Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘metas curriculares’

2017_05_04_Cerimonia_Premio_Merito_BE

A iniciativa Ideias com Mérito visa identificar e apoiar as experiências mais consistentes e difundir as boas práticas das bibliotecas escolares.

Sendo o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva um dos agrupamentos selecionados em 2017, pelo Projeto “Ler, Contar e Recontar” apresentado pela biblioteca escolar, a professora bibliotecária Carla Nunes e o assessor da direção do agrupamento, professor Luís Santos, estiveram presentes na reunião de trabalho e cerimónia de entrega de prémios, realizada no dia 04 de maio, no Auditório da Parque Escolar, em Lisboa, para uma partilha e reflexão conjuntas sobre a implementação dos projetos e as metodologias a adotar nos próximos dois anos letivos, ao nível da execução dos apoios financeiros, do acompanhamento dos projetos, da produção/ divulgação de conteúdos, entre outros, assim como para receberem o Prémio e respetivo Certificado de Mérito.

Neste encontro, iniciado com a apresentação da candidatura Ideias com Mérito, foram também apresentados testemunho(s) de projetos em desenvolvimento que muito enriquecem e contribuem para a qualidade e excelência dos projetos em desenvolvimento nas bibliotecas escolares do país, apoiados pela RBE desde 2005. A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva espera poder contar e recontar para que possam ler e saber como vai correndo por cá mais um projeto de trabalho em prol da leitura e dos leitores.

Anúncios

Read Full Post »

As Metas Curriculares de Português do Ensino Básico visam melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem através de uma cultura de rigor e de excelência desde o Ensino Básico. O 1.º Ciclo do Ensino Básico constitui-se como uma etapa fundamental no percurso escolar dos alunos e surgem como domínios da disciplina de Português, nas suas dimensões linguística e cultural, a Oralidade, a Leitura e a Escrita, a Educação Literária e a Gramática.

 

Passada a fase inicial de aprendizagem da leitura e da escrita, o ensino incide no desenvolvimento da fluência de leitura (nas suas vertentes da velocidade, da precisão e da prosódia), no alargamento do vocabulário, na compreensão da leitura, na progressiva organização e produção de texto, onde surge o domínio da Educação Literária (nos dois primeiros anos de escolaridade, denominado Iniciação à Educação Literária) que vem dar mais consistência e sentido ao ensino da língua, fortalecendo a associação curricular da formação de leitores com a matriz cultural e de cidadania. Ouvir ler e ler textos de literatura infantojuvenil é um percurso que conduz ao objetivo prioritário de compreensão de textos e é um estímulo à apreciação estética. O contacto com textos literários, portugueses e estrangeiros, em prosa e em verso, de distintos géneros, e com textos do património oral português, amplia o espetro de leituras e favorece a interação discursiva e o enriquecimento da comunicação. Especificamente para o domínio da Educação Literária, foi feita uma seleção a nível nacional de obras e textos literários para leitura anual, válida para o 1.º Ciclo, e foram, neste domínio, definidos sete títulos por ano de escolaridade, complementados com a promoção da leitura autónoma, para a qual se encontram indicadas as listagens do Plano Nacional de Leitura (PNL), garantindo a manutenção da escolha pessoal feita pelos alunos, sob orientação do professor e do professor bibliotecário.

 

Por forma a garantir um maior e melhor contacto com a diversidade de obras, géneros e autores e levar os alunos a um conhecimento e compreensão mais alargados das diferentes obras no âmbito das metas curriculares de português, complementando e articulando o trabalho curricular com a sala de aula, a biblioteca escolar Afonso de Paiva, mais especificamente, a professora bibliotecária Carla Nunes e a educadora Maria da Luz Lopes, lançaram um novo projeto de educação literária: “(Re)contar as Metas”. O projeto consiste em promover a mediação de leitura de obras definidas nas metas curriculares de português para o 1º ciclo, numa triagem feita pelos professores titulares das turmas, junto de todos os alunos dos 4 anos de escolaridade de todas as escolas do 1º ciclo do agrupamento de escolas Afonso de Paiva.

 

 

O projeto já começou e a primeira obra (re)contada foi “Uma Flor Chamada Maria” de Alves Redol, proposta para o 2º ano de escolaridade. As sessões de mediação leitora já começaram e as turmas de 2º ano das escolas de S. Tiago e Afonso de Paiva já conheceram a Maria… ou terá sido a Flor? Vamos lá ler para descobrir!…

Read Full Post »

Peddy-paper Viagem com Ulisses

Read Full Post »

Numa iniciativa conjunta entre a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, os Professores de Português do 3º ciclo e a Biblioteca Municipal de Castelo Branco, as turmas de 8º ano do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva vão poder assistir hoje, pelas 12h, no auditório da BMCB, à representação de “Os Bichos”, de Miguel Torga, pela Companhia Profissional de Teatro AtrapalhArte, de Coimbra, numa leitura teatral que nos irá transportar para o universo desenhado por Torga em catorze contos, onde humanos e animais partilham características e também as vicissitudes da vida, colocando questões fundamentais sobre a sociedade e a própria existência.

os-bichos

Num registo a que esta Companhia já nos habituou, os nossos alunos irão seguir as atribulações e sentimentos de Tenório e Miura, o galo e o touro personificados por Miguel Torga nesta sua obra a par de outros animais.

Boas leitur@s!

Read Full Post »

unnamed

“Contar as Metas” é um projeto pioneiro do Grupo Leya com o qual se pretende que os livros no âmbito das metas curriculares de português sejam de mais fácil leitura e interpretação pelos alunos.

 

A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva aposta em leituras dinâmicas, encenadas e partilhadas, no sentido de desafiar e cativar os alunos a partirem à descoberta das histórias nas metas curriculares. Assim e em colaboração com os professores de português, realizaram-se no dia 8 de março duas oficinas de leitura, orientadas pelo ator, encenador e também escritor, Sandro William Junqueira, considerado em 2012 um dos autores mais promissores da nova geração.

 

Participaram cerca de 120 alunos do 2º ciclo e a bordo de uma nau, a Catrineta, pois claro, as turmas de 5º ano puderam ouvir o belíssimo conto A Viúva e o Papagaio, de Virginia Woolf e as de 6º ano As Naus de Verde Pinho, de Manuel Alegre.

 

Para além da leitura expressiva das obras e a declamação de alguns poemas, os alunos ainda puderam brincar com as palavras inventadas pelo Sandro, que interagiu de forma lúdica com os alunos, cantando e encantando os pequenos trigos, despertando a sua curiosidade e motivando-os, deste modo, para os livros e para o prazer de ler.

 

ContarMetas.8.marco.2016 (1) ContarMetas.8.marco.2016 (2) ContarMetas.8.marco.2016 (3) ContarMetas.8.marco.2016 (4) ContarMetas.8.marco.2016 (5) ContarMetas.8.marco.2016 (6)

Read Full Post »

O Príncipe Nabo” da escritora Ilse Losa é uma obra de autoaprendizagem e foi de uma forma contagiante e animada que cerca de centena e meia de alunos das turmas do 5º ano e aproximadamente 14 professores do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva assistiram no passado dia 23 de outubro à peça de teatro “O Príncipe Nabo”, apresentada pelas Produções Teatrais AtrapalhArte, numa iniciativa da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva em colaboração com o grupo de Professores de Português do 2º ciclo, numa parceria com a Biblioteca Municipal de Castelo Branco.

Cartaz_Pr_ncipe_Nabo

Caracterizada por uma construção repleta de humor, esta peça de teatro onde se busca um príncipe para casar com uma princesa, apresenta-nos dois grupos distintos de personagens: os “pobres” e os “ricos”, que representam a linha temática orientadora deste texto dramático.

Os nomes dos pretendentes da Princesa Beatriz e as sucessivas atribulações de pedido e de recusa da sua mão ou ainda, a presença do Marechal da Corte, assim como os diferentes momentos musicais, fortaleceram o nível do espetáculo, havendo igualmente momentos de muito entusiasmo e grande humor que esta representação gerou nas interações entre o público e os 4 atores da companhia.

A diversão foi generalizada e a motivação para a leitura e exploração desta obra proposta nas metas curriculares de português foi certamente conseguida.

Aqui ficam alguns registos fotográficos do momento:

SAM_9409 SAM_9421 SAM_9441 SAM_9478 SAM_9489 SAM_9495 SAM_9513 SAM_9516

Read Full Post »

A Porto Editora disponibiliza uma nova coleção para apoiar a Educação Literária, de livros com obras e textos literários de leitura recomendada de autores lusófonos e estrangeiros, indicados pelas Metas Curriculares de Português do Ensino Básico e Secundário.

 

ARTIGO4265x170

Esta coleção, numa lista que vai do 1.º ao 3.º ciclo, permite concretizar um dos principais objetivos das Metas Curriculares de Português, facilitando a professores e alunos do Ensino Básico, o acesso a obras literárias de referência, fomentando, assim, o domínio da Educação Literária. Nos exemplares para o 1.º ciclo, estes livros incluem, no final, guias de exploração e fichas de trabalho para as crianças realizarem ou em sala de aula ou em casa, após a leitura das obras.
A introdução do domínio da Educação Literária nas Metas Curriculares de Português do 1.º ao 9.º ano foi uma das principais novidades introduzidas pelo MEC. Conforme se pode ler no documento oficial, esta decisão “corresponde a uma opção de política da língua e de política de ensino”, pretendendo, com a Educação Literária, “contribuir para a formação completa do indivíduo e do cidadão”, uma vez que a literatura “veicula tradições e valores e é, como tal, parte integrante do património nacional”.
(Na lista de obras e textos literários para leitura anual pelas escolas, o Ministério da Educação e Ciência definiu um mínimo de 7 e 8 títulos para o 1.º e 2.º ciclos e, para o 3.º ciclo, as obras e textos já indicados no Programa de Português. Para a promoção da leitura autónoma, foram mantidas as listagens do Plano Nacional de Leitura.)

Read Full Post »

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

Bibliotecas são Comunidades

As bibliotecas são Comunidades

Cinema Sem Conflitos

Prevenção e mediação de conflitos em contexto educativo

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

%d bloggers like this: