Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘biblioteca municipal de Castelo Branco’

cartaz_cil2017_1fase

Na sexta edição deste concurso, uma iniciativa promovida pela rede interconcelhia de bibliotecas escolares dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, em parceria com as bibliotecas municipais dos referidos concelhos, com o apoio dos professores de português do 2º ciclo, a 1ª fase (intraescolar) do supracitado concurso de leitura e escrita decorrerá no próximo dia 11 de janeiro, quarta-feira.

As provas são realizadas nas salas 23, 24 e 25. Entre as 14.30h e as 15.30h será a prova de leitura e das 15.30h às 16.30h a prova de escrita. O tema para a prova de escrita que pode ter entre 150 a 200 palavras, é:

“Construíste uma máquina poderosíssima, à qual chamaste “Máquina para Salvar o Mundo”. Que máquina é essa? Como funciona? Como salvarias o mundo? Que novo mundo criarias?”

Prova de Leitura (30 questões de escolha múltipla e uma questão aberta)
5º ano (Graças e Desgraças da Corte d’el Rei Tadinho, de Alice Vieira)
6º ano (Rosa, minha irmã Rosa, de Alice Vieira)

 

Boa sorte a todos!

 

Anúncios

Read Full Post »

Numa iniciativa conjunta entre a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, os Professores de Português do 3º ciclo e a Biblioteca Municipal de Castelo Branco, as turmas de 8º ano do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva vão poder assistir hoje, pelas 12h, no auditório da BMCB, à representação de “Os Bichos”, de Miguel Torga, pela Companhia Profissional de Teatro AtrapalhArte, de Coimbra, numa leitura teatral que nos irá transportar para o universo desenhado por Torga em catorze contos, onde humanos e animais partilham características e também as vicissitudes da vida, colocando questões fundamentais sobre a sociedade e a própria existência.

os-bichos

Num registo a que esta Companhia já nos habituou, os nossos alunos irão seguir as atribulações e sentimentos de Tenório e Miura, o galo e o touro personificados por Miguel Torga nesta sua obra a par de outros animais.

Boas leitur@s!

Read Full Post »

E o dia de ontem, 9 de abril, foi o último dia da edição do Fronteira 2016, uma iniciativa da câmara municipal de Castelo Branco com produção executiva da Booktailors, também com a colaboração dos agrupamentos de escolas do concelho albicastrense.

10422351_711004675705870_3280755275583469721_n

12524249_711004795705858_6861062955617806478_n

12108855_700884630051208_6583350650337826038_n

Durante a tarde e na biblioteca municipal de Castelo Branco houve lugar a várias sessões de encontros com autores portugueses. Tito Couto (booktailors) moderou uma conversa com Nuno Camarneiro e Jacinto Lucas Pires, seguida do lançamento dos livros: «Desnorte», de Inês Pedrosa, e «Gramática do Medo», de Maria Manuel Viana e Patrícia Reis, durante uma animada conversa, moderada por Pedro Vieira (Booktailors). “Será o poeta um prosador com tiques de preguiça?” foi o mote da conversa entre José Eduardo Agualusa e Nuno Costa Santos para mais uma tertúlia literária. “Haverá escritores condenados ao desaparecimento nas próximas décadas?” –  Inês Pedrosa e Nuno Júdice deram o seu parecer, numa conversa com Pedro Vieira, sobre o expoente literário português mais recente e a devida elevação de alguns escritores portugueses.

 

O festival terminou pelas 21.30h, numa sessão de encerramento com uma “Missa mal dita” por Renato Filipe Cardoso, um espetáculo de poesia dita que homenageia os clássicos da poesia satírica e alguns textos contemporâneos num clima informal e de interação com o público, seguida de uma muita agradável presença de Luís Represas, moderada por Tito Couto que recordou momentos e canções dos Trovante e da sua própria obra e percurso artísticos, numa celebração da palavra e da poesia cantada.

10698555_700884796717858_2028089188647922792_n

Esperamos que o festival literário tenha vindo para ficar!

 

 

Read Full Post »

E hoje, sexta-feira, dia 8 de abril, o dia começou com a visita de escritores e ilustradores a algumas escolas do concelho de Castelo Branco.

Carlos Alberto Moniz, José Dias Pires, Luís Afonso, Luís Diogo, Madalena Moniz, Manuel Costa Alves e Sebastião Peixoto estiveram à conversa com alunos de vários graus de ensino, num ambiente descontraído e informal, a partilhar o seu trabalho e as suas experiências sob o tema «Vemos, ouvimos e lemos — as mil e uma maneiras de cruzar a fronteira das histórias». No Agrupamento Afonso de Paiva cerca de uma centena de alunos do 2º ciclo conversaram e apreciaram as belas ilustrações feitas pelo nosso convidado bracarense, Sebastião Peixoto.

 

Mais tarde, pelas 18h, Manuel Alegre, poeta e prosador incontornável no panorama literário português, estará presente na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, para uma conversa com Tito Couto sobre os momentos mais marcantes da sua vida e obra literária.

 

MAlegre

Read Full Post »

poetasalbicastrenses

E tem início hoje, dia 7 de abril, a quarta edição do Festival Literário de Castelo Branco, este ano sob o mote: As Fronteiras da Prosa e da Poesia.

A sessão inaugural é às 21.30h, na Biblioteca Municipal de Castelo Branco e conta com uma homenagem ao poeta albicastrense João Roíz de Castel-Branco, protagonizada pelo Grupo Teatral Váatão. Segue-se uma sessão de poesia, apresentada por José Dias Pires e dita por poetas naturais do concelho: António Salvado, João de Sousa Teixeira, Luís Diogo e Manuel Costa Alves.

 

Read Full Post »

A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva (BEAP) tem como principal objetivo promover a leitura e formar leitores, criando ambientes favoráveis à leitura, estimulando e valorizando práticas pedagógicas e outras atividades que estimulem o prazer de ler entre crianças e jovens.
Assumindo a leitura como fator de desenvolvimento individual e coletivo, a BEAP em colaboração com as bibliotecas escolares concelhias procuram consolidar e ampliar o papel da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) no desenvolvimento de hábitos de leitura, procurando atingir resultados gradualmente mais favoráveis em estudos nacionais e internacionais de avaliação de literacia.

1982328_965885530133450_7058442010803569888_n

 

Estimular nas crianças e nos jovens o prazer de ler, intensificar o contacto com o livro e a leitura e reforçar a promoção da leitura em espaços convencionais e não convencionais de leitura, assim como fomentar práticas inclusivas de leitura, são algumas das metas que norteiam a ação da Rede Interconcelhia de Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão (RIBE) que este ano promoveu, pelo 5º ano consecutivo, o Concurso Interconcelhio de Leitura (CIL) para alunos do 2º ciclo, com a participação de, aproximadamente, 500 alunos dos concelhos de CB e VVR.
Na final do CIL 2016, realizada na Biblioteca Municipal de Castelo Branco, muito disputada por entre os 24 finalistas de altíssimo nível e competência leitora, o júri, composto pela Professora Doutora Maria da Natividade Pires, Dr. José Martins e Dr. Lino Galvão, atribuiu uma Menção Honrosa ao aluno Tomás Calmeiro (6º6) e um 1º Lugar ao aluno Miguel Gama (5º1) do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva. O aluno Miguel Gama conquistou igualmente o “ouro” na competição escrita do referido concurso, com o texto “Elos de leitura”.

MG

SAM_3053

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

SAMSUNG CSC

O grupo de Professores Bibliotecários da RIBE procurou assim e mais uma vez alargar e diversificar as ações promotoras de leitura nos diferentes contextos sociais, promovendo e fomentando iniciativas e programas de promoção da leitura junto dos pequenos grandes leitores albicastrenses.

Parabéns a todos os Pequenos Grandes Leitores Afonsinhos que participaram neste concurso e umas muito especiais felicitações ao Tomás Calmeiro pela sua Honrosa Menção e ao Miguel Gama pelo Duo de Ouro em ambas as competições desta iniciativa.

SAMSUNG CSC

1923845_965885930133410_7729649072073141616_n

1982328_965885530133450_7058442010803569888_n

 

A professora bibliotecária, Carla Nunes

Read Full Post »

O Príncipe Nabo” da escritora Ilse Losa é uma obra de autoaprendizagem e foi de uma forma contagiante e animada que cerca de centena e meia de alunos das turmas do 5º ano e aproximadamente 14 professores do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva assistiram no passado dia 23 de outubro à peça de teatro “O Príncipe Nabo”, apresentada pelas Produções Teatrais AtrapalhArte, numa iniciativa da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva em colaboração com o grupo de Professores de Português do 2º ciclo, numa parceria com a Biblioteca Municipal de Castelo Branco.

Cartaz_Pr_ncipe_Nabo

Caracterizada por uma construção repleta de humor, esta peça de teatro onde se busca um príncipe para casar com uma princesa, apresenta-nos dois grupos distintos de personagens: os “pobres” e os “ricos”, que representam a linha temática orientadora deste texto dramático.

Os nomes dos pretendentes da Princesa Beatriz e as sucessivas atribulações de pedido e de recusa da sua mão ou ainda, a presença do Marechal da Corte, assim como os diferentes momentos musicais, fortaleceram o nível do espetáculo, havendo igualmente momentos de muito entusiasmo e grande humor que esta representação gerou nas interações entre o público e os 4 atores da companhia.

A diversão foi generalizada e a motivação para a leitura e exploração desta obra proposta nas metas curriculares de português foi certamente conseguida.

Aqui ficam alguns registos fotográficos do momento:

SAM_9409 SAM_9421 SAM_9441 SAM_9478 SAM_9489 SAM_9495 SAM_9513 SAM_9516

Read Full Post »

Older Posts »

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

Bibliotecas são Comunidades

As bibliotecas são Comunidades

Cinema Sem Conflitos

Prevenção e mediação de conflitos em contexto educativo

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

%d bloggers like this: