boa imagem na literatura para crianças e fornecendo-lhes informação acerca dos seus países de origem” promove um melhor equilíbrio e adaptação pessoal e social. Adicionalmente, estes livros mostram às crianças a riqueza que a diversidade cultural traz às sociedades em que vivem, assim como a outras. O International Board on Books for Young People (IBBY), organização que pugna pela promoção da leitura e das obras de qualidade junto da infância e da juventude defende a ideia de que “os livros, enriquecendo os conhecimentos que os jovens possam ter dos valores e das tradições dos países estrangeiros, contribuem para desenvolver a convivência entre os povos e estão ao serviço da paz” (1994:desdobrável da Secção Portuguesa do IBBY).

 

 

José António Gomes no artigo intitulado “Literatura para a infância e a juventude entre culturas” (n/d), disponível em linha na Casa da Leitura, apresenta alguns títulos para crianças e jovens de autores portugueses, onde são abordados os temas da diversidade, multiculturalidade, tolerância e outros temas. Arrogamos a ideia de Gomes (n/d:15-16) quando diz que “Os livros para crianças (…) impõem-se como mediadores relevantes do diálogo entre culturas – estimulando a curiosidade, dando a conhecer outros povos e etnias, contribuindo para a integração em comunidades multiétnicas, estimulando, enfim, atitudes de valorização das diferenças que não ponham (…) em causa valores humanos fundamentais e universais.”

 

 

Ajudar os mais jovens pela leitura e na leitura a tomar consciência dos laços que se criam entre diferentes universos culturais assume-se como outro dos grandes objetivos da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva.

Read Full Post »

E é hoje, dia 20 de novembro que os meninos e meninas do 4º ano das escolas Afonso de Paiva, S. Tiago, Castelo e Mina, vão pôr a conversa em dia com a visita à Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, de uma amiga especial, a Margarida Fonseca Santos.

 

Professora de música, escritora, autora de inúmeras obras para crianças, jovens e adultos, e acima de tudo, uma excelente comunicadora, veio contar-nos as histórias que sempre fizeram parte da sua vida, desafiando-nos a ler, a sonhar, a escrever… e muito mais!

 

Logo contamos como foi!

Read Full Post »

transferir

Chama-se Fred, “O Estranhão”, é um rapaz de 11 anos, com um Q.I. acima da média, e conta a sua estranha vida (a família, a escola, os amigos, os amores), com palavras e desenhos, enquanto reflete sobre tudo o que o rodeia.

Este é o livro que leva hoje cerca de 60 alunos das turmas 5º2 e 5º3 do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva a participar numa prova escrita sobre a obra. Ao Concurso, a cargo da Porto Editora, associaram-se os Professores de Português do 2º ciclo e a Biblioteca Escolar, procurando com mais esta iniciativa promover o gosto pela leitura e incentivar os miúdos a ler e a descobrir muito humor inteligente, neste estranho, mas divertido livro que já tem um grupo de fãs no nosso Clube de Leitur@s e conta já com mais 2 livros, escritos por Álvaro Magalhães, com ilustração de Carlos Campos.

Depois publicamos aqui os resultados!! 

Boas leitur@s!

Read Full Post »

Older Posts »

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico (1.º e 2.º Ciclos)

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

Hipermediaciones

Conversaciones sobre la comunicación digital interactiva

Amora negra

Página do escritor e contador de histórias Carlos Alberto Silva

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

%d bloggers like this: