Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Literatura’ Category

7ª. Feira do Livro de Natal | BE Afonso de Paiva

As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva veem na época natalícia um momento propício à divulgação de novos títulos e a um contacto próximo de alunos, professores, técnicos, funcionários e pais/ encarregados de educação e familiares, com os livros e com a leitura, sendo esta também uma oportunidade para promover diferentes géneros e formatos de livros, assim como autores e ilustradores, proporcionando a sua aquisição a preços mais reduzidos, através da realização da 7ª edição da Feira do Livro de Natal, em parceria com a Editora 20|20, que decorrerá entre os dias 2 e 17 de dezembro na Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, todos os dias úteis, entre as 9h e as 17.30h.

A equipa das bibliotecas escolares elaborou um calendário de visita à Feira do Livro para alunos e docentes da comunidade escolar, estando os restantes elementos da comunidade educativa e as famílias desde já convidados! Apareçam e deliciem-se com tantas e tão boas leitur@s e muitas novidades! Haverá ainda surpresas e um convidado muito especial!

Read Full Post »

Neste mês de outubro, mês em que se celebram as Bibliotecas Escolares, elementos da comunidade escolar: funcionários, pais e filhos ofereceram livros às Bibliotecas Escolares (BE) do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva. A BE Afonso de Paiva e a BE de S. Tiago receberam doações de livros e revistas de assistentes operacionais, professores, pais, encarregados de educação e filhos/ alunos da nossa comunidade educativa, títulos essencialmente de literatura infantojuvenil, obras recomendadas pelo PNL 2027 ou incluídas nas Metas Curriculares de Português, revistas de BD, enciclopédias e livros de apoio ao estudo.

As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva agradecem a boa vontade de todos os mecenas que com o seu ato voluntário contribuíram muito para o enriquecimento do acervo da nossa Biblioteca!

Read Full Post »

cartaz

Read Full Post »

cnl

Concurso Nacional de Leitura | 13.ª edição – Fase Escolar 2019
Afonso de Paiva com participação no 1º, 2º e 3º ciclos

O objetivo central do Concurso Nacional de Leitura (CNL) é estimular o gosto e os hábitos de leitura e melhorar a compreensão leitora. A iniciativa tem como destinatários alunos dos 1.º,2.º, 3.º ciclos do ensino básico e alunos do ensino secundário, cabendo ao Plano Nacional de Leitura 2027 (PNL2027) a iniciativa e o desenvolvimento do CNL, ao longo de quatro fases consecutivas:

A fase escolar engloba as provas nas escolas/ agrupamentos, em trabalho colaborativo e articulado entre docentes do 1º ciclo e de português dos 2º e 3º ciclos e bibliotecas escolares. No agrupamento Afonso de Paiva, a prova escolar decorrerá no próximo dia 12 de dezembro. As obras selecionadas para esta primeira fase são:
1º ciclo – “A caixa de saudades” de Rosário Alçada Araújo
2º ciclo – “O dragão” de Luísa Ducla Soares e “Ali Babá e os quarenta ladrões” com adaptação de António Pescada, 5º e 6º ano respetivamente
3º ciclo – “Dentes de Rato” de Agustina Bessa-Luís, “mar me quer” de Mia Couto e “O velho que lia romances de amor” de Luís Sepúlveda
Desta fase são apurados 2 finalistas por ciclo que irão representar o agrupamento na fase municipal, a decorrer entre 11 de janeiro e 25 de fevereiro de 2019, na biblioteca municipal de Castelo Branco.

 

capas.jpg

Read Full Post »

A ilustradora Danuta Wojciechowska apresentou o seu mais recente trabalho de ilustração que integra o livro infantojuvenil “A Água e a Águia”, numa aliança com o escritor Mia Couto, numa sessão que decorreu no auditório do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, na manhã do passado dia 20 de novembro. Neste novo livro, Mia Couto escreve e Danuta Wojciechowska ilustra um conto sobre as grandes águias da Terra e a sua relação com a água dos rios.

Este encontro, organizado pelas bibliotecas escolares do agrupamento, da responsabilidade da editora Caminho, com o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco e da Rede de Bibliotecas Escolares, esteve inserido num programa que os dois autores protagonizaram na cidade. No agrupamento, a ilustradora mostrou, partilhou e conversou com cerca de uma centena de alunos e seus professores, das turmas de 3º e 4º anos da escola básica Afonso de Paiva, sobre o que é ilustrar livros para crianças e ainda surpreendeu os pequenos com algumas técnicas de ilustração e possibilidades criativas de desenhar e pintar.

 

Danuta Wojciechowska nasceu no Canadá, em 1960 e dedica-se à ilustração infantil, ao design gráfico e à cenografia. Viveu e estudou na Suíça e em Inglaterra, mas escolheu Portugal para se fixar. Reside e trabalha em Lisboa desde 1984. Foi distinguida com o Prémio Nacional de Ilustração em 2003, entre outros prémios. Já ilustrou outras obras de Mia Couto, assim como de Ondjaki, José Eduardo Agualusa, Álvaro Magalhães, Alice Vieira, Lídia Jorge e Luísa Ducla Soares.

Read Full Post »

29513316_1127404077399259_280843378190841275_n

Iniciado em 2012, o Festival Literário de Castelo Branco tem proporcionado o contacto a alunos e professores com grande número de autores (poetas, romancistas, dramaturgos, ensaístas, ilustradores, músicos…). Esta 6ª edição do Fronteira – Festival Literário de Castelo Branco decorre de 11 a 14 de abril e conta com a participação de 15 autores portugueses convidados. O Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva contará com a visita de 4 autores que irão estar à conversa com, aproximadamente, 400 alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do agrupamento:

  • 11.abril – Maria Bouza (1º ciclo)
  • 12.abril – António Mota (2º ciclo)
  • 13.abril – Rachel Caiano (2º ciclo)
  • 13. abril – Filipa Melo (3º ciclo)

Da programação do Fronteira 2018 fazem parte mesas de debate, apresentações e entrevistas de vida, visitas às escolas albicastrenses e uma oficina de ilustração. Os três primeiros dias serão dedicados às escolas do concelho, sendo o último dia, dedicado à cidade, preenchido com um debate em torno dos 20 anos do Prémio Nobel de José Saramago, com conversas à volta dos temas: «A lusofonia é uma ficção?»; «Que autores de língua portuguesa se perfilam como potenciais Nobel?» e «Vinte anos depois, mudou alguma coisa na literatura portuguesa?».

Caracterizado pelo fomento e promoção de contacto de autores com alunos e professores das escolas do concelho e com a população albicastrense, o Fronteira distinguiu já autores como José Manuel Castanheira, Carlos Correia e António Salvado (albicastrenses), Mia Couto, Manuel Alegre e este ano, José Saramago, 20 anos depois da atribuição do Prémio Nobel da Literatura, contando com a presença de Pilar del Rio. Para a professora bibliotecária Carla Nunes, esta é mais uma iniciativa cultural de grande relevo e importância para a cidade e, sobretudo, com impacto muito positivo na promoção e fomento da leitura e dos livros, junto da comunidade escolar.

Read Full Post »

cartaz.Pires

Nascido em Castelo Branco, José Dias Pires gosta de escrever — dançar com as palavras, conforme a música, conforme a vida, quando rompem as manhãs, não importa a que horas do dia.

Está hoje, dia 19 de março, à conversa com os alunos de 2º, 3º e 4º anos das escolas básicas Afonso de Paiva e S. Tiago, em dois encontros a realizar durante a manhã no auditório Afonso de Paiva, atividade promovida pelas bibliotecas escolares do agrupamento e inserida no Programa da Semana da Leitura 2018.

A sua última obra é uma fábula chamada “Giganteiras Miniaturas” e pedimos aos nossos miúdos que tomem atenção, porque o conteúdo desse livro pode provocar erupções de… Imaginação!

O autor foi professor de todos os níveis de ensino, tendo concluído a sua vida profissional na Escola Superior de Educação de Castelo Branco, da qual foi director.

É autor de, entre outros títulos, Manifesto do Imaginário (2000, Alma Azul), Sonhar com Comenius (2005, Alma Azul), Os Lápis Transmaginadores e os Segredos do Castelo Azul (2007, SGProject), A Viagem ao País dos Bobis, Gatália e Ratolândia (2008, Pais & Companhia), e As Cadeiras de Tiago (2009, edição de autor para o Grupo de Teatro Váatão). Tem-se dedicado, desde 2011, à tradução de literatura infanto-juvenil. Assume a função de Comissário do Festival Literário de Castelo Branco desde 2012. Podem saber mais AQUI ou ALI.

Read Full Post »

cartaz.programa

As bibliotecas escolares em colaboração com os docentes, discentes, técnicos, assistentes, pais e encarregados de educação, parceiros e amigos, do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva vêm por este meio convidar toda a comunidade escolar e educativa a assinalar mais uma Semana dedicada aos Livros, à Leitura e aos Leitores, participando nesta Festa da Semana da Leitura, descobrindo o leitor e/ ou o escritor que há em cada um de nós!
Vamos celebrar o Livro e o Leitor especialmente entre os dias 19 e 23 de março por todo o agrupamento de escolas Afonso de Paiva, festejando a leitura como ato comunicativo, diálogo entre as artes, as expressões, as humanidades e as ciências, como espaço de encontro, criativo e colaborativo, numa semana recheada de muitas e boas leitur@s!
O cartaz desta 12ª edição este ano é da autoria da aluna Zheng Jia Jia do 8º4 (com edição da professora Graça Gil) e o programa com todas as atividades a realizar nas diferentes unidades e estruturas do agrupamento nesta que é a nossa Semana da Leitura do Agrupamento, pode ser consultado AQUI.
Durante a próxima semana iremos, diariamente, publicando aqui no blogue as atividades, eventos e momentos desta Semana da Leitura 2018. Fiquem atentos!
Contamos convosco!
 
Boas leitur@s!
📚📖📕

Read Full Post »

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto (27.janeiro) foi o pretexto para mais um encontro de autor promovido pelas Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva, em parceria com a Editora Asa, no passado dia 29 de janeiro, que marcou o início das atividades decorridas ao longo da semana, numa singela homenagem #paranãomaisesquecer.

À conversa com João Pinto Coelho, arquiteto, professor e o mais recente escritor português distinguido com o maior galardão literário do país, o prémio Leya 2017, atribuído ao seu romance “Os loucos da rua Mazur”, estiveram cerca de uma centena de alunos e uma dezena de professores do AE Afonso de Paiva, numa oportunidade de regressar ao cenário da Segunda Guerra Mundial pelas palavras do escritor que, fruto de talento e décadas de leituras e estudo sobre o Holocausto e investigações recentes, resultantes de duas ações do Conselho da Europa que integrou, nos levou às entranhas de Oświęcim (Auschwitz), a cidade polaca que já foi um lugar feliz, reescrita a cinzas pelos nazis na memória da Humanidade.

 

 

João Pinto Coelho registou que “mais do que respostas, o Holocausto devolve, cada vez mais, perguntas” e que por isso, não se cansa de semear dúvidas e inquietações entre mentes jovens quando vai às escolas falar do tema: “Aprendemos pouco com a História”, assinala, “Continuamos certos da nossa bondade e incapacidade de fazer coisas terríveis”, desafiando todos os presentes os presentes para olhar o Mal onde nunca o vemos: dentro de nós. O escritor captou totalmente a atenção de toda a plateia, quer pelo tema, quer pela (re)construção da tragédia, assim como os tempos paralelos que nos apresenta nos seus dois romances: “Perguntem a Sarah Gross” e “Os loucos da Rua Mazur”, um livro que nos dá a conhecer um lado diferente da Segunda Guerra Mundial, um livro sobre “a universalidade do mal e não sobre a sua banalidade”, como refere João Pinto Coelho.

As Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva para além de estimularem a criação literária e o gosto pela leitura, estreitando laços entre os livros e os leitores, pretendem sempre ajudar e apoiar alunos e professores a entender melhor a importância da palavra e da literatura, bem como as transformações que hoje definem o mundo à nossa volta, com a promoção destes encontros e conversas com autores, na promoção de um trabalho de leitura empenhada, envolvida, que devolve a competência de ler nas crianças e jovens.

Read Full Post »

cartaz.CNL.2017.2018

A 12.ª edição do Concurso Nacional de Leitura [CNL] vai cumprir-se entre o dia 20 de
novembro de 2017, data oficial de abertura, e o dia 10 de junho, data de celebração da língua portuguesa, cabendo ao Plano Nacional de Leitura 2027 a organização geral do CNL e o controlo do seu desenvolvimento, ao longo de duas fases consecutivas, a primeira regional e a segunda nacional.

Reafirma-se a intenção de alcançar resultados específicos de promoção da leitura e da escrita junto da população escolar, alargando, na atual edição, o universo de ação a todos os níveis de ensino básico e secundário, passando a ser dirigido aos alunos do 1º, 2º e 3º ciclos do ensino básico e aos alunos do ensino secundário.

O Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva participará nesta edição com alunos dos 2º e 3º ciclos do ensino básico, numa colaboração entre a professora bibliotecária e os professores de português do 2º e 3º ciclos. O 1º momento decorrerá entre 8 de dezembro e 16 de fevereiro, com sessões de apresentação/ motivação para a participação e para as obras de leitura no âmbito do concurso com todas as turmas dos 2 ciclos de ensino e com a realização das provas, para apuramento para a fase nacional de 2 vencedores por ciclo do agrupamento.

Todas as informações sobre esta iniciativa podem ser lidas e consultadas AQUI.

Read Full Post »

Older Posts »

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

%d bloggers like this: