Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Portugal’

A maior sala do Convento de Mafra está forrada com mais de 40 mil livros, arrumados e alinhados nas estantes em estilo rococó. Encadernações em couro, gravadas a ouro, dizem-nos que não são livros comuns, que estamos perante objetos valiosos, em cujas páginas se condensam séculos de conhecimento, cultura e sabedoria. Numerosas obras foram encomendadas por D. João V, porque o rei queria concentrar neste palácio, que lhe era muito especial, o que de melhor se imprimia no reino e no estrangeiro.

 

mafra55

 

Nesta Biblioteca estão guardados livros que são exemplares únicos e raros do saber produzido no ocidente entre os séculos XV a XIX. Considerada uma das mais belas do mundo, esta biblioteca nasceu no reinado de D. João V, o rei que privilegiava a cultura e o saber. Faz ainda parte do imponente palácio mandado construir em 1717 por D. João V, em cumprimento de uma promessa para lhe nascer um filho herdeiro do seu casamento com D. Maria Ana de Áustria.

 

Para saberes mais visita o sítio Ensina RTP.

 

 

Fonte: reporteressl

Read Full Post »

2000px-WBDbulle2.svgAs edições de banda desenhada portuguesa distribuídas nas bancas em 2015, para Nuno Pereira de Sousa do blogue bandas desenhadas, representam uma baixa proporção da BD portuguesa publicada. É um cenário que se tem mantido nos últimos anos e não se pensa que em 2016 será diferente.

Deixamos-te aqui a lista, organizada por editoras, das publicações nacionais de banda desenhada de 2015:

 

 

 

ASA
– Bernard Prince (Le Lombard)
– Os Piores Inimigos de Ric Hochet (Dargaud)
– XIII (Dargaud)

GOODY
– Disney Big (Disney)
– Disney Comix (Disney)
– Disney Especial (Disney)
– Hiper Disney (Disney)
– Minnie & Amigos (Disney)
– Simpsons (Bongo Comics)

JAN KEN PON
– Jan Ken Pon (próprio)

LEVOIR
– Batman 75 Anos (DC Comics)
– Batman Noir (DC Comics)
– Billie Holiday (Casterman)
– Novela Gráfica (vários)
– Poderosos Heróis Marvel (Marvel)

SALVAT
– Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel (Marvel)

SOL
– Tudo Isto É Fado! (próprio)

TAILORMADE MEDIA:
– Playmobil (Blue Ocean)

ZERO A OITO
– Winx Club (Rainbow)

 

Lê mais no blogue bandasdesenhadas.com

Read Full Post »

Ano Novo

O Dia de Ano Novo é celebrado a 1 de janeiro. Este dia marca o início de um novo ano e corresponde a uma data festiva a nível mundial.

A primeira comemoração, chamada de “Festival de ano-novo” ocorreu na Mesopotâmia por volta de 2.000 a. C. Na Babilónia, a festa começava na ocasião da lua nova indicando o equinócio da primavera, ou seja, um dos momentos em que o Sol se aproxima da linha do Equador onde os dias e noites têm a mesma duração.

Os romanos foram os primeiros a estabelecerem um dia no calendário para a comemoração desta festa (753 a.C. – 476 d.C.) O ano começava no 1º dia de março, mas foi trocado em 153 a. C. para o 1º dia de janeiro e mantido no calendário juliano, adotado em 46 a. C. Em 1582 a Igreja consolidou a comemoração, quando adotou o calendário gregoriano.

As comemorações de Ano Novo variam de cultura para cultura. Apesar de muitas serem em diferentes datas, a entrada no novo ano é universalmente festejada.

 

 

 

Aqui ficam algumas tradições de Ano Novo no Mundo:
Itália: O ano novo é a mais pagã das festas, sendo recebido com fogo de artifício. Em várias partes do país, dois pratos são considerados essenciais: O pé de porco e as lentilhas. Os italianos reúnem-se na Piazza Navona, Fontana di Trevi, Trinitá dei Monit e Piazza del Popolo.

Estados Unidos: A mais famosa passagem de Ano Novo nos EUA é em Nova Iorque, na Times Square, onde o povo se encontra para celebrar. Durante a contagem regressiva, uma grande maçã vai descendo no meio da praça e explode exatamente à meia-noite, deixando cair bombons e papelinhos por todo o lado.

Austrália: Em Sydney, três horas antes da meia-noite, há uma queima de fogos na frente da Opera House e da Golden Bridge, o principal cartão postal da cidade. Para assistir ao espetáculo, os australianos juntam-se no porto.

França: O principal ponto é a avenida Champs-Elysées, em Paris, próxima do Arco do Triunfo. Os franceses assistem à queima de fogos e vão ver a saída do Paris-DaKar que é marcada para a meia-noite.

Brasil: No Rio de Janeiro, na praia de Copacabana, a passagem do Ano Novo reúne milhares de pessoas para verem os fogos de artifício. Vestem-se de branco e deitam flores no mar para “Yemanjá”, rainha do mar para os brasileiros.

Inglaterra: Grande parte dos londrinos passa a meia-noite em suas casas, com a família e amigos. Outros vão à Trafalgar Square, umas das praças mais belas da cidade, em frente à National Gallery, para verem o fogo de artifício.

Alemanha: As pessoas reúnem-se no Portal de Brandemburgo, no centro, perto de onde outrora se erguia o Muro de Berlim. Tradicionalmente, não há fogo de artificio.

 

passagem_ano_portugal2012

Tradições Portuguesas:

Uma das nossas tradições é ir para as janelas de casa bater nas panelas para festejar a chegada do novo ano. Nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro, é costume comer uma mistura feita com as sobras das ceias, que são levadas ao forno. O ingrediente principal da chamada “Roupa Velha” é o bacalhau cozido, com ovos, cebola e batatas, regados a azeite.

Para as superstições, comer 12 passas durante as 12 badaladas na passagem do ano traz muita sorte, assim como subir para uma cadeira com uma nota (dinheiro) numa das mãos. Em várias zonas do litoral, há pessoas que mesmo no frio do inverno entram na água do mar, saudando o Ano Novo com um banho de mar.

Em Lisboa, há vários fogos de artifício pela cidade, mas é no Terreiro do Paço que a passagem de ano é celebrada com concertos musicais gratuitos durante a noite. No Porto a festa mais célebre é a que tem lugar na Avenida dos Aliados, ao longo da qual as pessoas se espalham, com os olhos fixos no relógio da Câmara Municipal do Porto e no fogo de artifício. Na Ilha da Madeira, o município de Funchal é o cenário da exibição pirotécnica mais famosa do Planeta, a qual consta inclusive no Guinness.

 

 

Curiosidades:

Em Macau, e para todos os chineses do mundo, o maior festival do ano é o Novo Ano Chinês. Ele é comemorado entre 15 de janeiro e 15 de fevereiro de acordo com a primeira lua nova depois do início do inverno. É habitual limpar as casas e fazer muita comida (Bolinhos Chineses de Ano Novo – Yau Gwok, símbolo de prosperidade). Há muitos fogos de artifício e as ruas ficam cobertas de pequenos pedaços de papel vermelho.

Os muçulmanos têm seu próprio calendário que se chama “Hégira”, que começou no ano 632 d.C. do nosso calendário. A passagem do Ano Novo também tem uma data diferente – 6 de junho, que assinala a peregrinação de despedida a Meca do mensageiro Mohammad.

As comemorações do Ano Novo judaico, chamado “Rosh Hashanah” são uma festa móvel no mês de setembro. As festividades são para a chegada do ano e são a oportunidade para as tradicionais receitas judaicas: o “Chalah”, uma espécie de pão e pratos de peixe. O primeiro dia do ano é dedicado à confraternização e a pagar as dívidas, assim como a devolver tudo o que se pediu emprestado ao longo do ano. O Ano Novo judaico é conhecido, segundo a Torá, como o Dia da Aclamação, no qual Adão e Eva foram gerados pelo Criador, e posteriormente, na mesma data, cometeram o pretenso pecado capital, comendo do fruto da árvore do conhecimento.

 

 

Read Full Post »

Guarda
Entre 5 de dezembro e 6 de janeiro, todos os caminhos vão dar à Guarda, Cidade Natal. Todo o imaginário natalício vai ser recriado na emblemática praça da Sé Catedral da Guarda. A concentrar as atenções, pelo menos dos mais pequenos, estará a Casa do Pai Natal onde o venerável ancião estará preparado para tudo. Até para a queda de neve. Uma pista de gelo vai desafiar habitantes e turistas a testar as suas habilidades, mas também a assistir a espetáculos de dança. Não vão faltar os tradicionais concertos de Natal, protagonizados por músicos da terra. O edifício do futuro Museu de Arte Sacra irá acolher o Espaço dos Sentidos, uma mostra de artes e ofícios com artesanato e outros produtos tradicionais da região, e ainda a feira social Aconchego de Natal. Aqui terão lugar tertúlias, workshops, música, teatro, dança e exposições. Para saber mais consultem o programa aqui.
Óbidos

Em Óbidos, a já conhecida Vila Natal volta a realizar-se este ano. Além de vários espectáculos de circo e de teatro, miúdos e graúdos podem patinar na pista de gelo, escorregar na rampa de gelo, fazer viagens de carrossel e comboio e ainda visitar uma divertida caravana do Pai Natal ou um bonito presépio em miniatura, entre outras actividades divertidas. Termina no dia 3 de janeiro e há mais informações aqui.

 

Aldeia de Cabeça

A aldeia de Cabeça fica perto de Seia, na bonita região da Serra da Estrela, e desde há alguns anos que os habitantes se juntam todos, por esta altura, e a transformam numa formidável Aldeia Natal. Enfeitam as ruas e casas da aldeia com materiais retirados da Natureza, abrem a porta de casa aos visitantes, organizam um presépio vivo, concertos de Natal e animação de rua. Até dia 6 de janeiro, aqui.

 

Penela

Em Penela, que fica no distrito de Coimbra, há um presépio de figuras animadas, numa grande tenda no recinto do castelo da vila, feito com figuras fabricadas em impressoras 3D e depois pintadas à mão. Mas pais e filhos podem ainda conhecer um presépio vivo e um bonito presépio tradicional. Este último está na vila do Espinhal, ali perto, onde quem gostar de comboios vai ter uma bela surpresa. Para saber mais cliquem Aqui.

 

Santa Maria da Feira

O parque temático de Natal de Perlim fica na Quinta do Castelo, em Santa Maria da Feira. Teatro, comédia, música, ateliers, marionetas, uma pista de gelo e até uma mini-discoteca são algumas das actividades em que os mais pequenos podem participar. Para os mais aventureiros, até há uma pista de arvorismo. Até dia 3 de janeiro, aqui.

 

Alenquer

Desde 1968 que a colina de Alenquer, todos os Natais, é enfeitada com um bonito presépio com grandes figuras que representam os anjos, o menino Jesus, a Virgem Maria e o São José, acompanhados pelos reis Magos. A maior figura tem quase seis metros. E como todo o presépio é iluminado, é uma boa surpresa avistá-lo quando se passa junto à encosta.

 

Castelo Branco - Natal 2010 - arvore de Natal_thumb[2]

Consulte o programa aqui e veja todas as atividades em que pode participar durante o mês de dezembro.

Venha espreitar as novidades no MERCADO DE NATAL e dê uma volta na Roda Gigante!

Tudo isto no centro da cidade, no Campo da Pátria!

 

 

 

Fonte: quartodasbrincadeiras

Read Full Post »

image

Read Full Post »

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

%d bloggers like this: