Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘bibliotecas escolares’

agua e a aguia

“A água e a águia” é o novo livro, fruto da colaboração de Mia Couto com Danuta Wojciechowska, numa edição da Editora CAMINHO. Esta é uma iniciativa da Câmara Municipal de Castelo Branco e da Editorial Caminho, com a colaboração da RBE.

Os dois autores deslocam-se a Castelo Branco no dia 20.novembro para realizar três sessões em Agrupamentos de Escolas da cidade e uma apresentação no Cine-Teatro Avenida.
Pela manhã, entre as 11h e as 12h, a ilustradora Danuta Wojciechowska irá estar no auditório do AE Afonso de Paiva, com os alunos das turmas de 3º e 4º anos da EB Afonso de Paiva.

A sessão da tarde, aberta ao público, será realizada às 18h30, no Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco. A entrada é gratuita, mas com levantamento obrigatório de bilhete.

Ainda no âmbito da sua vinda a Castelo Branco para apresentação do livro “A águia e a água”, o autor Mia Couto irá desenvolver uma oficina sobre o processo criativo de escrita, preferencialmente para professores bibliotecários, professores de língua portuguesa e professores de história, no Foyer do Cine-Teatro Avenida de Castelo Branco pelas 16h30 no mesmo dia.

 

Anúncios

Read Full Post »

d433202dd708ff711a72952d0a2b333a_XL

AS CRIANÇAS TÊM DIREITOS

A 20 de novembro de 1989, as Nações Unidas adotaram por unanimidade
a Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), documento que enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos, e também os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respetivas disposições para que sejam aplicados.

Este tratado internacional é um importante instrumento legal devido ao seu carácter universal e tembém pelo facto de ter sido ratificado pela quase totalidade dos Estados do mundo (192). Apenas dois países, os Estados Unidos da América e a Somália, ainda não ratificaram a Convenção sobre os Direitos da Criança.

Portugal ratificou a Convenção em 21 de setembro de 1990.

A Convenção assenta em quatro pilares fundamentais que estão relacionados com todos os outros direitos das crianças:

• a não discriminação, que significa que todas as crianças têm o direito de desenvolver todo o seu potencial – todas as crianças, em todas as circunstâncias, em qualquer momento, em qualquer parte do mundo.

• o interesse superior da criança deve ser uma consideração prioritária em todas as acções e decisões que lhe digam respeito.

• a sobrevivência e desenvolvimento sublinha a importância vital da garantia de acesso a serviços básicos e à igualdade de oportunidades para que as crianças possam desenvolver-se plenamente.

• a opinião da criança que significa que a voz das crianças deve ser ouvida e tida em conta em todos os assuntos que se relacionem com os seus direitos.

A Convenção contém 54 artigos, que podem ser divididos em quatro categorias de direitos:

• os direitos à sobrevivência (ex. o direito a cuidados adequados)
• os direitos relativos ao desenvolvimento 
(ex. o direito à educação)
• os direitos relativos à proteção 
(ex. o direito de ser protegida contra a exploração)
• os direitos de participação
 (ex. o direito de exprimir a sua própria opinião)

Para melhor realizar os objectivos da CDC, a Assembleia Geral da ONU adotou a 25 de maio de 2000 dois Protocolos Facultativos:

 Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo à venda de crianças,
prostituição e pornografia infantis
 (ratificado por Portugal a 16 de maio de 2003);

 Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo ao envolvimento de crianças
em conflitos armados
 
(ratificado por Portugal a 19 de agosto de 2003);

 

 

Fonte: unicef

Read Full Post »

Bestiario.30.10.2017

Este ano, as bibliotecas escolares do agrupamento de escolas Afonso de Paiva decidiram juntar aos vampiros, aos zombies e às bruxas, piratas e uns “monstrinhos” das lendas do Algarve a Trás-os-Montes: Aventesmas, Moiras Encantadas, Maruxinhos, Olharapos, Ganchas e Trasgos, relembrando as invenções de uma infância passada, mas ainda muito presente no imaginário popular coletivo. A falta de contacto com estas personagens e a necessidade de preservar as antigas histórias portuguesas de monstros, bruxas, anões, gigantes e almas penadas, incentivaram o professor e escritor a não deixar que se percam estas memórias, criando esta novidade editorial: o Bestiário Tradicional Português. E como os mais novos podem já não conhecer o “bicho papão”, a “coca” ou o “homem do saco” contam agora com a ajuda do Bestiário para “cristalizar estas criaturas”, como pretende o autor, Nuno Matos Valente, que recolheu cerca de 40 seres que povoam o território português, produzindo a mais completa pesquisa de criaturas míticas tradicionais portuguesas, ilustradas pela Natacha Costa Pereira.

Cerca de 250 alunos das turmas de 3º, 4º e 5º ano das EB Afonso de Paiva, Mina e S. Tiago e seus professores tiveram assim oportunidade de ver e ouvir tudo o que o escritor nos contou no dia 30 de outubro, neste encontro de autor que encerra o mês internacional das bibliotecas escolares. Muitas foram as partilhas sobre este bestiário ilustrado, com informações detalhadas sobre os hábitos e características de cada criatura genuinamente portuguesa, com referências nas obras de Leite de Vasconcelos, Consiglieri Pedroso, Alexandre Herculano, Júlio Dinis, Teófilo Braga, entre outros, mas também fruto de contacto direto com pessoas que conhecem histórias e lendas, mostrando assim aos miúdos e graúdos que para quem quer brincar aos sustos, com monstros e criaturas do além, coisas que devem deter um lugar fundamental no crescimento da criança, há histórias e criaturas bem portuguesas e “que têm mais a ver com a nossa tradição”.

Aqui ficam registos fotográficos de alguns momentos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Read Full Post »

O Dia Internacional da Biblioteca Escolar é celebrado todos os anos, na 4ª segunda-feira de outubro. O primeiro foi celebrado a 18 de outubro de 1999.

Neste ano, o dia 23 de outubro é Dia Internacional da Biblioteca Escolar.

logo_mibe

De forma a destacar e enaltecer o trabalho que as Bibliotecas Escolares têm realizado em todo o mundo, a Associação Internacional das Bibliotecas Escolares – IASL (International Association of School Librarianship) – escolheu para este ano o tema “Ligando Comunidades e Culturas”, celebrando a importância das bibliotecas no desenvolvimento das novas competências da literacia e a consciência da sua importância na afirmação de uma cultura pedagógica que atenda às necessidades dos alunos no século XXI, para além da literacia da informação, promoção da leitura, literacia digital, formação de leitores críticos, construção da cidadania, reforço da inclusão social, cultural, desenvolvimento de boas práticas, sustentabilidade e modelos de colaboração assentes na interdisciplinaridade entre bibliotecários e professores.

E porque ser leitor é ler todos os dias, mesmo que seja só um bocadinho… E porque ser leitor é poder viajar pelo mundo sem sair do lugar… E porque ser leitor é ter nas mãos as chaves do mundo… As bibliotecas escolares do AE Afonso de Paiva são comunidades de leitores e queremos mostrar que os nossos alunos e professores são leitores do mundo, por isso aqui fica um pequeno vídeo com todos os que diariamente são APANHADOS A LER por lá!

 Apanhados a Ler… 2017

Read Full Post »

20170329_161121

 

A Rede Interconcelhia de Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão procura consolidar e ampliar um dos principais objetivos da Rede de Bibliotecas Escolares: formar novos leitores. E foi com este intuito que o grupo de professores bibliotecários de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão promoveu mais uma vez, e já pelo 6.º ano consecutivo, o Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita para alunos do 2.º ciclo, que envolveu, na primeira fase, cerca de 500 alunos dos dois concelhos.

Nesta etapa final, realizada no dia 29 de março em colaboração com a Dra. Graça Batista e toda a equipa da Biblioteca Municipal José Baptista Martins, em Vila Velha de Rodão, participaram os 28 finalistas das duas modalidades, escrita e leitura, tendo sido distinguidos pelo júri vários alunos das diferentes escolas básicas, mas foi a nossa aluna Rita Pires da turma 3 do 6º ano (AE Afonso de Paiva) que obteve o 1º Lugar no Concurso de Leitura, havendo ainda e também na modalidade de Leitura duas Menções Honrosas para as alunas Mariana Lourenço e Raquel Luís (AE Afonso de Paiva). da turma 5 do 5º ano, colocando assim o AE Afonso de Paiva a vencer pelo segundo ano consecutivo este concurso.

A organização fez questão de brindar todos os concorrentes com uma medalha de participação, uma vez que o principal objetivo da atividade consistia em festejar e partilhar o gosto pelos livros e pela expressão escrita, duas áreas em que todos estes alunos já se tinham distinguido nas respetivas escolas.

Para além da prestação de provas, o dia foi preenchido com atividades de convívio entre os participantes e com a apresentação do livro Venci-te, Jeremias, cujas autoras, Inês Cardoso e Catarina Alves, vieram a Vila Velha de Ródão para falar da obra e conceder autógrafos e ainda com uma visita à exposição sobre Cargaleiro, patente na Casa de Artes e Cultura do Tejo e uma visita guiada ao Centro de Interpretação de Arte Rupestre e Sala de Arqueologia de Vila Velha de Rodão.

Parabéns a todos os nossos pequenos grandes leitores e escritores que participaram na primeira fase deste concurso e uma felicitação especial, extensível a todos os que tornaram possível a concretização desta iniciativa, às nossas LEITORAS TOP!!!

PARABÉNS Rita, Mariana e Raquel!

Read Full Post »

As letras e os livros estão de novo em festa no Agrupamento Afonso de Paiva, em mais uma Semana da Leitura, de 27 a 31 de março, promovida pelas Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva e S. Tiago e que arranca hoje com o Encontro de Autor com Alice Vieira.

São muitos os livros e, certamente, muitas serão as histórias que Alice Vieira tem para nos contar! Muitos são também os alunos das turmas de 5º e 6º ano do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva e os seus professores que, muito entusiasmados, a esperam para a ouvir e com ela conversar, nos encontros de hoje, durante a manhã, no auditório da escola básica Afonso de Paiva, marcando assim o início de uma grande festa dos livros e dos seus leitores: a semana da leitura, na sua 11ª edição, este ano sob o tema: “O prazer de ler”

Estimada amiga Alice Vieira, vai ser mesmo um prazer! Até já!

cartaz.Vieira

Read Full Post »

“O Gigante Egoísta” é um dos mais belos contos de sempre escritos para a infância. Esta narrativa revela-nos o valor da partilha através de um gigante que tinha um belo jardim mas que, por ser muito egoísta, não deixava ninguém brincar nele. Oscar Wilde lembra-nos nesta história que só através do amor e da partilha podemos alcançar a felicidade e fazermos com que a primavera chegue a todos os corações, criando o paraíso na terra.

 

1487284360077

A Educadora Maria da Luz Lopes da Equipa das Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva encenou e apresentou aos cerca de 120 alunos das turmas de 4º ano das escolas básicas Afonso de Paiva, S. Tiago, Castelo e Mina sessões de mediação leitora, onde pela leitura dramatizada do conto foi partilhado com as crianças o sentido e o verdadeiro significado de valores como a generosidade, a amizade, e a bondade.

20170216_112102.jpg

Esta foi mais uma das sessões de mediação da leitura inseridas no Projeto “(Re)contar as Metas” da Biblioteca Afonso de Paiva, procurando fazer cumprir os objetivos de ler e ouvir ler textos literários e compreender o essencial dos textos lidos e escutados, num projeto de trabalho colaborativo e articulado de apoio aos curricula no âmbito da educação literária, um dos domínios das metas curriculares de português.

Read Full Post »

Older Posts »

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico (1.º e 2.º Ciclos)

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

Hipermediaciones

Conversaciones sobre la comunicación digital interactiva

Amora negra

Página do escritor e contador de histórias Carlos Alberto Silva

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

%d bloggers like this: