Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘nee’

12250119_878979062192054_6042495212996974408_n

INCLU é a marca portuguesa detentora de um conceito inovador de jogos didáticos e inclusivos. Criado por Susana Magalhães da Costa e apoiado pela ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, pela Casa Pia de Lisboa e pela FPAS – Federação Portuguesa das Associações de Surdos, o jogo INCLU é fruto de um trabalho conjunto e mais do que uma linha de jogos, é uma marca que aposta fortemente em atividades ludo-didáticas que proporcionem às pessoas emoções e afetos, que devem ser partilhadas e vividas, e despertem nelas a sua curiosidade natural.

 

INCLU é um jogo composto por cartas com Letras representadas nos 3 alfabetos (o alfabeto português, o alfabeto manual da LGP e em Braille) e em relevos que permite realizar um conjunto variado de atividades e de jogos, em equipa ou individualmente, que estimulam o desenvolvimento de competências pessoais e sociais entre as crianças e entre elas e seus pais, avós e professores. Os jogos INCLU contêm cartas do tema, cartas de letra e carta de apoio e o objetivo é construir palavras associadas a um determinado tema utilizando a visão, o tato, gestos, fala e da audição.

 

Atividades e jogos com o jogo INCLU Cores no CED AACF.

 

O jogo INCLU visa contribuir para uma sociedade melhor e mais plural, possibilitando a Todos os mesmos direitos, designadamente, o direito ao saber e o direito de brincar. O facto de as crianças terem a oportunidade de conhecer outros alfabetos e de poderem interagir com todas as crianças, independentemente das diferenças de cada uma, vai fazer delas, certamente, crianças mais ricas e mais bem preparadas, quer intelectualmente quer emocionalmente.

 

 

Read Full Post »

Read Full Post »

O Ursinho, a Raposinha e o Coelhinho e muitos meninos, todos eles especiais, passaram uma tarde bem divertida e cheia de sorrisos na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva.

 

DSC06055

 

“O boneco de neve sorridente” de Tina Macnaughton, com ilustrações de Christina Butler foi a ternurenta história de amizade iluminada pelo brilho de um boneco de neve que as crianças seguiram com a tradução para LGP e também com os dedos e com as imagens, desenvolvendo a estimulação sensorial através do tato: macio/ áspero, quente/ frio, identificando animais, cores e texturas e estimulando a motricidade fina dos alunos, numa sessão de leitura pela professora bibliotecária, enquadrada no Projeto “Saber Ler+”, no seguimento da aprovação da candidatura ao projeto nacional “Todos Juntos Podemos” Ler da RBE, da Biblioteca Escolar em colaboração com o Departamento de Educação Especial. No final todos receberam um boneco de neve muito sorridente construído pelos alunos e professores da EREBAS e Técnicos do Núcleo de Educação Especial.

 

 

DSC06040 DSC06027 DSC06039

 

A leitura para crianças com necessidades educativas especiais favorece um maior desenvolvimento crítico e intelectual dos alunos, bem como estimula o seu imaginário, permitindo que algumas barreiras e conceitos sobre a pessoa portadora de deficiência sejam diluídos. Consideramos de vital importância que as atividades de promoção de leitura, seja para portadores de necessidades especiais, seja para alunos do ensino regular, a utilização de títulos e de material de qualidade e diversificado, em ambiente adequado como as bibliotecas escolares, na procura de estímulos e respostas às necessidades de cada aluno, à linguagem, ao toque, à socialização, à descoberta, ou ainda, de forma muito relevante, uma reação, uma resposta ou até mesmo um simples sorriso.

 

DSC06049

 

È pela consciência da importância da continuidade destes projetos voltados para a Educação Especial, proporcionando aos alunos uma nova experiência e plena socialização, num ambiente e numa comunidade que se afirma inclusiva, como a biblioteca escolar, que reside, sem dúvida, o nosso maior resultado.

 

 

Read Full Post »

lgp

A Língua Gestual Portuguesa (LGP) foi reconhecida enquanto língua da comunidade surda portuguesa pela Constituição da República a 15 de novembro de 1997.  Por isso, comemora-se hoje o Dia Nacional da Língua Gestual Portuguesa, com o objetivo de promover a Língua Gestual Portuguesa e garantir o respeito dos direitos das pessoas surdas.

Este dia foi criado para o reconhecimento e proteção da LGP e defesa dos direitos das pessoas surdas, comprometendo-se a “proteger e valorizar a língua gestual portuguesa enquanto expressão cultural e instrumento de acesso à educação e da igualdade de oportunidades.”

A língua gestual é a forma de comunicação por excelência utilizada na comunicação de e com pessoas surdas. Realiza-se através de gestos, movimentos das mãos mas também outro movimentos corporais e expressões faciais.

Como qualquer língua tem de ser aprendida. É muito específica, tem vocabulário e gramática própria (cada ação motora representa/ simboliza conceitos).

Apresentamos aqui duas ferramentas ou recursos digitais que contribuem para essa aprendizagem:

  1. A Escola Virtual de LGP, uma plataforma de ensino à distância de Língua Gestual Portuguesa, já apresentada aqui no blogue no post “Plataformas de estudo on-line e onde podes saber mais.
  2. O Prodeaf  é uma app gratuita capaz de traduzir texto e voz de português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras, em português do Brasil). O objetivo é permitir a comunicação entre surdos e ouvintes. (Para android e para ios)

“Imagine” de John Lennon, versão UNICEF, em Língua Gestual Portuguesa (LGP)

Read Full Post »

BE Afonso de Paiva em Concurso Internacional de Marcadores de Livros

O mês de outubro é o escolhido para realçar a importância e o trabalho das bibliotecas escolares. Todos os anos a IASL (International Association of School Librarianship) propõe um tema e o deste ano foi “The Library Rocks!”, ou, numa tradução adotada pela RBE (Rede de Bibliotecas Escolares) em Portugal: “A biblioteca escolar é super!”.

Entre inúmeras outras atividades que decorreram no mês de outubro, a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva em articulação com a Professora de Educação Visual das turmas de 8ºano e com o Departamento de Educação Especial, no âmbito do Projeto “Todos Juntos Podemos Ler”, e colaboração com a Educadora e Professores do 1º ciclo do jardim-de-infância das Violetas e das escolas Afonso de Paiva, Castelo, Mina e S. Tiago, propuseram-se novamente a integrar este concurso internacional de marcadores de livros, este ano sob o tema “The Library Rocks!”

20151030_095743 fotografia 1 8ano (14) 8ano (19)

20151021_121638 20151027_104053(0)

Os marcadores elaborados pelos alunos serão agora trocados com outros alunos, do mesmo nível/ grupo e/ ou ano de escolaridade, de escolas da Hungria e Austrália, os países que nos foram atribuídos pela organização deste carismático concurso.
Todos sabemos que ler é um exercício fundamental, capaz de melhorar a nossa capacidade de raciocínio, aumentar o léxico e a criatividade, desconstruir preconceitos enraizados e, claro, emocionar, encantar, apaixonar. Se além de tudo isso, ainda tivermos em mãos um marcador de livros tão incrível quanto algum dos marcadores que vais ver no álbum de fotos que publicaremos logo que todos tenham terminado, melhor ainda. Depois diz-nos qual é o teu preferido!
Quanto à tua biblioteca preferida, já sabemos qual é: A BE Afonso de Paiva é que é!

Read Full Post »

Hoje, dia 27 de setembro, comemora-se o Dia Mundial do Surdo, um dia dedicado à importância da audição e uma homenagem aos que vivem sem ela, numa estimativa de 590 milhões de pessoas no mundo.

220px-International_Symbol_for_Deafness

Símbolo Internacional da Surdez

Integrado na Semana Internacional do Surdo, a iniciativa tem como objetivo informar sobre as dificuldades que as pessoas com esta limitação enfrentam diariamente, motivá-las a aprender linguagem gestual, disponibilizar os recursos necessários para pessoas com esta deficiência e promover os seus direitos e acesso à educação e tecnologias modernas.

O Dia Mundial do Surdo alerta para a importância de cuidar da própria audição e da audição dos que nos rodeiam.

Realização: Alessandro Augusto, Bruna Barbalho, Candido Nascimento e Yuri Pastor
Orientação: Nara Normande
Intérprete de Libras: Fábio Celestino
Categoria: Filmes e animação
Licença: Licença padrão do YouTube

Read Full Post »

Perante a crescente inclusão de alunos com necessidades educativas especiais nas escolas do ensino regular, as bibliotecas escolares veem-se, hoje, a par com a necessidade de responder a uma população escolar com competências diversas e que requer, em muitas situações, meios tecnológicos diferenciados de acesso à leitura.

“Criar bibliotecas escolares inclusivas, que proporcionem reais oportunidades de leitura para todos os alunos, é talvez um dos maiores desafios colocado às bibliotecas que se pretendem assumir como espaço de excelência para o desenvolvimento da literacia e como garante da igualdade de oportunidades.”

É sobre este pressuposto retirado do projeto “Todos Juntos Podemos Ler” da RBE (Rede de Bibliotecas Escolares) e tendo em consideração as características e necessidades identificadas no contexto educativo do agrupamento de escolas Afonso de Paiva, que desenvolvemos na 9ª edição da semana da leitura, num processo de colaboração entre a professora bibliotecária, professores titulares de turma, professores de educação especial e terapeuta da fala, sessões mediadas de leitura a partir da Coleção 4 Leituras, da editora Cercica, que faz parte da lista recomendada pelo Plano Nacional de Leitura.

DSC04620

DSC04641

Cada livro vem em 4 formatos diferentes: versão escrita que inclui versão áudio, versão adaptada em Símbolos Pictográficos para a Comunicação (SPC), versão em Língua Gestual Portuguesa (LGP) e versão em Braille e em formato Daisy. O DVD interativo que acompanha cada um dos livros, para além da versão narrada da história e das versões em SPC e em LGP, contém ainda conteúdos lúdicos de natureza educativa destinados a ampliar os conhecimentos das crianças sobre as temáticas abordadas em cada uma das histórias.

Aliar estas características a outras inerentes, passando pela promoção de comportamentos emergentes de leitura, e pela envolvência de um criativo processo de depuração da linguagem verbal e da linguagem plástica, foram os objetivos destas sessões de leituras especiais, mantendo toda a magia e riqueza que fazem dos livros infantis uma porta de acesso ao conhecimento e ao imaginário.

DSC04622 DSC04625 DSC04642

Read Full Post »

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

Ilse Losa

(re)descobrindo os seus livros - homenagem no ano do centenário do seu nascimento

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

estudo sobre a integração curricular de ferramentas digitais em EVT | por jOsÉ aLbErTo rOdRiGuEs

e-portefólio pnep

Victor Marques

Apps para educação

Rede de Bibliotecas Escolares | Aplicações para dispositivos móveis

Actio libera

Espaço para a literatura e o teatro: artigos, críticas, resenhas, traduções, dicas, provocações e delírios.

bibliotecaescolar.info

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: