Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘joão pinto coelho’

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto (27.janeiro) foi o pretexto para mais um encontro de autor promovido pelas Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva, em parceria com a Editora Asa, no passado dia 29 de janeiro, que marcou o início das atividades decorridas ao longo da semana, numa singela homenagem #paranãomaisesquecer.

À conversa com João Pinto Coelho, arquiteto, professor e o mais recente escritor português distinguido com o maior galardão literário do país, o prémio Leya 2017, atribuído ao seu romance “Os loucos da rua Mazur”, estiveram cerca de uma centena de alunos e uma dezena de professores do AE Afonso de Paiva, numa oportunidade de regressar ao cenário da Segunda Guerra Mundial pelas palavras do escritor que, fruto de talento e décadas de leituras e estudo sobre o Holocausto e investigações recentes, resultantes de duas ações do Conselho da Europa que integrou, nos levou às entranhas de Oświęcim (Auschwitz), a cidade polaca que já foi um lugar feliz, reescrita a cinzas pelos nazis na memória da Humanidade.

 

 

João Pinto Coelho registou que “mais do que respostas, o Holocausto devolve, cada vez mais, perguntas” e que por isso, não se cansa de semear dúvidas e inquietações entre mentes jovens quando vai às escolas falar do tema: “Aprendemos pouco com a História”, assinala, “Continuamos certos da nossa bondade e incapacidade de fazer coisas terríveis”, desafiando todos os presentes os presentes para olhar o Mal onde nunca o vemos: dentro de nós. O escritor captou totalmente a atenção de toda a plateia, quer pelo tema, quer pela (re)construção da tragédia, assim como os tempos paralelos que nos apresenta nos seus dois romances: “Perguntem a Sarah Gross” e “Os loucos da Rua Mazur”, um livro que nos dá a conhecer um lado diferente da Segunda Guerra Mundial, um livro sobre “a universalidade do mal e não sobre a sua banalidade”, como refere João Pinto Coelho.

As Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva para além de estimularem a criação literária e o gosto pela leitura, estreitando laços entre os livros e os leitores, pretendem sempre ajudar e apoiar alunos e professores a entender melhor a importância da palavra e da literatura, bem como as transformações que hoje definem o mundo à nossa volta, com a promoção destes encontros e conversas com autores, na promoção de um trabalho de leitura empenhada, envolvida, que devolve a competência de ler nas crianças e jovens.

Anúncios

Read Full Post »

As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva em articulação curricular com as disciplinas de Educação Visual e História assinalam na semana de 29 de janeiro a 2 de fevereiro, o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, associando-se plenamente às cerimónias de homenagem às vítimas do Holocausto que no dia 27 de janeiro, nesta data histórica, têm lugar em Auschwitz-Birkenau e em todo o Mundo.

cartaz2018.DiaInternacionalMemoriaVitimasHolocausto

Na segunda-feira, dia 29 de janeiro, os alunos das cinco turmas de 9º ano irão estar à conversa com João Pinto Coelho, professor de Artes Visuais e escritor, recentemente galardoado com o Prémio Leya 2017 pela obra “Os Loucos da Rua Mazur”. A temática do Holocausto é o tema de fundo deste Encontro de Autor (parceria ASA), as leituras e investigações, assim como os relatos e estudos do escritor, provenientes de duas ações do Conselho da Europa que integrou e lhe permitiram “viver” nos campos de Auschwitz e Birkenau, tendo entrevistado sobreviventes, estudado contextos e vivências das comunidades judaica e cristã anteriores à guerra. Durante a semana irão ainda estar patentes, no piso superior da escola sede do agrupamento, duas Exposições de Trabalhos realizados com os alunos das turmas de 9º ano de escolaridade, designadamente frisos iconográficos realizados nas aulas de História e 2 painéis compostos por elementos desenhados e pintados em cartão, a duas cores (preto e vermelho), elaborados pelos alunos nas aulas de Educação Visual e um Ciclo de Cinema Temático, com a projeção diária, na biblioteca escolar (a partir das 16h) de um filme alusivo ao tema. Nas bibliotecas escolares Afonso de Paiva e S. Tiago estarão ainda presentes Feiras do Livro de AutorExposições Bibliográficas sob o índice temático da 2ª guerra mundial.

Em jeito de singela homenagem às vítimas do extermínio nazi e reiterando o imperativo de manter viva a memória do Holocausto, as bibliotecas escolares do agrupamento Afonso de Paiva assumem o compromisso de não deixar esquecer este episódio sombrio da História, reafirmando a importância de promover a educação sobre este marco tenebroso, confiante de que, ao fazê-lo em conjunto com os professores, estamos a contribuir ativamente para a educação e formação cívica, social e moral dos alunos, para não mais esquecer.

“Esquecer o Holocausto, é matar duas vezes” Elie Wiesel

(sobrevivente do Holocausto e prémio Nobel da Paz em 1986)

Read Full Post »

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

Hipermediaciones

Conversaciones sobre la comunicación digital interactiva

Amora negra

Página do escritor e contador de histórias Carlos Alberto Silva

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

Bibliotecas são Comunidades

As bibliotecas são Comunidades

Cinema Sem Conflitos

Prevenção e mediação de conflitos em contexto educativo

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

%d bloggers like this: