Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Educação’ Category

O desafio Literacia 3D está de volta e esta nova edição do LITERACIA 3Di, da responsabilidade da Porto Editora, vai avaliar competências de Matemática, Ciência, Leitura e, a novidade este ano, Inglês.

Este desafio pelo conhecimento decorre durante o ano letivo em três fases: local, distrital e nacional, com base em provas interativas disponibilizadas através da plataforma online Escola Virtual.

Os 30 alunos do Clube de Leitur@s da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva estão envolvidos, pelo terceiro ano consecutivo, nestes desafios e realizaram nos dias 15 e 22 de novembro as provas online da 1ª fase nas áreas da literacia matemática, científica, de leitura e de inglês. E porque acreditamos que esta é uma iniciativa que contribui para o desenvolvimento educativo, pessoal e social, beneficiando os nossos alunos, ajudando-os a consolidar as aprendizagens e a elevar os níveis de conhecimento num contexto similar ao das avaliações internacionais, sabemos que os nossos pequenos grandes leitores vão estar à altura deste desafio.

 

 

Os resultados de cada um dos alunos participantes nas diferentes fases serão comunicados à respetiva direção do agrupamento (ou estabelecimento de ensino não agrupado). O nome dos alunos apurados em cada uma das fases estará também disponível para consulta no sítio da iniciativa: www.literacia3d.pt e será igualmente divulgado aqui no blogue das bibliotecas escolares Afonso de Paiva: https://viagemdasletras.wordpress.com.

Anúncios

Read Full Post »

O Clube de Leitur@s da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva iniciou um novo capítulo na sua viagem pelo mundo das letras, dos livros e da leitura. A professora bibliotecária, Carla Nunes, propôs aos alunos do clube um Roteiro de Leitur@s pelas diferentes estruturas e espaços culturais do concelho albicastrense, tendo como objetivo principal a valorização do património local e regional, pelo conhecimento e interpretação das suas diferentes estruturas e espaços culturais, assim como dos múltiplos escritores, pintores, artesãos, escultores, entre outros, naturais da cidade.

E o primeiro capítulo foi dedicado à Casa da Memória Judaica em Castelo Branco, situada na rua das Olarias. No dia 3 de maio, os alunos do clube visitaram este novo espaço museológico, dividido em diferentes áreas e que pretende retratar a presença judaica na cidade, bem como distinguir algumas personalidades como o patrono do nosso Agrupamento, Afonso de Paiva, entre outros. O espaço pretende valorizar a presença judaica na cidade e acolhe a história da fundação da judiaria de Castelo Branco, os rituais, a inquisição e a memória de grandes judeus albicastrenses.

 

casadamemoriajudaica

 

Para o Clube de Leitur@s ficou clara a importância desta nova estrutura que para além de mostrar uma parte importante da história albicastrense, apresentando a zona antiga da cidade, os portados quinhentistas e a presença da memória judaica, é possível ainda observar uma maquete de Castelo Branco quinhentista e a sua ligação aos portados, bem como artefactos ligados aos judeus. Os alunos puderam ainda assistir em vídeo a uma peça de teatro que conta a história de Maria Gomes, presa em 1636 pela Inquisição quando tinha 115 anos de idade, sendo considerada a mais idosa vítima que se conheceu daquele tribunal, que depois de dois anos de interrogatório e de tortura acabou por ser queimada em auto-de-fé, já com 117 anos. A Educadora Maria da Luz Lopes, da equipa da biblioteca, contou ao clube, na primeira pessoa, um pouco desta história, por ela representada e encenada na peça “Lamento e Testamento de Maria Gomes”, num texto de José Dias Pires. Houve ainda tempo para percorrerem um “túnel escuro” onde são retratados a inquisição e a tortura, bem como um painel onde surgem evidenciados os nomes dos judeus albicastrenses que a inquisição condenou, sendo possível através de um sistema virtual saber informações sobre cada uma dessas pessoas.

Brevemente, o Clube de Leitur@s apresentará novos capítulos deste Roteiro de Leitur@s pela cidade de Castelo Branco, em mais uma iniciativa da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, procurando disseminar o conhecimento, valorizando e divulgando o património cultural local e regional, na tentativa de assegurar a transmissão de uma herança, cuja continuidade e enriquecimento unirá as gerações num percurso civilizacional singular.

 

 

Read Full Post »

logo-pperto

 

A plataforma “Português Mais Perto” resulta da colaboração entre a Porto Editora e o Camões — Instituto de Cooperação e da Língua.

Trata-se de uma plataforma online de ensino da língua portuguesa para crianças que iniciaram o processo escolar em Portugal e agora vivem no estrangeiro, permitindo às crianças e aos jovens a manutenção de contacto com o processo de aquisição de competências e de conhecimentos em língua portuguesa de forma autónoma.

Esta nova plataforma para o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa terá dezenas de aulas interativas.e, de acordo com José Luís Carneiro, secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, “pode ser também ativado um tutor” para auxiliar a aprendizagem das crianças, garantido pelo instituto Camões.

 

 

 

 

Read Full Post »

div_dia_deficiencia

Hoje dia 6 de dezembro, o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva promove a comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, com a realização de um seminário no auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em Castelo Branco, pelas 17:00h.
A Biblioteca Escolar e o Departamento de Educação Especial do AE Afonso de Paiva irão apresentar o Projeto “Saber Ler+: Práticas inclusivas de leitura”.
A organização deste evento junta os quatro agrupamentos de escolas de Castelo Branco: Afonso de Paiva, Amato Lusitano, Nuno Álvares e José Sanches e S. V. da Beira, e é da responsabilidade conjunta do CRTIC e dos departamentos de educação especial dos respetivos agrupamentos. Conta, ainda, com a colaboração da ERID e da APPACDM de Castelo Branco e com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude e da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Convidamos toda a comunidade educativa a assistir a este evento.

Read Full Post »

photo

 

A Room to Read é uma organização não governamental que procura fomentar a literacia no mundo, principalmente nos países em desenvolvimento, levando os livros às crianças desfavorecidas, caminhando no sentido da erradicação da pobreza através da educação.

Ao fim de quinze anos, o projeto apresenta números impressionantes – 15 000 bibliotecas construídas e mais de 1600 escolas, atingindo um universo de sete milhões e meio de crianças.

No seu trabalho para cumprir a missão proposta, a organização deparou-se com a falta de livros escritos na língua materna dos países intervencionados, como por exemplo em Lao, Hindi, Tamil, Afrikaans, SeSotho, Kiswahili, Chinaya. Deste modo, a organização criou uma editora infantil e juvenil, com o objetivo de publicar livros nessas línguas e permitir que as crianças aprendessem a ler e tivessem acesso à educação.

 

 

Tudo sobre a Room to Read aqui.

 

 

Fonte: fabulas

Read Full Post »

O Dia da Não-Violência comemora-se a 30 de janeiro.

Esta data internacional foi instituída em homenagem a Mahatma (Grande Alma) Gandhi, falecido a 30 de janeiro de 1948. Considerado o pai da Índia, Gandhi foi um homem de boa vontade que lutou, sem ódio, pela independência da sua pátria e pela paz do mundo. Foi igualmente um grande defensor do “Satyagraha” (Força da Verdade), um princípio de não-agressão, onde se recorre a uma forma não-violenta para se protestar e se fazer a revolução. Não-violência, verdade e amor eram os grandes princípios deste pacifista, que nunca chegou a receber o Prémio Nobel da Paz.

Dentro do ideal de paz e não-violência que ele defendia, uma das suas frases mais célebres foi:

“Não existe um caminho para paz! A paz é o caminho!”.

gandhi-paz

Para saberes mais sobre esta Grande Alma deixamos-te 2 sugestões de filmes (clica no título para veres o trailer):

1. Nove Horas Até a Eternidade (1963)

História das nove horas que precederam o assassinato de Mahatma Gandhi em 1948, tendo como figuras centrais o jovem assassino, ativista de uma seita que combate os ideais de não-violência do venerado líder pacifista e o chefe de polícia, que fica a saber do crime nove horas antes e não consegue descobrir o assassino.

O filme retrata Nathuram Godse, o assassino de Gandhi, a forma como planeou o atentado, e como ele se tornou um ativista hindu que (injustamente) responsabilizou Gandhi pela morte de milhares de hindus pelos muçulmanos.
Título original: Nine Hours to Rama
Ano de Lançamento: 1963
Género: Drama – Épico
País de Origem: EUA – Inglaterra
Duração: 124 minutos
Direção: Mark Robson

2. Ghandi (1982)

Gandhi é um filme biográfico épico de 1982 que dramatiza a vida de Mohandas Karamchand Gandhi, o líder do movimento de independência não-violento, não cooperativo da Índia contra a Índia britânica durante o século XX.

O filme aborda a vida de Gandhi a partir de um momento de definição em 1893, até ao seu assassinato e funeral, em 1948. Embora praticante Hindu, Gandhi abraçou outras religiões, particularmente o cristianismo e o islamismo, também retratadas.

Venceu vários Óscares em 1983 (Estados Unidos) nas categorias de melhor filme, melhor diretor, melhor ator (Ben Kingsley), melhor roteiro original, melhor direção de arte, melhor fotografia, melhor figurino e melhor edição.

 

Título original: Ghandi
Ano de Lançamento: 1982
Género: Biográfico – Drama
País de Origem: Índia – Reino Unido – EUA
Duração: 180 minutos
Direção: Richard Attenborough

 

 

Neste dia realizam-se imensas iniciativas pela paz no mundo, com destaque para as escolas, já que nesta mesma data se celebra o Dia Escolar da Paz e da Não-Violência, ou Dia da Não-Violência e da Paz Escolar, um dia criado em 1964 pelo poeta e educador espanhol Llorenç Vidal.

A Paz não é apenas a ausência de conflito, é muito mais do que isso; é sentirmo-nos bem connosco e com os outros. Saber de onde vimos e para onde vamos; perceber que a vida tem sentido; saber que o nosso lugar no mundo é único. O dia de hoje deve servir para uma reflexão sobre a educação e a paz, o respeito pelos direitos humanos e a solidariedade entre os homens.

 

Read Full Post »

A Brincar e a Rir o Bullying Vamos Prevenir é o primeiro jogo existente em Portugal direcionado para a prevenção primária da violência escolar.

Destina-se a crianças do 1º e 2º Ciclos do Ensino Básico, mas também a pais, professores, educadores sociais, psicólogos, entre outros técnicos, preocupados em trabalhar junto dos mais novos esta problemática.

Atentos a este problema, apostamos na prevenção e, por isso, a Biblioteca Escolar S. Tiago irá desenvolver no próximo dia 29 de janeiro, entre as 15h e as 18h uma oficina destinada a alunos do 4º ano das escolas Afonso de Paiva e S. Tiago, orientada pela Educadora e autora do jogo, Cátia Vaz.

A oficina inclui uma apresentação do jogo educativo-pedagógico, em tabuleiro e digital, para além de outros jogos e dinâmicas de grupo a realizar com os alunos.

cartaz

 

 

Read Full Post »

Older Posts »

A maioria das pessoas que caminhem atrás de mim serão crianças, por isso manterei os passos curtos." Hans Christian Andersen

BECRE-AEPM

Biblioteca Escolar / Centro de Recursos Educativos do Agrupamento de Porto de Mós

Pegada-de-papel

Blogue das Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas

Bibliotecas são Comunidades

As bibliotecas são Comunidades

Cinema Sem Conflitos

Prevenção e mediação de conflitos em contexto educativo

O Cão Leitor

Livros, Literacia e Literatura para crianças

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

%d bloggers like this: