Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Escrita’ Category

20170329_161121

 

A Rede Interconcelhia de Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão procura consolidar e ampliar um dos principais objetivos da Rede de Bibliotecas Escolares: formar novos leitores. E foi com este intuito que o grupo de professores bibliotecários de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão promoveu mais uma vez, e já pelo 6.º ano consecutivo, o Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita para alunos do 2.º ciclo, que envolveu, na primeira fase, cerca de 500 alunos dos dois concelhos.

Nesta etapa final, realizada no dia 29 de março em colaboração com a Dra. Graça Batista e toda a equipa da Biblioteca Municipal José Baptista Martins, em Vila Velha de Rodão, participaram os 28 finalistas das duas modalidades, escrita e leitura, tendo sido distinguidos pelo júri vários alunos das diferentes escolas básicas, mas foi a nossa aluna Rita Pires da turma 3 do 6º ano (AE Afonso de Paiva) que obteve o 1º Lugar no Concurso de Leitura, havendo ainda e também na modalidade de Leitura duas Menções Honrosas para as alunas Mariana Lourenço e Raquel Luís (AE Afonso de Paiva). da turma 5 do 5º ano, colocando assim o AE Afonso de Paiva a vencer pelo segundo ano consecutivo este concurso.

A organização fez questão de brindar todos os concorrentes com uma medalha de participação, uma vez que o principal objetivo da atividade consistia em festejar e partilhar o gosto pelos livros e pela expressão escrita, duas áreas em que todos estes alunos já se tinham distinguido nas respetivas escolas.

Para além da prestação de provas, o dia foi preenchido com atividades de convívio entre os participantes e com a apresentação do livro Venci-te, Jeremias, cujas autoras, Inês Cardoso e Catarina Alves, vieram a Vila Velha de Ródão para falar da obra e conceder autógrafos e ainda com uma visita à exposição sobre Cargaleiro, patente na Casa de Artes e Cultura do Tejo e uma visita guiada ao Centro de Interpretação de Arte Rupestre e Sala de Arqueologia de Vila Velha de Rodão.

Parabéns a todos os nossos pequenos grandes leitores e escritores que participaram na primeira fase deste concurso e uma felicitação especial, extensível a todos os que tornaram possível a concretização desta iniciativa, às nossas LEITORAS TOP!!!

PARABÉNS Rita, Mariana e Raquel!

Read Full Post »

cleitura

Realizam-se hoje, quarta-feira, 29 de março, na biblioteca municipal José Baptista Martins em Vila Velha de Rodão a fase final da 6ª edição do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita. Em provas estarão cerca de 3 dezenas de alunos do 2º ciclo das escolas básicas dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, marcando assim mais um dia na semana da leitura do Agrupamento Afonso de Paiva.

Boa sorte para os nossos 6 finalistas: Lara, Maria Inês, Mariana, Miguel, Raquel e Rita!!!!!!

 

cartaz.contador.ciclos.Violetas

Paralelamente e durante a manhã no JI das Violetas, todos os alunos do pré-escolar dos JI das Violetas, Castelo, Salgueiro do Campo e Sarzedas assistirão a sessões de contos pelo contador de histórias Pedro Simões, a partir do livro “O ciclo do ovo”, no âmbito da iniciativa “Contadores de Histórias”, em parceria com a editora Asa, parceira da nossa semana da leitura.

 

luisa-dacostaelefante-cor-de-rosa-140623060728-phpapp01-thumbnail-4

De tarde e já na Biblioteca Escolar S. Tiago, os alunos de 2º ano da turma 7ST apresentarão a dramatização da história “O elefante cor-de-rosa” de Luísa Dacosta aos seus colegas e amigos das turmas de 2º ano das escolas do Castelo e de S. Tiago.

Read Full Post »

dp_logo_full

Encontra-se já em linha a versão de lançamento do “Dicionário de Personagens da Ficção Portuguesa“, num projeto coordenado pelo Professor Doutor Carlos Reis.

Às 30 personagens já disponibilizadas neste projeto em desenvolvimento seguir-se-ão outras, no ritmo de crescimento próprio de um trabalho desta natureza, estando previsto que o dicionário venha a atingir um número total de cerca de 200 personagens.

A ficção portuguesa neste contexto é a ficção narrativa e sobretudo a ficção narrativa literária, ou seja, o romance, a novela e o conto. Ficam, assim, fora do âmbito do Dicionário as personagens dramáticas propriamente ditas, mas incluíram-se no corpus personagens de épocas e de géneros anteriores ao romantismo (renascimento, barroco, neoclassicismo, etc; epopeia, novela de cavalaria, novela pastoril, etc.). Não se excluiu a possibilidade de, noutro momento, se conferir ao título do Dicionário um conteúdo mais alargado, visando outras literaturas de língua portuguesa (p ex.: Dicionário de Personagens das Literaturas de Língua Portuguesa).

 

Read Full Post »

A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva coloca em destaque a importância da literacia nesta era da informação e num mundo em constante mudança. A exigência da capacidade de fazer uso social da leitura e da escrita, refletir e desenvolver um pensamento crítico, processar, sintetizar e saber avaliar uma dada informação é fundamental tanto para ter sucesso na vida escolar, como na vida profissional ou social. Intrinsecamente relacionada com as competências em literacia está a capacidade efetiva de compreender, refletir e interpretar um texto a partir do desenvolvimento ajustado de capacidades cognitivas e metacognitivas (Giasson, 2000; Snow, 2002). Ler possibilita o desenvolvimento das estruturas linguísticas, cognitivas, culturais e afetivas e possibilita-nos ainda a evasão, a descoberta de outros espaços, tempos, mundos e outras vidas, permite-nos vivenciar experiências gratificantes, compreender melhor o mundo, desenvolver estruturas afetivas a partir da identificação com personagens, sentimentos, problemas ou perspetivas. Permite-nos igualmente um maior desenvolvimento social, pela compreensão dos outros, alargar conhecimentos, aceder ao saber, desenvolver competências de leituras para outras leituras e como ferramenta de comunicação, mobilizando diferentes estratégias que facilitam a compreensão leitora.

Considerando que os leitores são, em primeira instância, construção da escola, e, incontornavelmente, das bibliotecas escolares, é justamente nesse espaço que se constroem e formam, em maior escala, comunidades de leitores e se propicia o desenvolvimento das competências de literacia, tornando-se fundamental centrar nas bibliotecas escolares e nas conceções e práticas dos professores a atenção nos processos usados para construir e reconstruir os sentidos dos textos, propiciar competências de leitura, visando a formação de leitores autónomos, leitores capazes de interagir com materiais escritos de diversos géneros e em diversos suportes para, a partir deles, construírem conhecimento.

cil-fase1-1

São estas as premissas que levaram a rede interconcelhia de bibliotecas escolares dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, em parceria com as respetivas bibliotecas municipais e em colaboração com os professores de português do 2º ciclo dos diferentes agrupamentos de escolas, à realização da 6ª edição do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita do 2º ciclo. Nesta 1ª fase, em seleção de obras/ textos da responsabilidade de cada agrupamento, são apurados, por agrupamento, 2 finalistas por cada ano, 5º e 6º, respetivamente, no caso da prova de leitura e 2 alunos no caso da prova escrita, ao nível do 2º ciclo.

No Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva as obras selecionadas para a prova de leitura foram “Graças e Desgraças da Corte d’el Rei Tadinho” para o 5º ano e “Rosa, minha irmã Rosa” para o 6º ano, ambas de Alice Vieira. De entre cerca de seis dezenas de participantes, das doze turmas de 2º ciclo do agrupamento, na prova de leitura foram apurados os alunos: Mariana Lourenço (5º5), Raquel Luís (5º5), Miguel Gama (6º1), Rita Pires (6º3). Na prova de escrita foram finalistas as alunas: Lara Barata (5º6) e Maria Inês Calmeiro (6º1). A 2ª fase, final deste concurso, será realizada em março, na semana da leitura, onde os finalistas das sete escolas envolvidas irão disputar os títulos de Campeões Interconcelhios de Leitura e de Escrita.

cil-1fase-2017

A ler e a escrever ninguém sai a perder!

Boa sorte para os nossos vencedores e parabéns a todos os participantes!

Um pequeno vídeo para recordar:

Read Full Post »

myhc_6268

Para saberes mais sobre um escritor português de quem gostas, ou se precisas fazer um trabalho escrito sobre algum, morto ou vivo, tens duas boas ligações em linha:

1. A Base de Dados de Autores Portugueses (Direcção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas), com cerca de 5000 autores. Espreita AQUI.

2. A Plataforma Escritores.Onlinecentrada em autores contemporâneos, com informação biobibliográfica, fotos, links para os sítios e blogues dos autores, excertos de obras, entrevistas, notícias e até vídeos. Espreita AQUI.

Read Full Post »

cartaz_cil2017_1fase

Na sexta edição deste concurso, uma iniciativa promovida pela rede interconcelhia de bibliotecas escolares dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, em parceria com as bibliotecas municipais dos referidos concelhos, com o apoio dos professores de português do 2º ciclo, a 1ª fase (intraescolar) do supracitado concurso de leitura e escrita decorrerá no próximo dia 11 de janeiro, quarta-feira.

As provas são realizadas nas salas 23, 24 e 25. Entre as 14.30h e as 15.30h será a prova de leitura e das 15.30h às 16.30h a prova de escrita. O tema para a prova de escrita que pode ter entre 150 a 200 palavras, é:

“Construíste uma máquina poderosíssima, à qual chamaste “Máquina para Salvar o Mundo”. Que máquina é essa? Como funciona? Como salvarias o mundo? Que novo mundo criarias?”

Prova de Leitura (30 questões de escolha múltipla e uma questão aberta)
5º ano (Graças e Desgraças da Corte d’el Rei Tadinho, de Alice Vieira)
6º ano (Rosa, minha irmã Rosa, de Alice Vieira)

 

Boa sorte a todos!

 

Read Full Post »

Pedro da Fonseca, que dá nome ao concurso, é um dos mais ilustres proencenses. Nasceu em 1528 quando Proença-a-Nova ainda se chamava de Cortiçada, tendo frequentado o Colégio das Artes e ingressado na Companhia de Jesus em 1548. Conhecido como o Aristóteles Português, foi professor de filosofia e regeu um curso de Teologia. Viveu em Roma vários anos, tendo sido conselheiro do Papa Gregório XIII. Regressado a Lisboa, publicou várias obras filosóficas que o notabilizaram. Faleceu aos 71 anos.

O município de Proença-a-Nova numa iniciativa que pretende promover a escrita, incentivar a criatividade literária e o gosto pela leitura, para além de divulgar novos talentos lança o  “Prémio Literário Pedro da Fonseca” que em 2016 realiza a sua primeira edição.

 

1451975869_concursoliterario

 

Serão premiados trabalhos inéditos nas modalidades de prosa (conto e romance) e poesia que podem ser enviados até 31 de março, de acordo com o REGULAMENTO disponível na área de normas e regulamentos do Município em www.cm-proencanova.pt.  O concurso é aberto a cidadãos naturais ou residentes em países de língua oficial portuguesa.

 

Os vencedores em cada uma das categorias – prosa e poesia – receberão um prémio de 1.500 €. O júri, que será nomeado pela Câmara Municipal, irá avaliar critérios como o enquadramento temático, organização das ideias, coerência e coesão do texto, criatividade e inovação, estilística literária, estrutura do texto e qualidade literária. Os prémios serão entregues no decorrer da Festa do Município.

Read Full Post »

Older Posts »

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

Ilse Losa

(re)descobrindo os seus livros - homenagem no ano do centenário do seu nascimento

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

estudo sobre a integração curricular de ferramentas digitais em EVT | por jOsÉ aLbErTo rOdRiGuEs

e-portefólio pnep

Victor Marques

Apps para educação

Rede de Bibliotecas Escolares | Aplicações para dispositivos móveis

Actio libera

Espaço para a literatura e o teatro: artigos, críticas, resenhas, traduções, dicas, provocações e delírios.

bibliotecaescolar.info

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: