Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Efemérides’ Category

As bibliotecas escolares celebram hoje o seu dia. Vivemos tempos de incertezas e inseguranças e as bibliotecas são um espaço de reconforto, segurança e de felicidade e os seus livros companheiros de aventuras e viagens pelo mundo!

A biblioteca escolar destaca-se neste dia como uma estrutura pedagógica colaborativa, uma comunidade com espaços abertos, físicos e digitais, onde cabe toda a gente e todos são bem-vindos, sempre em segurança, na promoção e apoio de práticas de leitura por prazer.

Que nestes dias, a leitura seja um conforto, uma atividade reconfortante que traga a serenidade e o alento tão necessários.

Estamos à tua espera no sítio do costume!

Read Full Post »

O Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro – foi instituído pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em 1981, sendo comemorado em mais de 150 países, incluindo Portugal, em todo o mundo. Anualmente é proposto um tema para assinalar e consciencializar esta importante data junto da população, sobre as questões da nutrição e alimentação. Este ano o tema é “Cultivar, Alimentar, Preservar. Juntos.”, procurando desta forma promover e disseminar a importância de uma alimentação saudável e sustentável disponível e acessível para todos, mas também a erradicação da pobreza e da fome, Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 2 da Agenda 2030 da ONU, assim como a promoção de uma agricultura sustentável para a proteção do planeta.

Dando continuidade aos projetos “Livros e Leitur@s” e “Temas em Livros”, as Bibliotecas Escolares assinalaram esta tão importante data com uma mostra bibliográfica temática em dois suportes, físico e digital, distribuição de códigos QR com imagens e informação sobre os temas deste ano e duas sessões de mediação leitora com os cerca de cinquenta alunos das turmas de 4º ano das EB Afonso de Paiva e EB S. Tiago, onde a professora bibliotecária Carla Nunes, a partir da história da Sofia e da Magui no livro “O frigorífico da Magui” de Lois Brandt e de um jogo interativo alusivo, levou os alunos a refletir e debater questões tão importantes como a importância de uma alimentação saudável e equilibrada, a erradicação da pobreza e da fome, uma saúde de qualidade e uma produção e consumo sustentáveis, objetivos 1, 2, 3 e 12 dos ODS das Nações Unidas, temas articulados com os domínios dos Direitos Humanos, do Desenvolvimento Sustentável e da Saúde, definidos na Estratégia de Educação para a Cidadania de Escola, mobilizando desta forma competências e cruzando conteúdos e conhecimentos, contribuindo igualmente para o desenvolvimento do espírito crítico, de solidariedade e voluntariado, princípios e valores também eles presentes no projeto educativo do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva.

Read Full Post »

O primeiro Dia Mundial da Lavagem das Mãos foi instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e aconteceu a 15 de outubro de 2008, no Ano Internacional do Saneamento. A data surgiu como meio de sensibilização para o combate contra a mortalidade infantil: o pequeno gesto de lavar as mãos com sabão, com frequência, previne doenças e infeções. A Direção-Geral da Saúde (DGS) refere que é de extrema importância uma correta lavagem das mãos com água e sabão ou fricção com solução antisséptica de base alcoólica, sendo uma das medidas basilares para a mitigação da pandemia de COVID-19.
As mãos são um dos mais importantes veículos de transmissão de micróbios causadores de doenças. Mãos limpas podem evitar a propagação de germes de uma pessoa para outra e em toda uma comunidade. Mas será que sabemos mesmo como as lavar?


As Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva quiseram assinalar esta tão importante data (principalmente no contexto em que vivemos) com as crianças do Jardim de Infância das Violetas, através de uma pequena dinâmica experiencial com as professoras Carla Nunes e Maria da Luz Lopes da Equipa das Bibliotecas, que mostraram às cerca de noventa crianças, os passos a seguir para fazerem a correta lavagem das mãos com sabão, englobando as palmas e os dorsos das mãos, os pulsos, entre os dedos e por baixo das unhas, devendo demorar sempre um minuto ou mais. Foram ainda relembrados os momentos em que devemos lavar as mãos: antes e depois de manipular ou consumir alimentos; antes e depois de contactar com pessoas doentes ou acamadas; antes e depois de tratar um corte ou ferida; depois de ir ao quarto de banho; depois de espirrar, tossir ou se assoar; depois de mexer em objetos ou superfícies sujas ou potencialmente contaminadas; depois de contactar com animais; depois de tocar em lixo. Foi especialmente reforçado junto das crianças que durante a pandemia da COVID-19, também devemos lavar as mãos depois de ter estado num espaço público e tocado num objeto ou superfície que possa ter sido frequentemente tocado por outras pessoas (como puxadores das portas, mesas, bombas de gasolina, carrinhos de compras, ou caixas registadoras/ ecrãs eletrónicos, etc) e antes de tocar nos olhos, nariz ou boca porque é a forma como os germes entram nos nossos corpos. As Bibliotecas Escolares deixaram a mensagem a todos que lavar as mãos é fácil e é uma das formas mais eficazes de prevenir a propagação de germes.

No final da sessão houve lugar a uma visita surpresa de um convidado muito especial: O amigo Panda, que através da sua canção “Lava as mãos” lembrou aos petizes que não devem dar boleia aos micróbios e para isso… Lava regularmente as mãos com água e sabão!

Read Full Post »

Um livro não é só um conjunto de folhas impressas, agrupadas e ordenadas. Num livro esconde-se todo um universo. Esse objeto mágico e cativante que tem a capacidade de mudar as nossas vidas, pode, de facto, fazer-nos seguir um caminho diferente do que planeámos, revelar o que antes não sabíamos, ou até fazer parar o tempo enquanto nos perdemos em mundos imaginários. Um livro-avião prestes a levantar voo, um livro-candeeiro a iluminar uma rua escura, um livro-túnel de onde sai uma locomotiva fumegante, são algumas das metáforas de inspiração que se encontram no livro “Se eu fosse um livro” de José Jorge Letria, com ilustração de André Letria.

Os alunos da turma de 2º ano da EB Mina, do AE Afonso de Paiva, orientados pela Professora Elisabete Campos, quiseram desvendar os mistérios e segredos deste título, no âmbito da celebração do Dia Mundial do Livro 2020 e na tentativa de formular respostas criativas para a pergunta “Se eu fosse um livro”, produziram umas magníficas e muito criativas frases que nos deixam de presente neste pequeno vídeo, já publicado no canal youtube das Bibliotecas Escolares Afonso de Paiva. Parabéns aos alunos e boas leitur@s!

Read Full Post »

Elmer, publicado originalmente em Inglaterra em 1968 (e, mais tarde, em 1989 como primeiro volume de uma coleção), é a personagem de David McKee, o famoso elefante às cores. Esta coleção, que conta já com 34 títulos, é hoje um clássico moderno com mais de 8.5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo e traduzido para mais de 50 línguas.

Uma personagem que ensina as crianças a aceitar a diferença, alegre e traquina o Elmer tenta passar às crianças uma mensagem muito importante: a de que não faz mal ser diferente – pelo contrário: ser diferente é bom e divertido. O Elmer faz do mundo um sítio muito melhor. Por isso, este ano vamos festejar o Dia do Elmer partilhando o positivismo do Elmer com atividades que todos podem aproveitar para fazer em casa! 

Elmer fez 30 anos no dia 23 de maio e as Bibliotecas Escolares do AE Afonso de Paiva lançaram o desafio, em mais uma iniciativa à distância, a alunos, docentes e pais/ encarregados de educação do pré-escolar e 1º ciclo, partilhando várias sugestões de leitur@s e atividades para celebrarem com os miúdos esta data.

Aqui fica uma mostra em vídeo, com recurso à ferramenta Biteable com os trabalhos recebidos no correio eletrónico da biblioteca escolar, dos pais e encarregados de educação dos alunos de 1º ano das turmas 1AP (Professora Júlia Bento) e 3M (Professora Maria de Jesus Santos).

A Professora Bibliotecária Carla Manuela Nunes agradece a todos os alunos, docentes e pais/ encarregados de educação envolvidos, pois foram muitos, e em especial aos que connosco quiseram partilhar os trabalhos realizados.

Read Full Post »

O autor Daniel Completo e a escritora Luísa Ducla Soares apresentam on-line e em direto hoje, dia 1 de Junho – Dia Mundial da Criança, pelas 16.30h, o seu novo audiolivro “Quem dá Asas às Palavras” para a Rede de Bibliotecas Escolares.

A apresentação será realizada através do youtube, neste link.

Este livro é da autoria de Luísa Ducla Soares e Daniel Completo e é ilustrado, na versão impressa, pelo ilustrador João Vaz de Carvalho.

A Professora Bibliotecária do AE Afonso de Paiva, Carla Manuela Nunes, convida todos os alunos, professores, pais e familiares a assistirem em direto neste link, hoje às 16.30h (é só clicarem): https://www.youtube.com/watch?v=Tm6dl9OQcTo

“Dança

Atiram uma pedra

Ao lago

Os meninos olham os círculos

Escutam o silêncio

E depois continuam a brincar

E dançam uma dança de roda

À roda do silêncio.”

As Fadas Verdes, Matilde Rosa Araújo

Podem também ler e ver mais propostas para este Dia Mundial da Criança na página do PNL 2027 – Plano Nacional de Leitura.

Read Full Post »

As Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas Afonso de Paiva e José Sanches e S. Vicente da Beira, no concelho de Castelo Branco, lançaram o Passatempo à Distância para assinalar e celebrar o Dia Mundial do Livro 2020 com os alunos em casa.

“Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão” foi o mote lançado, desafiando os pequenos leitores do pré-escolar e do 1º ciclo a ouvirem um conto (áudio conto) e depois da audição do conto, resolverem um quiz interativorealizando uma ilustração/ desenho sobre o conto e enviar em suporte digital para o e-mail do passatempo: umlivronocoracao@gmail.com.

E os vencedores do AE Afonso de Paiva são…

Categoria Pré-escolar: Rafael | JI Violetas

Categoria 1º Ciclo: Sara | EB Afonso de Paiva

Parabéns!

As professoras bibliotecárias Carla Nunes e Maria do Céu Vaz agradecem, reconhecidamente a todos, a participação neste 1º Passatempo à Distância, pelos magníficos trabalhos recebidos em mais uma celebração do livro e da leitura. Todos os participantes vão receber por e-mail hoje, dia 11 de maio, um certificado de participação e um desenho para colorir. Os vencedores recebem também uma surpresa digital!

Aqui fica um pequeno vídeo para mais tarde recordar:

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
This digital slideshow generated with Smilebox

Parabéns a todos!

Read Full Post »

Celebremos a nossa língua!

“O português é falado por mais de 260 milhões de pessoas nos cinco continentes (3,7% da população mundial) e é a língua oficial dos nove países-membros da CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) e Macau, bem como a língua de trabalho ou oficial de organizações internacionais como a União Europeia, a União Africana ou o Mercosul.

É uma língua cada vez mais global, prevendo-se que, no final deste século, seja falada por 500 milhões de pessoas, o que lhe confere uma dimensão mundial que é justamente celebrada.  

No dia das comemorações mundiais, e não sendo possível realizar iniciativas de caráter presencial, o PNL – Plano Nacional de Leitura, não quis deixar de homenagear a língua portuguesa apresentando vários olhares sobre ela, na companhia dos textos de escritores, a quem saudamos especialmente, de investigadores, professores, políticos, leitores e todos os falantes de português. No dia de hoje, o PNL propõe-lhe falar português, ler português, escrever português, pensar português e, até, jogar português.” (Fonte: PNL2027, adaptado)

Leiam, vejam, aprendam, pensem e joguem português na página do Plano Nacional de Leitura AQUI.

Read Full Post »

Passatempo à Distância

“Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”

O Dia Mundial do Livro é comemorado desde 1996 e, por decisão da UNESCO, a 23 de abril. Trata-se de uma data simbólica para a literatura, uma vez que, de acordo com os vários calendários, neste dia desapareceram importantes escritores como Miguel de Cervantes e William Shakespeare, entre outros. A ideia da comemoração teve origem na Catalunha, onde a 23 de abril, dia de São Jorge, é oferecida uma rosa a quem comprar um livro. Esta troca de uma rosa por um livro tornou-se já uma tradição em vários países do mundo.

Este ano de 2020 o Dia Mundial do Livro tem como tema

“Um livro no coração. Todos somos Livros.”

E porque nas Bibliotecas Escolares dos Agrupamentos de Escolas Afonso de Paiva e José Sanches e S. Vicente da Beira, no concelho de Castelo Branco, #estamoson, as professoras bibliotecárias não quiseram deixar passar este tão importante dia e lançaram o primeiro Passatempo à Distância para assinalar e celebrar o dia com os alunos em casa: “Um Livro no Coração, Um Desafio na Mão”, desafiando os pequenos leitores do pré-escolar e do 1º ciclo a ouvirem um conto (áudio conto), disponível num Mural RED – Especial Leitur@s, dedicado aos livros e às leituras, construído para celebrar o dia, com curadoria de conteúdos pela professora bibliotecária, mural que é aqui apresentado hoje, dia 23 de abril, e também nos espaços institucionais em linha de cada um dos agrupamentos e bibliotecas escolares.

No passatempo, os alunos são desafiados a, depois da audição do conto, resolverem um quiz interativo sobre a história que ouviram, com recurso à ferramenta wordwall e a realizarem uma ilustração/ desenho que terão que enviar em suporte digital (podem tirar uma foto) para o e-mail do passatempo: umlivronocoracao@gmail.com.

Os links para os áudio contos são:

Pré-escolar: https://soundcloud.com/calbsilva/um-dois-tres?in=calbsilva/sets/poemas-portugueses-para-criancas  (Este é direto para o audio conto “1, 2, 3″de Eugénio de Andrade na soundcloud “Poemas portugueses para crianças” de Carlos Alberto Silva)

1º Ciclo: http://www.rtp.pt/play/zigzag/p2757/e373714/era-uma-vez (Depois de entrar aqui no Era uma vez da RTP Zig Zag, o aluno deve procurar o audio conto “Franklin e a livraria voadora” para ouvir)

Os links para os quizzes (jogos) são:

Pré-escolar: https://wordwall.net/resource/1636898/1-2-3-de-eug%c3%a9nio-de-andrade

1º ciclo: https://wordwall.net/resource/1636369/era-uma-vezfranklin-e-livraria-voadora

O passatempo decorre de 23 a 30 de abril e todos os participantes recebem um certificado digital enviado através de correio eletrónico. Os 2 melhores desenhos de cada agrupamento, um por agrupamento, serão agraciados com uma pequena surpresa digital!    

Boas áudio leitur@s!

Read Full Post »

Semana dos Afetos, Sentimentos e Emoções

AE Afonso de Paiva | Bibliotecas Escolares

Semana dos Afetos | BE Afonso de Paiva

Ter afetos é ter a capacidade de dar e de receber, de amar e de ser amado, de inquietar e de ser inquietado. Os afetos exprimem-se através dos sentimentos e das emoções e têm uma ligação especial com o passado, com as experiências e vivências com as pessoas e o mundo que as rodeia. Os afetos têm a ver com aquilo que nos afeta, são algo de que somos dotados e exprimem-se em sentimentos e emoções que estão ligadas fundamentalmente ao presente. Este foi o mote que levou as Bibliotecas Escolares do Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva, mais um ano, a dedicar uma semana, coincidente com o S. Valentim, aos afetos, emoções e sentimentos.

De 14 a 28 de fevereiro a Biblioteca Escolar Afonso de Paiva vestiu-se a rigor e para além de uma instalação temática alusiva, também se puderam ver e ler muitos livros sobre os afetos, emoções e sentimentos, numa mostra temática variada de títulos em suporte livro e não livro. Estiveram igualmente patentes no espaço três exposições: uma exposição de “Abanicos del Amor”, numa iniciativa das docentes de Espanhol com os alunos do 3º ciclo; uma segunda exposição de “Love Monsters”, atividade de projeto desenvolvida pelas professoras de Inglês do 1º ciclo com todos os alunos de 4º ano do agrupamento; e uma terceira exposição “Mural dos Afetos”, com desenhos realizados pelos alunos da turma 6AP de 2º ano, feitos a partir da história “Tanto, Tanto!” de Trish Cooke. Para além dos magníficos trabalhos e decoração a rigor, houve ainda o visionamento de filmes e puderam ouvir-se playlists muito apaixonadas e apaixonantes,durante os intervalos, horas de almoço e períodos sem aulas. Alunos e professores participaram ainda na iniciativa das bibliotecas “Vamos espalhar afetos” e deixaram as suas mensagens nos enormes corações das bibliotecas. Para a professora bibliotecária Carla Manuela Nunes, “o afeto pode ter variadas formas de ser expresso, através da escrita, do desenho, da música, da palavra, mas também da ação, do modo de nos comportarmos, de comunicarmos e de interagirmos. É a forma como o afeto é vivido que transforma o ser humano e que permite uma experiência de vida equilibrada.”

E porque as crianças e jovens necessitam de consolo, de braços que abracem, de ouvir histórias aconchegantes, de colo, de mimo, de vozes agradáveis e de sorrisos, as bibliotecas escolares não podiam deixar de celebrar igualmente esta semana com livros e leituras. Assim e no âmbito do Programa Itinerâncias “Malas com Rodas Cheias de Histórias”, os alunos das escolas de 1º ciclo e jardins-de-infância do AE Afonso de Paiva sem espaço físico de biblioteca, puderam assistir a sessões de animação de leitura, num total de dez, orientadas pela Educadora Maria da Luz Lopes, da equipa das BE, a partir das histórias “O Monstro das Cores” de Anna Llenas e “Era uma vez um gato xadrez…” de Bia Villela, apresentando cenários, ilustrações e os “monstros das emoções” em 3D, com vista a promover a inteligência emocional, os valores e os afetos, aprendendo a gerir emoções e a compreender sentimentos com, aproximadamente, duas centenas e meia de alunos do pré-escolar e 1º ciclo, criando espaços e possibilidades para a própria produção ou construção. Usualmente, emoção e sentimento surgem como sinónimos, mas a relação entre ambos é muito estreita. Para o neurocientista português António Damásio, a emoção é “um conjunto de reações corporais, automáticas e inconscientes, face a determinados estímulos provenientes do meio onde estamos inseridos. O sentimento surge quando tomamos consciência das nossas emoções, isto é, o sentimento dá-se quando as nossas emoções são transferidas para determinadas zonas do nosso cérebro, onde são codificadas sob a forma de atividade neuronal.”

Read Full Post »

Older Posts »

CNAPEF

Conselho Nacional de Associações de Profissionais de Educação Física e Desporto

RECURSOS EDUCATIVOS

NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS

ANLite

Audiências, Notícias e Literacia | Audiences, News and Literacy

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: