Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Jogos’ Category

storycards

 

A editora norte-americana Amplify, especializada em conteúdos educativos, lançou o ano passado o tablet Amplify Android e pretende agora usar o conceito de gamificação para inspirar os alunos a lerem mais livros.

 

 

O resultado é o Story Cards, um jogo CCG (Collectible Card Game, jogo de cartas colecionáveis) que utiliza autores e personagens famosos da literatura, essencialmente clássicos. À medida que os alunos leem esses livros e demonstram compreendê-los, ganham novas cartas que podem usar no jogo.

O jogo está concebido para o tablet Amplify e para outras plataformas, incluindo iOS. Este vídeo explica a dinâmica do jogo.

 

 

 

 

Fonte: lerebooks

Anúncios

Read Full Post »

Bibliotecas escolares: uma porta para a vida

Outubro – Mês Internacional das Bibliotecas Escolares

mibe_logoportugues

Outubro é o Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, sendo assinalado em todo o mundo com iniciativas diversificadas de promoção, dentro e fora da escola, do espaço único de cultura, convívio e património que é a biblioteca.

Ao longo deste mês e como tem sido habitual, foram muitas as visitas guiadas às bibliotecas escolares do agrupamento (Afonso de Paiva e S. Tiago), quer para participar em sessões de formação do utilizador (1º e 5º anos), quer em sessões de animação de leitura no regresso à escola (1º anos das EB S. Tiago e Afonso de Paiva) e no âmbito da celebração do Halloween (1º ciclo das EB Afonso de Paiva e S. Tiago e 5º anos, em articulação curricular com o grupo de inglês e a oficina de artes), bibliopaper (1º e 5º anos), Bookmark Project – IASL – concurso internacional de marcadores de livros (8º anos em articulação curricular com EV, onde os alunos construíram marcadores de livros que irão ser trocados com um grupo de alunos da Índia), criação de um clube de leitur@s, lançamento do autor do mês (este ano dedicado a autores de países de expressão de língua portuguesa, por ser o ano de celebração dos 800 anos da língua portuguesa), o leitor do mês (o aluno com mais livros requisitados tem um lugar de destaque num dos nossos livros…), lançamento da biblioletter (trimestral), Bookworm Project (decoração do espaço da biblioteca com minhocas de livros em 3D, em colaboração com o clube da floresta e oficina de artes) e sugestões de leituras, montras de livros e exposições para a comunidade escolar e educativa, foram algumas das ações que decorreram durante o mês de outubro nas nossas bibliotecas escolares, com o intuito de assinalar o mês internacional da biblioteca escolar. As várias atividades foram sempre vocacionadas para a promoção da leitura e do papel desempenhado pela biblioteca escolar no agrupamento, mas também na comunidade educativa em geral.

MIBEA4_dia 28

Em Portugal, merece destaque um conjunto de atividades que a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), tendo por mote as orientações da Associação Internacional de Bibliotecas Escolares (IASL), canalizou para o dia 28 de outubro, destinado, a nível nacional, à celebração de um serviço com um papel que se quer cada vez mais central e interventivo na vida das escolas.

Os alunos e professores dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Ródão estiveram ainda envolvidos numa atividade conjunta de comemoração do dia nacional das bibliotecas escolares – 28 de outubro – centrada na leitura de um conjunto diversificado de textos emblemáticos sobre a importância dos livros e das bibliotecas.

À volta de autores como Valter Hugo Mãe, António Torrado e José Jorge Letria, os alunos do agrupamento de escolas Afonso de Paiva tiveram a oportunidade de, nesse dia, lerem, conversarem e escreverem, em cada aula de português em cada uma das nossas escolas, sobre a biblioteca enquanto porta para a vida e enquanto espaço insubstituível na vida dos alunos. Cada professor selecionou a modalidade de leitura que melhor se adequasse ao seu público, mas o foco da atividade foi transversal a todas as iniciativas e a todos os estabelecimentos envolvidos: a promoção da leitura, do livro e da biblioteca, numa perspetiva de partilha alargada de uma experiência que foi certamente um momento único e diferente na jornada diária das escolas.

 

A reportagem fotográfica com os momentos mais marcantes deste mês incrível!

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Personalize your own photo slideshow

Read Full Post »

images

 
Numa iniciativa da HUMANUS – Associação Humanidades, acaba de ser lançado um jogo digital, testado e adaptado em contexto escolar, sobre igualdade de género, sexualidade responsável, prevenção do consumo de drogas, alimentação saudável e atividade física/desporto.

O jogo «Vive na boa!», disponível em linha para utilização pelas escolas, é um jogo do tipo «role-play» em que, ao longo do seu desenvolvimento, cada personagem é chamada a dar opinião sobre temas diversos e a ter diferentes atitudes.

O jogo permite o acesso a uma biblioteca sobre temas como a roda dos alimentos, receitas saudáveis, excesso de peso e obesidade, mitos sobre as drogas, evolução da história das ideias sobre feminino e masculino, direitos sexuais e reprodutivos, planeamento familiar, interrupção voluntária da gravidez, entre vários outros.

Saiba mais no sítio web da Associação.

 

Via Erte

 

Read Full Post »

« Newer Posts

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

Hipermediaciones

Conversaciones sobre la comunicación digital interactiva

Amora negra

Página do escritor e contador de histórias Carlos Alberto Silva

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

%d bloggers like this: