Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘pré-escolar’

O Dia Mundial do Livro é assinalado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Miguel de Cervantes e William Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha, a 23 de abril, dia de São Jorge, localidade onde uma rosa é oferecida a quem comprar um livro.

Nas Bibliotecas Escolares (BE) do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva quisemos, mais uma vez, assinalar esta data de forma colaborativa e desafiámos os nossos alunos e professores, desde o pré-escolar ao nono ano, a participarem na celebração on-line desta data, propondo diferentes desafios literários, como forma de assinalar este dia, recorrendo a atividades em suporte digital, com recurso a ferramentas digitais como o padlet, o canva e a soundcloud, mas também ao desenho, à pintura e à escrita.

Paralelamente foram também realizadas na BE Afonso de Paiva, quatro sessões de animação de leitura, com duas turmas de primeiro ano e duas turmas de segundo ano, a partir do livro “Trincas – O Monstro dos Livros” de Emma Yarlett, orientadas pela Educadora Maria da Luz Lopes da equipa das BE, convidando as crianças a entrar no mundo da fantasia a partir da leitura, encenação e dramatização da história com fantoches, música e adereços, entre outros, com o intuito de estimular o acesso às bibliotecas, incentivar para a descoberta do prazer de ler e fomentar hábitos de leitura desde cedo. Os alunos divertiram-se muito!

Agradecemos as muitas participações de alunos e professores, a todos os que participaram e enviamos os parabéns a todos pelas magníficas participações! Temos respostas muito inspiradoras! E algumas muito desafiantes! Ora espreitem… E leiam!

PADLET PRÉ-ESCOLAR E 1º CICLO

PADLET 2º E 3º CICLOS

Porque ler é sempre o melhor remédio!

Read Full Post »

Aproximamo-nos do dia em que o livro é celebrado mundialmente. O Dia Mundial do Livro é comemorado, desde 1996 e por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, já que, segundo os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Cervantes e Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha, a 23 de abril, dia de São Jorge, localidade onde uma rosa é oferecida a quem comprar um livro.

Este ano, as Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva propõem a todos os alunos e professores do pré-escolar e 1º ciclo, com a colaboração dos professores de educação especial, o desenvolvimento de uma atividade relacionada com a data, a partir da obra “Se eu fosse um livro” de José Jorge Letria com ilustração de André Letria.

Para as crianças do pré-escolar dos JI do agrupamento, cada aluno e/ ou educador cria, individualmente, um desenho (e pinta) a partir do mote “Se eu fosse um livro…”, título do conhecido escritor José Jorge Letria, ilustrado por André Letria, seguindo-se a partilha dos desenhos por todos os alunos e jardins de infância envolvidos, num padlet colaborativo criado para o feito pela professora bibliotecária. Basta tirar uma fotografia e/ ou digitalizar. Cada Jardim de Infância tem uma coluna já criada e os trabalhos podem ser carregados clicando em +, por baixo da coluna respetiva, não esquecendo de identificar em cada publicação, o primeiro e último nome de cada aluno e a sua sala.

Para os alunos do 1º ciclo das EB do agrupamento, cada aluno e/ ou professor cria, individualmente, uma frase a partir do mesmo mote “Se eu fosse um livro…”. A escrita da frase (e pintura) será feita num marcador de livro criado para o feito pela professora bibliotecária. Pode ainda e se for essa a opção, ser criada em suporte digital a partir da ferramenta gratuita on-line Canva.

No final de publicarem os trabalhos, os alunos podem ver os desenhos e ler as frases dos colegas e avaliar de 1 a 5 estrelas (no fim de cada publicação surge a indicação “avaliar” e ao clicar surgem as 5 estrelas; devem selecionar o nº de estrelas consoante a avaliação pretendida, sendo que 5 estrelas equivale a muito bom). As frases mais votadas serão distinguidas num trabalho especial!

O desafio está aberto entre 19 e 23 de abril. Contamos convosco!

Boas leitur@s!

Read Full Post »

O primeiro Dia Mundial da Lavagem das Mãos foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e aconteceu a 15 de outubro de 2008, no Ano Internacional do Saneamento. A data surgiu como meio de sensibilização para o combate contra a mortalidade infantil: o pequeno gesto de lavar as mãos com sabão, com frequência, previne doenças e infeções. A Direção-Geral da Saúde (DGS) refere que é de extrema importância uma correta lavagem das mãos com água e sabão ou fricção com solução antisséptica de base alcoólica, sendo uma das medidas basilares para a mitigação da pandemia de COVID-19.
As mãos são um dos mais importantes veículos de transmissão de micróbios causadores de doenças. Mãos limpas podem evitar a propagação de germes de uma pessoa para outra e em toda uma comunidade. Mas será que sabemos mesmo como as lavar?


As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva quiseram assinalar esta tão importante data (principalmente no contexto em que vivemos) com as crianças do Jardim de Infância das Violetas, através de uma pequena dinâmica experiencial com as professoras Carla Nunes e Maria da Luz Lopes da Equipa das Bibliotecas, que mostraram às cerca de noventa crianças, os passos a seguir para fazerem a correta lavagem das mãos com sabão, englobando as palmas e os dorsos das mãos, os pulsos, entre os dedos e por baixo das unhas, devendo demorar sempre um minuto ou mais. Foram ainda relembrados os momentos em que devemos lavar as mãos: antes e depois de manipular ou consumir alimentos; antes e depois de contactar com pessoas doentes ou acamadas; antes e depois de tratar um corte ou ferida; depois de ir ao quarto de banho; depois de espirrar, tossir ou se assoar; depois de mexer em objetos ou superfícies sujas ou potencialmente contaminadas; depois de contactar com animais; depois de tocar em lixo. Foi especialmente reforçado junto das crianças que durante a pandemia da COVID-19, também devemos lavar as mãos depois de ter estado num espaço público e tocado num objeto ou superfície que possa ter sido frequentemente tocado por outras pessoas (como puxadores das portas, mesas, bombas de gasolina, carrinhos de compras, ou caixas registadoras/ ecrãs eletrónicos, etc) e antes de tocar nos olhos, nariz ou boca porque é a forma como os germes entram nos nossos corpos. As Bibliotecas Escolares deixaram a mensagem a todos que lavar as mãos é fácil e é uma das formas mais eficazes de prevenir a propagação de germes.

No final da sessão houve lugar a uma visita surpresa de um convidado muito especial: O amigo Panda, que através da sua canção “Lava as mãos” lembrou aos petizes que não devem dar boleia aos micróbios e para isso… Lava regularmente as mãos com água e sabão!

Read Full Post »

Passatempo à Distância

“Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”

O Dia Mundial do Livro é comemorado desde 1996 e, por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, uma vez que, de acordo com os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Miguel de Cervantes e William Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha, onde a 23 de abril, dia de São Jorge, é oferecida uma rosa a quem comprar um livro. Esta troca de uma rosa por um livro tornou-se já uma tradição em vários países do mundo.

Este ano de 2020 o Dia Mundial do Livro tem como tema

“Um livro no coração. Todos somos Livros.”

E porque nas Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas Afonso de Paiva e José Sanches e S. Vicente da Beira, no concelho de Castelo Branco, #estamoson, as professoras bibliotecárias não quiseram deixar passar este tão importante dia e lançaram o primeiro Passatempo à Distância para assinalar e celebrar o dia com os alunos em casa: “Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”, desafiando os pequenos leitores do pré-escolar e do 1º ciclo a ouvirem um conto (áudio conto), disponível num Mural RED – Especial Leitur@s, dedicado aos livros e às leituras, construído para celebrar o dia, com curadoria de conteúdos pela professora bibliotecária, mural que é aqui apresentado hoje, dia 23 de abril, e também nos espaços institucionais em linha de cada um dos agrupamentos e bibliotecas escolares.

No passatempo, os alunos são desafiados a, depois da audição do conto, resolverem um quiz interativo sobre a história que ouviram, com recurso à ferramenta wordwall e a realizarem uma ilustração/ desenho que terão que enviar em suporte digital (podem tirar uma foto) para o e-mail do passatempo: umlivronocoracao@gmail.com.

Os links para os áudio contos são:

Pré-escolar: https://soundcloud.com/calbsilva/um-dois-tres?in=calbsilva/sets/poemas-portugueses-para-criancas  (Este é direto para o audio conto “1, 2, 3″de Eugénio de Andrade na soundcloud “Poemas portugueses para crianças” de Carlos Alberto Silva)

1º Ciclo: http://www.rtp.pt/play/zigzag/p2757/e373714/era-uma-vez (Depois de entrar aqui no Era uma vez da RTP Zig Zag, o aluno deve procurar o audio conto “Franklin e a livraria voadora” para ouvir)

Os links para os quizzes (jogos) são:

Pré-escolar: https://wordwall.net/resource/1636898/1-2-3-de-eug%c3%a9nio-de-andrade

1º ciclo: https://wordwall.net/resource/1636369/era-uma-vezfranklin-e-livraria-voadora

O passatempo decorre de 23 a 30 de abril e todos os participantes recebem um certificado digital enviado através de correio eletrónico. Os 2 melhores desenhos de cada agrupamento, um por agrupamento, serão agraciados com uma pequena surpresa digital!    

Boas áudio leitur@s!

Read Full Post »

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Personalize your own free slideshow design

As Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva realizaram em dezembro mais uma edição da Feira do Livro de Natal, em parceria com a Editora 20|20. A 7ª edição desta Feira do Livro de Natal teve um calendário cheio e as turmas das EB Afonso de Paiva e EB S. Tiago e JI Violetas vieram, apreciaram, descobriram, leram e compraram! Muitos outros alunos das restantes escolas do agrupamento também por cá apareceram, pais, encarregados de educação e familiares, elementos da comunidade educativa, assim como muitos professores e assistentes operacionais. Tivemos, aproximadamente, oito centenas de visitantes! Foi uma mão cheia de livros e de leitores!

E sim, muitos foram os livros apreciados, muitas foram as leituras conquistadas e muitas foram as personagens encontradas… Ei, esperem! Não foram muitas, foi só uma e especial! Ah, pois… O Greg, das aventuras do “Diário de um Banana”, de Jeff Kinney, esteve cá! E foi uma ENORME surpresa! Os miúdos adoraram, mas os graúdos também!

Tivemos ainda muitos brindes para os leitores e compradores e um mega passatempo: uma frase ou um desenho sobre a importância da leitura e dos livros para cada um. Os participantes tiveram direito a um certificado e foram tantas e tão bonitas participações!

A equipa das bibliotecas escolares agradece a toda a comunidade escolar e educativa pela adesão e participação nesta iniciativa e à editora 20|20 pelo apoio e disponibilidade.

“Com a liberdade, livros, flores e a lua, quem poderia não ser feliz?”

(Oscar Wilde)

Read Full Post »

AE Afonso de Paiva assinala Dia Internacional dos Direitos Humanos

A Maior Lição do Mundo | Turma 4AP

O Dia Internacional dos Direitos Humanos é celebrado anualmente a 10 de dezembro, data escolhida para honrar o dia – 10 de dezembro de 1948 – em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos do Homem. Esta declaração foi assinada por 58 estados e teve como objetivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2ª Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas. Este dia é um dos pontos altos na agenda das Nações Unidas, decorrendo várias iniciativas a nível mundial de promoção e defesa dos direitos do homem, sendo o dia igualmente marcado pela entrega do Prémio Nobel da Paz.

Numa atividade promovida pelas Bibliotecas Escolares, em colaboração com a Equipa de Cidadania e Desenvolvimento e com o departamento do pré-escolar, do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, a celebração da data visou cerca de centena e meia de alunos das turmas de 7º ano e vinte e cinco alunos da turma 4AP de 3º ano, dando continuidade à aula “A Maior Lição do Mundo” da UNICEF, que acontece com esta turma desde 2017.2018. O objetivo primordial desta atividade, nas suas múltiplas ações, foi dar a conhecer e discutir os direitos humanos, homenagear o empenho e dedicação de todos os cidadãos defensores dos direitos humanos, destacando principalmente o papel dos jovens em dar vida e voz aos direitos humanos, alertando para todos os tipos de discriminação no mundo e procurando promover a justiça e igualdade entre todos os cidadãos. As Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva assumem assim o compromisso de fomentar a cidadania (direitos humanos – domínio do 1º grupo) integrado no desenvolvimento de ações que promovam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), as metas globais que podem mudar o mundo, da Agenda 2030 da ONU – Nações Unidas (erradicação da pobreza, fome zero, saúde e bem-estar, igualdade de género, educação de qualidade, redução das desigualdades, paz, justiça e instituições fortes, entre outros), promovendo uma cidadania global ativa e uma maior consciencialização do papel de cada um na construção de um mundo mais igual, mais seguro, mais saudável e mais sustentável.

Os alunos de 7º ano participaram em duas oficinas temáticas digitais no auditório, orientadas pelo coordenador interconcelhio das bibliotecas escolares, Pedro Gomes, onde após visionamento de um vídeo da Organização Unidos pelos Direitos Humanos: “A História dos Direitos Humanos” e discussão de ideias, que teve como mote “O que são e quais são os Direitos Humanos” realizaram um questionário em linha e vários jogos e construíram nuvens de palavras alusivas aos Direitos Humanos, escritas por cada aluno, com recurso a algumas aplicações digitais (mentimeter, kahoot, padlet, wordle), utilizando os smartphones.

Os alunos de 3º ano participaram na biblioteca na “Maior Lição do Mundo”, no tempo de aula de educação para a cidadania, numa sessão sobre a importância dos direitos na criança na concretização dos ODS, orientada pela professora bibliotecária, Carla Manuela Nunes, que se iniciou com a narração dramatizada em voz alta do texto “Os Direitos da Criança” por Matilde Rosa Araújo. Seguidamente visionaram o vídeo da UNICEF: “Direitos com a Rita e o João”, seguido de um Quiz on-line sobre os direitos da criança, com recurso à app Kahoot nos tablets. Foram ainda realizadas duas nuvens de palavras sobre o tema, com a aplicação wordart: uma no início e outra no fim para sistematizar conhecimentos adquiridos. No final foi distribuído um modelo de origami para os alunos construírem o seu “Quantos Queres?” dos Direitos da Criança.

A atividade contou ainda com três exposições alusivas, patentes na EB Afonso de Paiva. Uma exposição de trabalhos de todos os alunos do pré-escolar, envolvendo cerca de cento e vinte alunos dos quatro jardins-de-infância do agrupamento, com painéis subordinados ao tema “Direitos das Crianças”; Outra de “Banda Desenhada dos Direitos Humanos”, com painéis compostos por trabalhos realizados por alunos de todo o país, inserida no concurso promovido pela Rede de Bibliotecas Escolares, no âmbito das comemorações dos 70 anos (em 2018) da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos; Uma última, “Portas com Direitos”, com a exposição de cartazes ilustrados com os 30 artigos da Declaração Universal de Direitos Humanos da AMNISTIA Internacional Portugal, um em cada porta de cada sala de aula da EB Afonso de Paiva.

Read Full Post »

Ler em voz alta contribui para o desenvolvimento das capacidades linguísticas da criança e promove igualmente o seu desenvolvimento emocional, ajudando a conhecer e a fortalecer as suas emoções. Expande e enriquece o vocabulário, melhorando igualmente a sua capacidade de expressão e comunicação. Vários são os estudos que confirmam que as crianças habituadas a ouvir ler em voz alta desde cedo, estão mais preparadas para desenvolver as suas capacidades de aprendizagem e, simultaneamente, fortalecer o gosto e o hábito de ler.

Sendo a leitura em voz alta uma estratégia de estímulo do prazer de ler, damos continuidade a estes encontros de leitura em voz alta (iniciados no Natal de 2016), apresentando pelo terceiro ano esta atividade de animação de leitura intitulada EnCont(r)os de Natal: Canela e Pinho no Avental, este ano destinada a todos os alunos do pré-escolar e alunos da educação especial do agrupamento de escolas Afonso de Paiva.

As sessões multissensoriais de leitura em voz alta decorreram entre 04 e 06 de dezembro na Biblioteca Escolar S. Tiago e foram orientadas pela educadora Maria da Luz Lopes, a partir de uma instalação temática alusiva ao Natal, com cheiros, sons, sabores e experiências de toda uma recriação de leituras em ambiente natalício, com a leitura em voz alta feita a partir das obras “O Pequeno Pai Natal” de Anu Stohner; “O primeiro Natal dos animais” de Benoît Debecker e “Feliz Natal, Lobo Mau” de Clara Cunha. As histórias foram dramatizadas, com expressões faciais e sons apropriados e vozes diferentes para as personagens, ajustando o tom e o ritmo da leitura ao tipo de história, variando em função das peripécias, procurando deste modo estimular o imaginário das crianças, criando laços e promovendo a capacidade de concentração, sendo todos contagiados pelo prazer de ler e ouvir ler histórias!

Read Full Post »

Procurando dar resposta às necessidades dos seus leitores e utilizadores e numa perspetiva de contínua melhoria dos serviços prestados pelas Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, a professora bibliotecária promoveu durante a semana de 7 a 11 de outubro – mês internacional da biblioteca escolar, 10 sessões de (in)formação para os alunos e professores utilizadores, com o objetivo de dar a conhecer o espaço, organização e funcionamento das bibliotecas escolares (BE), para uma correta utilização dos espaços e serviços, assim como de pesquisa e consulta do acervo documental disponível nas duas bibliotecas existentes no AE Afonso de Paiva, uma na EB S. Tiago e outra na EB Afonso de Paiva.

Consciente da importância que uma boa formação junto dos utilizadores tem para uma utilização autónoma e eficaz das BE, a professora bibliotecária explicou e mostrou com algumas atividades com os alunos, tudo o que podemos fazer nas bibliotecas e como o podemos fazer, destacando que “a biblioteca escolar é uma estrutura fundamental dentro do nosso agrupamento, um espaço de alegria, de encontros e de felicidade, sendo necessário fomentar o uso adequado dos seus serviços e promover a autonomia nos nossos utilizadores dentro deste espaço e nos seus serviços”.

Acompanhados pelos Educadores de Infância, Professores Titulares de Turma e pelos Diretores de Turma e Professores de Cidadania e Desenvolvimento, os alunos dos grupos de 5 anos do Jardim-de-Infância das Violetas e das turmas de 1º e 5º anos da Escola Básica Afonso de Paiva tomaram conhecimento das áreas funcionais das BE, dos serviços e equipamentos ao seu dispor, dos tipos de documentos existentes, das regras de organização e funcionamento, a não esquecer, e do modo como os documentos estão registados e organizados. No final de cada sessão, houve ainda um tempinho para, de forma sucinta, apresentar o blogue “Viagem das Letras” e as redes sociais (youtube, twitter, instagram, goodreads, pinterest) da biblioteca escolar que todos podem seguir e gostar!

Read Full Post »

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
A Biblioteca Escolar S. Tiago promoveu a 2ª edição dos encontros de leitura em voz alta iniciados no Natal de 2016, intitulada II EnCont(R)Os de Natal: Canela e Pinho no Avental, tendo como principais destinatários os alunos do pré-escolar e 1º ciclo do agrupamento de escolas Afonso de Paiva.
As dez sessões multissensoriais de leitura em voz alta decorreram entre os dias 12 e 14 de dezembro na biblioteca escolar S. Tiago, abrangendo aproximadamente 200 alunos, foram orientadas pela educadora Maria da Luz Lopes e pela professora bibliotecária Carla Nunes, a partir de uma instalação temática alusiva ao Natal, com imagens, cheiros, sons, sensações e experiências de toda uma recriação de ambiente natalício, com leituras em voz alta a partir dos livros de Alexandre Lobão, Anu Stohner, Benoît Debecker, Clara Cunha e Luísa Ducla Soares.
O desenvolvimento das capacidades linguísticas da criança é um dos principais benefícios da leitura em voz alta. Ler em voz alta contribui igualmente para o desenvolvimento emocional da criança, ajudando a desenvolver e a conhecer as suas emoções, expandindo e enriquecendo o vocabulário, melhorando igualmente a capacidade de expressão e comunicação. O foco do trabalho da equipa das bibliotecas escolares Afonso de Paiva está na promoção da leitura e do livro, na criação e manutenção de leitores, apostando igualmente no desenvolvimento das capacidades multiliterácitas e de aprendizagem.

31

 

Read Full Post »

IIEnCont(r)OsNatal.2017

O desenvolvimento das capacidades linguísticas da criança é um dos principais benefícios da leitura em voz alta. Ler em voz alta contribui igualmente para o desenvolvimento emocional da criança, ajudando a desenvolver e a conhecer as suas emoções. Expande e enriquece o vocabulário, melhorando igualmente a sua capacidade de expressão e comunicação. Vários são os estudos que confirmam que as crianças habituadas a ouvir ler em voz alta desde cedo, estão mais preparadas para desenvolver as suas capacidades de aprendizagem e, simultaneamente, desenvolvem o gosto e hábitos de leitura.

 

Com base nestes pressupostos e na sequência destes encontros de leitura em voz alta iniciados no Natal de 2016, apresentamos pelo 2º ano consecutivo esta atividade de leitura intitulada II EnCont(R)Os de Natal: Canela e Pinho no Avental destinada aos alunos do pré-escolar e 1º ciclo do agrupamento de escolas Afonso de Paiva.

As sessões multissensoriais de leitura em voz alta decorrerão entre 12 e 14 de dezembro na biblioteca escolar S. Tiago e serão orientadas pela educadora Maria da Luz Lopes e pela professora bibliotecária Carla Nunes, a partir de uma instalação temática alusiva ao Natal, com cheiros, sons e experiências de toda uma recriação de ambiente natalício, com leituras em voz alta a partir de livros de Alexandre Lobão, Anu Stohner, Benoît Debecker, Clara Cunha e Luísa Ducla Soares.

 

 

Read Full Post »

Older Posts »

Plano Nacional de Leitura 2027 | Portugal

Plano Nacional de Leitura 2027 | Portugal

Escola Portuguesa

Histórias, informações e opiniões de um professor português, sobre educação e não só...

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

%d bloggers like this: