Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘IPDJ Castelo Branco’

dia21.arvore.poesia.teatro

No Programa da Semana da leitura 2018 e para hoje, 21 de março, o dia estará repleto de leituras e outras aventuras…

As bibliotecas escolares Afonso de Paiva apresentam, neste dia que assinala e celebra a árvore, a poesia e o teatro, muitas leituras… de outros mundos e com aventuras por novos e velhos mundos de histórias…

De manhã e no auditório Afonso de Paiva, teremos uma sessão de leitura em voz alta pela professora bibliotecária Carla Nunes de um excerto do livro “O homem que plantava árvores”, dirigida aos alunos das seis turmas de 7º ano do agrupamento Afonso de Paiva, seguido da visualização do vídeo de Frédéric Back, baseado no belíssimo conto do francês Jean Giono, de 1953. Seguidamente e em colaboração com o Projeto Eco-Escolas, os alunos irão plantar árvores na escola, cedidas pela Câmara Municipal de Castelo Branco, afixando uma pequena placa poética, identificando cada uma das árvores plantadas.

capa

Posteriormente e das 10.30h às 13h, teremos no auditório do IPDJ de Castelo Branco, entidade parceira desta atividade, dois espetáculos de leitura encenada de poesia com base na obra “O pássaro da cabeça” de Manuel António Pina (metas curriculares de português de 5º ano), dirigida a todos os alunos das seis turmas de 5º ano do agrupamento, encenada pela secção de projetos artísticos para a infância e juventude -“O Rebento”, da Companhia de Teatro “Cepa Torta, pretendendo com este espetáculo cativante, aproximar as crianças dos livros de leitura obrigatória, facilitando o usufruto da mesma na sala da aula e complementando, de forma prazerosa e a partir de outras leituras, neste caso o teatro, as aprendizagens.

Resultado de imagem para companhia de teatro cepa torta

Paralelamente e entre as 9.30h e as 12h, as bibliotecas escolares Afonso de Paiva em parceria com a editora Escafandro, promovem mais um encontro de autor, desta vez no JI das Violetas e dirigido a todos os alunos do pré-escolar do agrupamento, que irão assistir a uma dramatização do livro “Não é justo, Alice” pela sua própria escritora, Joana Ramos. O livro, recomendado pelo IDEPH (Instituto do Desenvolvimento e Estimulação do Potencial Humano) , retrata de forma simples e objetiva os pensamentos e sentimentos de uma criança quando sente que cometeu uma injustiça. Nas palavras de Joana Ramos “Quando as crianças têm a sorte de crescer com irmãos, há muitas fontes potenciais de conflito, principalmente as que resultam da necessidade de partilhar. Entre irmãos repartem-se espaços e brinquedos, mas também se reparte a atenção dos adultos e as responsabilidades”, afirma Joana Ramos, autora do texto. “Neste crescimento partilhado abundam as situações de pequena crise, e é aí que nós, pais e educadores, podemos efetivamente educar de uma maneira mais eficaz e consequente: na resolução de situações reais, quotidianas e que as nossas crianças sentem com muita intensidade. ”

cartaz.Ramos

De tarde e a terminar o dia, os alunos de 2º ciclo apurados irão realizar a 2ª fase do Concurso de Ditado, a partir de excertos das obras “A viúva e o papagaio” de Virgínia Woolf (5º ano) e “Pedro Alecrim” de António Mota (6º ano), numa atividade orientada pelos professores de português do 2º ciclo e inserida no Programa da Semana da leitura 2018.

 

Anúncios

Read Full Post »

13332784_1741522912728679_2857792661277156842_n

Os alunos e professores do Clube de Teatro Afonso de Paiva convidam a Comunidade Educativa a assistir à peça “Farsa de Inês Pereira”, de Gil Vicente, que será apresentada hoje, 7 de junho, no IPDJ de Castelo Branco, às 21h30.

 

Apareçam para apoiar os nossos atores e passar um bom momento com esta divertida peça de Gil Vicente!

Read Full Post »

25-de-abril-de-1974-1-728

 

No âmbito da já habitual comemoração do 25 de Abril, a Biblioteca Escolar, o Clube de Leitur@s e os Professores de História e Geografia de Portugal e Educação Especial do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, em colaboração com o IPDJ de Castelo Branco, o Centro UNESCO – Educação para Todos de Castelo Branco e a Associação 25 de Abril, assinalam esta data, ao longo desta semana, entre 26 a 29 de abril, com sessões de mediação de leitura, orientadas pela professora bibliotecária Carla Nunes com as turmas de 4º e 5º ano da EB Afonso de Paiva e Alunos Especiais, inseridos no projeto colaborativo Saber Ler+. No final de cada sessão, os alunos ainda irão visitar as exposições “Cartazes de Abril” e Recortes de Imprensa – Jornal do Fundão, Reconquista e Notícias da Covilhã – “Os dias seguintes ao 25 de abril no Distrito de Castelo Branco”, patentes no IPDJ – Loja Ponto Já de Castelo Branco, entre 11 a 28 de abril de 2016, assim como a exposição patente no átrio principal da escola sede e que conta com magníficos trabalhos plásticos realizados pelos alunos das turmas envolvidas, cravos e tanques, e uma pequena mostra fotográfica de Sebastião Salgado, a partir do seu livro “Um Fotógrafo em Abril”, numa celebração desta tão marcante data portuguesa. As sessões serão encerradas com o depositar de um cravo por aluno, como gesto simbólico a marcar este Dia da Liberdade em Portugal.

A Biblioteca Escolar, no âmbito da atividade “Filme do Mês“, num ciclo de cinema português inserido na iniciativa nacional Plano Nacional de Cinema, irá ainda apresentar o filme “Capitães de Abril” no dia 27 de abril, pelas 17.30h no auditório da escola sede e apresenta igualmente uma mostra temática de livros alusiva ao tema.

Comemorar o 25 de Abril, promovendo junto dos alunos os valores de Abril de 74 e incentivando a escrita e a leitura junto das crianças e jovens como fator preponderante na sua educação e crescimento como cidadãos solidários e conscientes da sua liberdade, são alguns dos principais objetivos desta atividade.

 

Para saberes mais podes sempre consultar o Dossiê “25 de Abril” aqui no blogue da tua Biblioteca.

 

 

 

Read Full Post »

12670692_1599730673680910_4916765379469537802_n

Está patente no IPDJ – Loja Ponto Já de Castelo Branco, entre 2 e 28 de abril de 2016, a Exposição de Pintura “ÁCQUA” de Kim Molinero e Dina de Souza. Com duas visões distintas, de ambos os pintores: Kim Molinero, pintor abstracionista, apresenta “ÁCQUA.Splash” e Dina de Sousa, pintora surrealista, apresenta “ÁCQUA.Divagações”, visa:

  • Promover os artistas no distrito de Castelo Branco
  • Fomentar a educação pela arte
  • Contribuir para a valorização cultural e artística da região
  • Sensibilizar os jovens para a educação artística e
  • Promover a Loja PONTO JA de Castelo Branco e o Centro UNESCO Educação para Todos de Castelo Branco como espaços privilegiados de encontro, promoção e difusão da educação não formal e de arte.

 

Read Full Post »

transferirIPDJ promove pela 13ª vez o concurso  Postais “N” de Natal, apelando, assim, à tua criatividade e imaginação. Nesta edição de 2015, o tema é “Solidariedade com os Refugiados ”.

Podem candidatar-se jovens dos 8 aos 18 anos, em 2 escalões etários:

8 aos 12 anos

13 aos 18 anos

Os trabalhos devem ser entregues ou enviados por correio, até ao próximo dia 18 de dezembro, nas “Lojas Ponto JA”,  instaladas nos Serviços distritais do IPDJ, conforme o regulamento que podes ver aqui.

 

Mais informações:

http://www.juventude.gov.pt/Eventos/ConcursosPassatempos/Paginas/concurso-postais-natal-12-Edicao.aspx

 

 

Read Full Post »

MAFALDAQUINO

Mafalda tornou-se uma das mais famosas e caricatas personagens do mundo dos quadradinhos. Criada pelo cartoonista argentino Joaquín Salvador Lavado, conhecido por Quino, para um anúncio publicitário, completou 51 anos no dia 29 de setembro de 2015.
Mafalda nasceu em 1962, tem 6 anos, odeia sopa e adora os Beatles. É filha de pais de classe média, vai à escola, possui alguns amigos com quem realiza brincadeiras pertinentes e outras da sua idade e viaja com a família para a praia no período de férias. No entanto, ela é muito mais do que esta simples descrição pode dizer. Esta personagem, que logo se tornou célebre entre os leitores das suas histórias, é uma miúda constantemente inquieta com a humanidade e a paz no mundo.
No dia 25 de junho de 1973 Quino encerrou a publicação das tiras de Mafalda. Desde então, Quino ainda desenhou Mafalda algumas vezes, principalmente para promover campanhas sobre os Direitos Humanos. Em Buenos Aires, capital da Argentina, uma praça foi batizada com o seu nome, uma prova da importância desta personagem.

 

E foi tudo isso e muito mais que os alunos do Clube de Leitur@s Afonso de Paiva descobriram nos seus livros e numa apresentação interativa sobre a pequena Mafaldinha, apresentados pela professora bibliotecária Carla Nunes e ainda na visita à exposição patente no IPDJ de Castelo Branco sobre esta personagem que apesar de pequena é uma das dez personalidades da Argentina do século XX e as suas falas e reflexões continuam atuais e fazem até a mais desinteressada e apática das criaturas parar para pensar.

DSCF7454 DSCF7460 DSCF7462 DSCF7463

Read Full Post »

12036936_1502549940065651_8917993801788894366_n

Encontra-se patente no IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude de Castelo Branco uma exposição de BD alusiva ao quinquagésimo aniversário da eterna personagem criada por Quino em 1964 –  Mafalda, uma pequena de seis anos, com um olhar perspicaz e crítico sobre a sociedade e que celebra agora 50 anos de existência.

A iniciativa tem como objetivo homenagear os 50 anos de “vida” da Mafalda, e sensibilizar os jovens para a banda desenhada e a sua importância cultural e social.

Em conjunto com o Grupo de Intervenção e Criatividade Artística de Viseu, e o Centro UNESCO Educação para Todos de Castelo Branco, o IPDJ apresenta até ao dia 21 de outubro a mostra de Banda Desenhada. Não deixem de visitar!

Fonte: radiocastelobranco

Read Full Post »

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico (1.º e 2.º Ciclos)

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

Hipermediaciones

Conversaciones sobre la comunicación digital interactiva

Amora negra

Página do escritor e contador de histórias Carlos Alberto Silva

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

%d bloggers like this: