Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Literacia Fílmica’ Category

RED – Especial E@D_Professores

As Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva continuam a procurar responder às atuais exigências dos seus utilizadores, redirecionando a sua ação para a criação de serviços capazes de apoiar as novas formas de trabalho. Fisicamente não podemos ajudar, mas estamos à distância de um clique, para apoiar e colaborar on-line!

A Professora Bibliotecária continua a desenvolver um conjunto organizado de serviços e recursos digitais on-line (em linha) das Bibliotecas Escolares , capazes de apoiar pais e encarregados de educação, alunos e docentes, num apoio com eficácia às atividades letivas e de enriquecimento curricular que se desenvolvam à distância, e, em paralelo, adaptando o plano de atividades das bibliotecas para que a ação no domínio do apoio à leitura, às literacias e às atividades de caráter livre, em articulação com as famílias, se continue a processar com normalidade.

Publicamos hoje o 2º desses recursos educativos digitais, este dirigido a docentes: RED – Especial E@D_Professores, que organizámos num mural, com recurso à ferramenta padlet, para melhor pesquisa e utilização. Este mural estará, como todos os já publicados e os que se seguirão, em permanente atualização.

Cliquem na imagem para abrir. Deslizem para o lado direito e façam scroll em cada coluna para verem mais!

Made with Padlet

Read Full Post »

AE Afonso de Paiva assinala Dia Internacional dos Direitos Humanos

A Maior Lição do Mundo | Turma 4AP

O Dia Internacional dos Direitos Humanos é celebrado anualmente a 10 de dezembro, data escolhida para honrar o dia – 10 de dezembro de 1948 – em que a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou a Declaração Universal dos Direitos do Homem. Esta declaração foi assinada por 58 estados e teve como objetivo promover a paz e a preservação da humanidade após os conflitos da 2ª Guerra Mundial que vitimaram milhões de pessoas. Este dia é um dos pontos altos na agenda das Nações Unidas, decorrendo várias iniciativas a nível mundial de promoção e defesa dos direitos do homem, sendo o dia igualmente marcado pela entrega do Prémio Nobel da Paz.

Numa atividade promovida pelas Bibliotecas Escolares, em colaboração com a Equipa de Cidadania e Desenvolvimento e com o departamento do pré-escolar, do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, a celebração da data visou cerca de centena e meia de alunos das turmas de 7º ano e vinte e cinco alunos da turma 4AP de 3º ano, dando continuidade à aula “A Maior Lição do Mundo” da UNICEF, que acontece com esta turma desde 2017.2018. O objetivo primordial desta atividade, nas suas múltiplas ações, foi dar a conhecer e discutir os direitos humanos, homenagear o empenho e dedicação de todos os cidadãos defensores dos direitos humanos, destacando principalmente o papel dos jovens em dar vida e voz aos direitos humanos, alertando para todos os tipos de discriminação no mundo e procurando promover a justiça e igualdade entre todos os cidadãos. As Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva assumem assim o compromisso de fomentar a cidadania (direitos humanos – domínio do 1º grupo) integrado no desenvolvimento de ações que promovam os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), as metas globais que podem mudar o mundo, da Agenda 2030 da ONU – Nações Unidas (erradicação da pobreza, fome zero, saúde e bem-estar, igualdade de género, educação de qualidade, redução das desigualdades, paz, justiça e instituições fortes, entre outros), promovendo uma cidadania global ativa e uma maior consciencialização do papel de cada um na construção de um mundo mais igual, mais seguro, mais saudável e mais sustentável.

Os alunos de 7º ano participaram em duas oficinas temáticas digitais no auditório, orientadas pelo coordenador interconcelhio das bibliotecas escolares, Pedro Gomes, onde após visionamento de um vídeo da Organização Unidos pelos Direitos Humanos: “A História dos Direitos Humanos” e discussão de ideias, que teve como mote “O que são e quais são os Direitos Humanos” realizaram um questionário em linha e vários jogos e construíram nuvens de palavras alusivas aos Direitos Humanos, escritas por cada aluno, com recurso a algumas aplicações digitais (mentimeter, kahoot, padlet, wordle), utilizando os smartphones.

Os alunos de 3º ano participaram na biblioteca na “Maior Lição do Mundo”, no tempo de aula de educação para a cidadania, numa sessão sobre a importância dos direitos na criança na concretização dos ODS, orientada pela professora bibliotecária, Carla Manuela Nunes, que se iniciou com a narração dramatizada em voz alta do texto “Os Direitos da Criança” por Matilde Rosa Araújo. Seguidamente visionaram o vídeo da UNICEF: “Direitos com a Rita e o João”, seguido de um Quiz on-line sobre os direitos da criança, com recurso à app Kahoot nos tablets. Foram ainda realizadas duas nuvens de palavras sobre o tema, com a aplicação wordart: uma no início e outra no fim para sistematizar conhecimentos adquiridos. No final foi distribuído um modelo de origami para os alunos construírem o seu “Quantos Queres?” dos Direitos da Criança.

A atividade contou ainda com três exposições alusivas, patentes na EB Afonso de Paiva. Uma exposição de trabalhos de todos os alunos do pré-escolar, envolvendo cerca de cento e vinte alunos dos quatro jardins-de-infância do agrupamento, com painéis subordinados ao tema “Direitos das Crianças”; Outra de “Banda Desenhada dos Direitos Humanos”, com painéis compostos por trabalhos realizados por alunos de todo o país, inserida no concurso promovido pela Rede de Bibliotecas Escolares, no âmbito das comemorações dos 70 anos (em 2018) da Declaração Universal dos Direitos Humanos e dos 40 anos da adesão de Portugal à Convenção Europeia dos Direitos Humanos; Uma última, “Portas com Direitos”, com a exposição de cartazes ilustrados com os 30 artigos da Declaração Universal de Direitos Humanos da AMNISTIA Internacional Portugal, um em cada porta de cada sala de aula da EB Afonso de Paiva.

Read Full Post »

img_20170203_134220_744

A magia é o centro dos livros do Harry Potter e, por isso, o tema perfeito para inspirar um evento de encantar. A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva associou-se à comemoração internacional da Noite dos Livros de Harry Potter, assinalada pelo 3º ano consecutivo, numa iniciativa da Editora Presença, com o apoio da Largebooks, este ano sob o tema “Os Professores de Hogwarts”.

Na noite de 2 de fevereiro não faltaram ideias inspiradas nos 7 livros mágicos desta série e desde a decoração a rigor, montras de livros em português e inglês, jogos interativos, jogos de tabuleiro, fichas de magia, quizzes e algumas feitiçarias e magias, os 30 alunos (do 5º ao 9º ano) do Clube de Leitur@s do Agrupamento Afonso de Paiva, a Equipa da Biblioteca Escolar e um grupo de Professores convidados de Hogwarts, participaram numa noite inesquecível que teve como principal objetivo transmitir a magia dos famosos livros de J.K. Rowling às crianças e jovens, bem como a sua celebração com os seus já fiéis leitores.

 

 

A Noite começou pelas 20.30h e todos os que já tinham recebido as cartas de admissão no “Correio das Corujas”, puderam desfrutar com as múltiplas atividades mágicas, inseridas num vasto programa que começou com a chegada à BiblioEstação e a ida à bilheteira para obtenção dos bilhetes de comboio para a “Plataforma 9 e ¾”. O Magnífico Diretor, Professor Dumbledore recebeu-os com uma leitura em português de um excerto do livro 1 – “Harry Potter e a Pedra Filosofal” – e o Hino da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, como boas vindas à Noite dos Livros de Harry Potter. Seguiu-se a canção do “Chapéu Selecionador” e a respetiva “Cerimónia de Seleção” para que os alunos soubessem a casa a que iriam pertencer, podendo assim formar equipas e dirigirem-se para o respetivo dormitório, onde vestiram os pijamas e prepararam as suas caminhas. Já muito bem instalados, fofinhos e quentinhos, puderam ouvir a leitura em voz alta, em inglês, de um excerto, alusivo às poções e feitiços, do livro 2 – “Harry Potter e a Câmara dos Segredos” – pela Professora Trelawney, uma das ilustres convidadas da Escola de Hogwarts, servindo de mote para o jogo mágico de poções com o jogo interativo da Play Station 3, orientado pelo Professor Snape, outro dos professores convidados desta Noite.

Os alunos, organizados de acordo com as suas Casas: Gryffindor, Hufflepuff, Ravenclaw e Slytherin foram posteriormente convidados pela Professora McGonagall a participar no “Concurso do Quadro de Honra de Hogwarts”, um Jogo de Perguntas e Respostas com pontos, assim como algumas Fichas de Magia, com Sopas de Letras e Quizzes. Posteriormente e por equipas, dirigiram-se ao Gabinete do Professor Dumbledore onde puderam usar as varinhas mágicas num surpreendente Jogo de Xadrez daquele cujo nome não podemos pronunciar… Seguiu-se um Hot ButterChocolate e um Hogwarts Carrot Cake, iguarias gentilmente preparadas pela Professora Sprout. A Madame Pince, ilustre bibliotecária de Hogwarts, presenteou os participantes com um marcador de livros alusivo à Noite, após a última leitura em voz alta da noite, em português, de mais um excerto do livro 1 – “Harry Potter e a Pedra Filosofal”.

 

 

dsc07637

 

A Grande Noite dos Livros de Harry Potter terminou com a ida para os respetivos dormitórios: Gryffindor, Hufflepuff, Ravenclaw e Slytherin, seguindo-se a projeção do primeiro filme “Harry Potter e a Pedra Filosofal”.

A noite passou a correr e na manhã seguinte, dia 3 de fevereiro, havia aulas, mas não sem antes tomarem um pequeno-almoço reforçado, para repor energias, oferta do generoso Diretor Dumbledore!

Esta noite de feitiços e magia na Biblioteca Afonso de Paiva foi uma verdadeira aventura, com muitos livros, histórias, aventuras, personagens e sonhos com uma Noite Mágica e Inesquecível!

Podem descobrir mais sobre a “Noite dos Livros de Harry Potter” no vídeo que aqui vos deixamos, já disponível no canal YouTube da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva em: https://www.youtube.com/channel/UCsHYCuNVF7YLABm9m2PvTNw

Read Full Post »

O Dia da Não-Violência comemora-se a 30 de janeiro.

Esta data internacional foi instituída em homenagem a Mahatma (Grande Alma) Gandhi, falecido a 30 de janeiro de 1948. Considerado o pai da Índia, Gandhi foi um homem de boa vontade que lutou, sem ódio, pela independência da sua pátria e pela paz do mundo. Foi igualmente um grande defensor do “Satyagraha” (Força da Verdade), um princípio de não-agressão, onde se recorre a uma forma não-violenta para se protestar e se fazer a revolução. Não-violência, verdade e amor eram os grandes princípios deste pacifista, que nunca chegou a receber o Prémio Nobel da Paz.

Dentro do ideal de paz e não-violência que ele defendia, uma das suas frases mais célebres foi:

“Não existe um caminho para paz! A paz é o caminho!”.

gandhi-paz

Para saberes mais sobre esta Grande Alma deixamos-te 2 sugestões de filmes (clica no título para veres o trailer):

1. Nove Horas Até a Eternidade (1963)

História das nove horas que precederam o assassinato de Mahatma Gandhi em 1948, tendo como figuras centrais o jovem assassino, ativista de uma seita que combate os ideais de não-violência do venerado líder pacifista e o chefe de polícia, que fica a saber do crime nove horas antes e não consegue descobrir o assassino.

O filme retrata Nathuram Godse, o assassino de Gandhi, a forma como planeou o atentado, e como ele se tornou um ativista hindu que (injustamente) responsabilizou Gandhi pela morte de milhares de hindus pelos muçulmanos.
Título original: Nine Hours to Rama
Ano de Lançamento: 1963
Género: Drama – Épico
País de Origem: EUA – Inglaterra
Duração: 124 minutos
Direção: Mark Robson

2. Ghandi (1982)

Gandhi é um filme biográfico épico de 1982 que dramatiza a vida de Mohandas Karamchand Gandhi, o líder do movimento de independência não-violento, não cooperativo da Índia contra a Índia britânica durante o século XX.

O filme aborda a vida de Gandhi a partir de um momento de definição em 1893, até ao seu assassinato e funeral, em 1948. Embora praticante Hindu, Gandhi abraçou outras religiões, particularmente o cristianismo e o islamismo, também retratadas.

Venceu vários Óscares em 1983 (Estados Unidos) nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Ben Kingsley), melhor roteiro original, melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor figurino e melhor edição.

 

Título original: Ghandi
Ano de Lançamento: 1982
Género: Biográfico – Drama
País de Origem: Índia – Reino Unido – EUA
Duração: 180 minutos
Direção: Richard Attenborough

 

 

Neste dia realizam-se imensas iniciativas pela paz no mundo, com destaque para as escolas, já que nesta mesma data se celebra o Dia Escolar da Paz e da Não-Violência, ou Dia da Não-Violência e da Paz Escolar, um dia criado em 1964 pelo poeta e educador espanhol Llorenç Vidal.

A Paz não é apenas a ausência de conflito, é muito mais do que isso; é sentirmo-nos bem connosco e com os outros. Saber de onde vimos e para onde vamos; perceber que a vida tem sentido; saber que o nosso lugar no mundo é único. O dia de hoje deve servir para uma reflexão sobre a educação e a paz, o respeito pelos direitos humanos e a solidariedade entre os homens.

 

Read Full Post »

Porque é importante valorizar o cinema português, partilhamos da página ncultura este artigo com a lista dos 10 filmes portugueses mais vistos de sempre nas salas de cinema:

 

acerca1

 

1. O Pátio das Cantigas

De: Leonel Vieira
Com: Miguel Guilherme, César Mourão, Dânia Neto
Género: Comédia
Classificação: M/12

(2015/121 min.)

Espetadores: 392 000

Receitas: 2 000 000€

2. O Crime do Padre Amaro

De: Carlos Coelho da Silva
Com: Soraia Chaves, Jorge Corrula, Nicolau Breyner
Género: Drama
Classificação: M/16

(2005/120 min.)

Espetadores: 380 671

Receitas: 1 643 842€

3. 7 Pecados Rurais

De: Nicolau Breyner
Com: Nicolau Breyner, Patrícia Tavares, José Raposo, Paulo Futre, Quim Barreiros
Género: Comédia
Classificação: M/16

(2013/ 97 min.)

Espetadores: 324 113

Receitas: 1 676 689€

4. Filme da Treta

De: José Sacramento
Com: José Pedro Gomes, António Feio
Género: Comédia 

Classificação: M/16

(2006/ 91 min.)

Espetadores: 278 956

Receitas: 1 092 404€

5. Balas & Bolinhos

De: Luís Miguel Ismael
Com: Jorge Neto, Luís Ismael, J. D. Duarte
Género: Comédia
Classificação: M/16

(2001/62 min.)

Espetadores: 256 179

Receitas: 1 298 127€

6. Morangos Com Açúcar: O Filme

De: Hugo de Sousa
Com: Isaac Alfaiate, Rita Pereira, Sofia Arruda
Género: Comédia Romântica
Classificação: M/6

(2012/97 min,)

Espetadores: 238 323

Receitas: 1 233 020€

7. Call Girl

De: António-Pedro Vasconcelos
Com: Nicolau Breyner, Soraia Chaves
Género: Drama, Thriller
Classificação: M/16

(2007/145 min.)

Espetadores: 232 581

Receitas: 1 034 687€

8. Corrupção

De: Utopia Filmes
Com: Nicolau Breyner, Paula Lobo Antunes, Alexandra Lencastre, Margarida Vila-Nova
Género: Drama
Classificação: M/16

(2007/90 min.)

Espetadores: 230 741

Receitas: 1 010 974€

9. Amália: O Filme

De: Carlos Coelho da Silva
Com: José Fidalgo, Sandra Barata, Ana Padrão, Maria João Abreu, António Pedro Cerdeira, Ricardo Carriço
Género: Drama
Classificação: M/12

(2008/127 min.)

Espetadores: 214 614

Receitas: 929 680,74€

10. Uma Aventura na Casa Assombrada

De: Carlos Coelho da Silva
Com: Mariana Martinho, Margarida Martinho, Francisco Areosa, César Brito
Género: Aventura
Classificação: M/6

(2009/80 min.)

Espetadores: 124 938

Receitas: 558 477,96€

(1º filme do mês das sessões de cinema em português promovidas pela BE no auditório do agrupamento)

Read Full Post »

Uma seleção dos filmes mais icónicos da época natalícia, dos mais emocionantes aos mais cómicos, para ver no período natalício.

 

Porque neste Natal… Um filme para ver é o ideal!

 

O Amor Acontece (2003)

Um Duende em Nova York (2003)

O Estranho Mundo de Jack (1993)

Feliz Natal Charlie Brown (1965)

Grinch (2000)

Sozinho em Casa (1990)

Milagre na Rua 34 (1994)

Rodolfo, a Rena do Nariz Vermelho (1998)

A Christmas Carol (2009)

Conto de Natal (1999)

Jingle all the way (1996)

The Polar Express (2004)

Read Full Post »

É um dos dias mais especiais do ano, inteiramente dedicado aos seres de palmo e meio de todo o mundo, conforme proclamado pela ONU, na Declaração Universal dos Direitos da Criança.

O dia foi comemorado, pela primeira vez, no mundo inteiro a 1 de junho de 1950.

Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:

– afeto, amor e compreensão;

– alimentação adequada;

– cuidados médicos;

– educação gratuita;

– proteção contra todas as formas de exploração;

– crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.

Para cumprir um dos seus princípios e proporcionar-lhes alegria, há inúmeras propostas de espetáculos e atividades infantojuvenis que celebram a data, de norte a sul do país.

A biblioteca deixa aqui uma seleção de livros para que os miúdos se possam divertir e para que os graúdos se deixem contagiar pelos seus sorrisos.

omundoaocontrario_capa_0

O Mundo ao Contrário

de Atak

Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 32
Editor: Planeta Tangerina
ISBN: 9789898145642
Faixa etária: 4 a 6 anos

O que fazem várias morsas, um pinguim e ursos polares numa selva tropical? E um elefante, um urso e um leão no circo, a mostrarem as habilidades que fazem os seus tratadores? Neste autêntico mundo ao contrário, do ilustrador alemão ATAK (Hans-Georg Baber), os miúdos podem rir às gargalhadas enquanto descobrem, página após página, que tudo aquilo que aceitam como normal até podia ser bem diferente…

d859001364f946aba35035d80d73e9702ef83

Não Fiz os Trabalhos de Casa Porque
de Davide Cali

Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 42
Editor: Orfeu Negro
ISBN: 9789898327499
Coleção: Orfeu Mini

Faixa etária: 4 a 8 anos

QUANDO USAR ESTE LIVRO:
Sempre que não tenhas feito os trabalhos de casa.

É impossível fazer os trabalhos de casa quando um avião de macacos aterra à nossa porta. Além disso, os elfos esconderam todos os lápis. E houve também um problema com plantas carnívoras! As desculpas absurdas seguem-se umas às outras, num crescendo hilariante, ilustrado ao detalhe por Benjamin Chaud.
Divertimento garantido para miúdos e graúdos e para todos os que gostam de procrastinar com muita imaginação.

1102. eu acredito

Eu Acredito
de David Machado

Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 40
Editor: Alfaguara Portugal
ISBN: 9789898775306
Faixa etária: 4 a 6 anos

O que acontece quando um grande contador de histórias e um grande ilustrador se juntam? Uma história para sempre. EU ACREDITO é um livro sobre a magia e o encanto de ser criança. Um menino que transforma as suas dúvidas em certezas e nos devolve a todos a esperança e a beleza da infância.

O-menino-no-espelho1

de Fernando Sabino
Edição/reimpressão: 2007
Páginas: 175
Editor: Editora Record
ISBN: 9788501915504
Idioma: Português do Brasil
Faixa etária: 12 a 14 anos
Este livro vem enriquecer a literatura brasileira com uma nova personagem. Tom Sawyer, Mowgli, Alice, Gulliver, Pinocchio e o Pequeno Príncipe ganharam um companheiro entre nós: o menino Fernando, que é o próprio autor, que vive todas as fantasias da sua infância, através de aventuras mirabolantes. Ensina uma galinha a conversar, aprende a voar com os pássaros, vive aventuras na selva…, e, no menino que vê reflectido no espelho, descobre o melhor de si mesmo, a projecção do ideal de pureza que só uma criança pode alcançar – simbolizada, de maneira luminosa, na libertação dos passarinhos.
Um mundo mágico de surpresa e deslumbramento, desvendado por Fernando Sabino com a maestria de sempre neste romance – na realidade um novo género literário, para ser lido, com igual encantamento, por meninos e adultos.

transferir

Armandinho Dois
de Alexandre Beck

Edição/reimpressão: 2015
Páginas: 96
Editor: O Castor de Papel
ISBN: 9789899930179

Faixa etária: 8 a 12 anos

Depois de em 2014 terem sido lançados os títulos Armandinho Zero e Armandinho Um, chega agora Armandinho Dois, o terceiro livro publicado em Portugal. Um menino rebelde e refilão de cabelo azul, sempre pronto a enfrentar o pai e a mãe com a perspicácia própria das crianças.

Deixamos ainda uma ligação para 10 livros recomendados pelo jornal PÚBLICO, especialmente selecionados para este dia. Podes clicar AQUI.

E porque também gostamos de cinema, deixamos aqui um vídeo que relembre 40 clássicos da animação Disney / Pixar em apenas 200 segundos (até 2010).

Read Full Post »

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

%d bloggers like this: