Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘animação’

cartaz_marcha_2015

O evento, aberto a toda a comunidade albicastrense, cumpre no próximo domingo, dia 31 de maio de 2015, a sua 13º edição e é este ano da responsabilidade do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva e da Associação de Profissionais de Educação Física de Castelo Branco, sendo parceiros os Agrupamentos de Escolas Amato Lusitano e Nuno Álvares. São convidados a participar os mais de dois milhares de alunos dos jardins-de-infância e escolas do 1º ciclo dos agrupamentos do concelho e os que se inscreverem receberão uma t-shirt.

A concentração está marcada para as 8h 45m no Parque da Cidade, com início da Marcha pelas 9h 30m, num percurso que compreenderá várias artérias da cidade. Na chegada à escola Afonso de Paiva, prevista pelas 10.15h, haverá vários rastreios na área da saúde, seguidos de uma sessão de aeróbica. Os participantes poderão ainda usufruir de diversas atividades, espaços de diversão, promoção da saúde e prática desportiva até perto das 13h, orientados pelas associações, clubes e instituições da cidade convidados, assim como outras dinamizadas pelo Agrupamento Afonso de Paiva, desde espetáculos musicais, pelos alunos do 4ºano AP, clube de música e 3º ciclo, animação de leitura, com uma tenda dos contos, pela biblioteca escolar, jogos tradicionais, pelo grupo de educação física, jogos sem barreiras, com demonstrações alusivas à problemática da deficiência, pelo departamento de educação especial, entre outros entretenimentos.

Partilhe o entusiasmo de uma nova marcha!

Read Full Post »

Amanhã, sexta-feira, dia 22 de maio, a partir das 18h, no Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva.

images

Muitas são as histórias ligadas à alimentação e hábitos saudáveis, onde não faltam, é claro, histórias de e com sopas.

A tua biblioteca, como habitualmente, lá estará com a sua canjinha carregadinha de letras com sabor a histórias! Porque são as histórias, os sabores e os cheiros que nos definem, que fazem parte da nossa herança familiar e cultural e que contam muito de nós e dos outros.

Esta quarta edição do festival das sopas é também uma homenagem à história de vida do patrono do agrupamento, o cavaleiro Afonso de Paiva, e as sopas incluem referências específicas aos países que visitou na sua rota.

Ficamos à vossa espera!

Read Full Post »

O prazer de ler não é inerente ao ato em si, porquanto não basta ler para gostar de ler.

Na educação pré-escolar é fundamental que se contem e leiam histórias às crianças. Para além do incentivo para uma iniciação à leitura, esta atuação conduzirá também à formação de leitores literários. O papel do professor bibliotecário não é só o de contar e ler: é o de selecionar as obras, variando os géneros literários, bem como o de encontrar estratégias didáticas para fazer a animação da leitura e a posterior exploração dos textos, numa estreita colaboração entre as educadoras de infância e a biblioteca escolar.

IMG04333-20150320-1419

No âmbito da semana da leitura, a biblioteca escolar Afonso de Paiva, pela voz e mão da professora bibliotecária, levou a cabo sessões de animação de leitura nos Jardins de Infância das Violetas e Castelo, como forma de introduzir, promover e desenvolver hábitos de leitura, colocando a criança em contacto com o livro álbum, o livro ilustrado, relacionando-o com a arte, com temas de vida e jogos lógicos e interagindo com os alunos numa representação dramática da história “Quem quer casar com a Carochinha”.

IMG04343-20150320-1446 IMG04345-20150320-1449 IMG04351-20150320-1453

Foi um momento excecional de encontro afetivo com o livro e com a literatura, conduzindo os nossos pequenos leitores numa descoberta das possibilidades mágicas de uma história, como passaporte para o sonho, uma espécie de tapete mágico que voa com segurança por um universo repleto de possibilidades.
Leituras felizes!

IMG04363-20150320-1458

Read Full Post »

Perante a crescente inclusão de alunos com necessidades educativas especiais nas escolas do ensino regular, as bibliotecas escolares veem-se, hoje, a par com a necessidade de responder a uma população escolar com competências diversas e que requer, em muitas situações, meios tecnológicos diferenciados de acesso à leitura.

“Criar bibliotecas escolares inclusivas, que proporcionem reais oportunidades de leitura para todos os alunos, é talvez um dos maiores desafios colocado às bibliotecas que se pretendem assumir como espaço de excelência para o desenvolvimento da literacia e como garante da igualdade de oportunidades.”

É sobre este pressuposto retirado do projeto “Todos Juntos Podemos Ler” da RBE (Rede de Bibliotecas Escolares) e tendo em consideração as características e necessidades identificadas no contexto educativo do agrupamento de escolas Afonso de Paiva, que desenvolvemos na 9ª edição da semana da leitura, num processo de colaboração entre a professora bibliotecária, professores titulares de turma, professores de educação especial e terapeuta da fala, sessões mediadas de leitura a partir da Coleção 4 Leituras, da editora Cercica, que faz parte da lista recomendada pelo Plano Nacional de Leitura.

DSC04620

DSC04641

Cada livro vem em 4 formatos diferentes: versão escrita que inclui versão áudio, versão adaptada em Símbolos Pictográficos para a Comunicação (SPC), versão em Língua Gestual Portuguesa (LGP) e versão em Braille e em formato Daisy. O DVD interativo que acompanha cada um dos livros, para além da versão narrada da história e das versões em SPC e em LGP, contém ainda conteúdos lúdicos de natureza educativa destinados a ampliar os conhecimentos das crianças sobre as temáticas abordadas em cada uma das histórias.

Aliar estas características a outras inerentes, passando pela promoção de comportamentos emergentes de leitura, e pela envolvência de um criativo processo de depuração da linguagem verbal e da linguagem plástica, foram os objetivos destas sessões de leituras especiais, mantendo toda a magia e riqueza que fazem dos livros infantis uma porta de acesso ao conhecimento e ao imaginário.

DSC04622 DSC04625 DSC04642

Read Full Post »

10150815_1606933702854268_4748977274732997848_n

Um livro, um título que nos interpela, ilustrações que se oferecem ao nosso olhar, frases que nos despertam o desejo de ler, o desejo de saber, de conhecer, de compreender… Uma história que nos fascina, um universo mágico, personagens que entram nas nossas vidas, se tornam companheiras dos nossos dias, cúmplices dos nossos sonhos, das nossas emoções e interrogações… Aventuras que nos alimentam a imaginação, palavras que fazem pensar, acontecimentos que emocionam, agitam, intrigam, divertem… Um livro, uma lição de vida, um mundo novo que se abre dentro de nós. Quando chegamos ao fim, já não somos os mesmos e ficamos com um mundo que desejamos partilhar, levando aos outros o prazer da leitura e o poder transformador da palavra e do pensamento. E assim a magia acontece, e assim se acrescenta uma história à história lida e vivida: a história de amor entre o livro e o seu leitor.

11080915_1606933979520907_4580755632019818354_n11075011_1606934012854237_1053887930919164725_n

Foi assim a nossa tertúlia literária “Há conversa com livros”, realizada no passado dia 17 de março, na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, no âmbito da Semana da Leitura – uma atividade organizada pelas professoras de Português do 3.º ciclo, em parceria com a professora bibliotecária do AE Afonso de Paiva.

Numa biblioteca agradavelmente transformada em “bibliocafé”, convidámos, para uma conversa amena e descontraída, alguns alunos dos 7.º e 8.º anos a apresentar uma obra literária aos colegas de outras turmas. Os alunos Maria Eduarda Caldeira (8.º1), Mariana Matias (7.º4), Beatriz Afonso (7.º 4), Bárbara Gonçalves (7.º2), Rui Cipriano (7.º2), Guilherme Nisa (7.º2), João Ferreira (8.º1), Ana Filipe (8.º2), Inês Ponciano (8.º2) e Margarida Ribeiro (8.º2) revelaram-se excelentes contadores de histórias, brindando-nos com uma seleção de obras que apresentaram de forma muito cativante, quer pela riqueza e profundidade do discurso, quer pela emoção que nos transmitiram sobre a forma como viveram as suas leituras. Seguiu-se uma agradável conversa sobre os livros apresentados, comentários, perguntas e projetos de leitura.

1964931_1606933859520919_3299189597372003052_n 10407481_1606933836187588_2594826060719891608_n 10452317_1606933942854244_2607960514311702259_n 10501694_1606933866187585_5831040431836724683_n 11065906_1606933932854245_8103140016063066418_n 11071928_1606933906187581_6119252534209698123_n 11073092_1606933879520917_8197887175828683913_n 11073278_1606933919520913_3396105707562670439_n 11075252_1606933902854248_2795488581648910161_n

Nos rostos e nas reações, foi visível o agrado de todos relativamente a esta atividade que surpreendeu o público pela diferença – os oradores foram os alunos e foram eles que tomaram conta da comunicação com colegas de outras turmas, num espaço familiar mas completamente transformado e onde nem sequer faltaram deliciosas bolachas e outras iguarias para tornar o momento ainda mais doce e ternurento!

Mais um momento rico e pleno de leituras no AE Afonso de Paiva!

Read Full Post »

António Mota é atualmente um dos escritores mais lidos e premiados da literatura infantojuvenil portuguesa, com cerca de nove dezenas de títulos publicados, grande parte deles com a recomendação do Plano Nacional de Leitura. O escritor, com mais de trinta anos de carreira literária, começados com A Aldeia das Flores, conta entre as suas obras, com títulos como: Pedro Alecrim, O Rapaz de Louredo, Cortei as Tranças, O rebanho perdeu as asas, Filhos de Montepó, O Grilo Verde, entre tantos, tantos outros, já venceu o Prémio da Associação Portuguesa de Escritores (1983), Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para crianças (1990), Prémio António Botto (1996) e tem sido muitas vezes nomeado para grandes prémios nacionais e internacionais de cariz literário.

IMG_4774 IMG_4793

O professor, escritor e ávido leitor, visitou pela primeira vez a cidade de Castelo Branco e encantou os cerca de 600 alunos do 1º e 2º ciclo das escolas básicas da Mina e Afonso de Paiva, nos dias 17 e 18 de março, no âmbito da semana da leitura, iniciativa promovida pela biblioteca escolar Afonso de Paiva, levando-os numa viagem pela sua infância, pelo rio onde pescava, pela árvore onde lia, pela terra onde nasceu e viveu, levando os alunos a descobrir outros sons, outros cheiros e sabores da natureza, da infância, do campo, das gentes e das tradições, temas recorrentes nas suas histórias.

DSC04485 DSC04358

Para a realização deste encontro promoveu-se, junto dos vários parceiros e ao longo do ano letivo, um trabalho articulado e colaborativo entre docentes, professora bibliotecária e a editora Gailivro (grupo Leya), culminando na realização de leituras, ilustrações, dramatizações, retratos, declamações de poesia e provérbios, concursos de leitura e ditado, pesquisas sobre a vida e obra do autor, bem como no testemunho de alunos, que nos encontros decorridos no auditório do Agrupamento Afonso de Paiva partilharam leituras e memórias de histórias que leram e que deixaram marcas nesta nova geração de leitores que continuam a identificar-se com as personagens e as mensagens passadas pelos livros deste professor amigo, António Mota, que a todos deixou uma bonita mensagem num autógrafo personalizado: Estive contigo!

Encontramo-nos por aí, no meio de uma história!

DSC04350

Até sempre!

(Brevemente publicaremos uma animação vídeo destes encontros)

Read Full Post »

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Picture slideshow generated with Smilebox

Read Full Post »

Como escreve Luísa Dacosta nas primeiras páginas, as “Robertices” pretendem recordar a tradição popular dos espetáculos de rua com os toscos robertos que tanto maravilharam crianças e os adultos “no tempo em que havia tempo para ter tempo e um dia sem escola podia ser uma eternidade”. A obra faz um “confronto” entre a realidade a ficção  e as memórias de infância da autora.

No passado dia 6 de março, a companhia de teatro conimbricense Atrapalharte apresentou, no auditório da biblioteca municipal de Castelo Branco, a peça “Robertices“, numa adaptação da obra de Luísa Dacosta “Robertices”, numa iniciativa da câmara municipal de Castelo Branco, à qual o nosso agrupamento aderiu, numa parceria entre a biblioteca escolar Afonso de Paiva e a biblioteca municipal de Castelo Branco

Numa hora sem escola, em que “houve tempo para ter tempo”, as crianças do 2º ano da escola básica de S. Tiago e do 3º ano das escolas básicas do Castelo, Mina e Afonso de Paiva do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, puderam assistir a um espetáculo cheio de animação, música e muita diversão, proporcionado pelos 4 atores, nada atrapalhados, da companhia, numa interpretação muito bem conseguida da obra literária de Luísa Dacosta, uma das obras recomendadas para o 3º ano de escolaridade, pelas metas curriculares de português.

1 2 3 4

Robertices serviu de inspiração aos quatro atores que ao longo do espetáculo contaram histórias de outros tempos e divertiram as crianças e os adultos. Na “História da Carochinha”, o rato com uma cauda com 8 metros de comprimento e na história de “O freguês caloteiro”, o barbeiro Ribeiro, foram algumas das personagens que muito animaram a sessão.

A receção dos 125 alunos participantes foi bastante positiva e isso viu-se quer no comportamento quer na participação e interação com o espetáculo, ficando totalmente envolvidos por esta representação.

A dinâmica, a cor, a alegria o humor, a musica e o “faz de conta” são elementos que marcaram este espetáculo e todas as crianças.

Mais um excelente momento dedicado aos livros, à leitura, ao teatro e à diversão que agradou a todos os nossos alunos e professores!

OBRIGADA A TODOS

DSC04142

Read Full Post »

Este encontro promovido pela biblioteca escolar, foi mais um contributo para a educação linguística e literária dos alunos, com o conhecimento de escritores e ilustradores e das suas obras e com a promoção do livro, da leitura, da escrita e da arte da ilustração, mostrando que um encontro de autor é uma mais valia e um momento único para mais tarde recordar.

Aqui vos deixamos um pequeno vídeo que ilustra alguns dos momentos mais marcantes desta visita:

OBRIGADA PEDRO!

OBRIGADA ALUNOS E PROFESSORES!

Read Full Post »

O “Dia dos Namorados” que se vem comemorando ultimamente, ano após ano, no dia 14 de fevereiro nas escolas, não poderá nunca converter-se em subtil incentivo a relacionamentos irresponsáveis e precoces. Deve sim, confluir para uma data sinalizadora de sentimentos humanos alicerçados em amor e amizade entre as pessoas, numa camaradagem saudável e numa vivência com respeito e responsabilidade, pois só assim serão contributos sérios para a formação integral de crianças, adolescentes e jovens.

Num contributo para o desenvolvimento destes valores e atitudes, a biblioteca escolar Afonso de Paiva promoveu na semana de 9 a 13 de fevereiro Um amor de biblioteca nas bibliotecas do agrupamento de escolas Afonso de Paiva e muitas foram as surpresas amorosas onde o amor dos apaixonados, o amor fraterno, o amor profissional, o amor em toda a plenitude da sua essência, até um amor monstro, foram o tema predominante.

AmorMonstro

Ao longo da semana, alunos, professores, pais e encarregados de educação, puderam apreciar as mostras bibliográficas de títulos em diferentes suportes (livro, DVD…) sobre o Amor, com montra alusiva e decoração a rigor, bilhetinhos de namorados e uma exposição de “Monstros do Amor”, com desenhos elaborados pelos alunos de 4º ano das escolas Afonso de Paiva, Mina e S. Tiago, numa iniciativa promovida pela professora da atividade extracurricular de Inglês, no âmbito dos conteúdos do corpo humano e descrição física, a partir da história “Amor Monstro, o amor onde menos se espera”, de Rachel Bright, que fez as delícias dos nossos visitantes!

Foto1

Foto2  Foto4

Foto3

Read Full Post »

Older Posts »

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

%d bloggers like this: