Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Castelo Branco’ Category

O Clube de Leitur@s da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva iniciou um novo capítulo na sua viagem pelo mundo das letras, dos livros e da leitura. A professora bibliotecária, Carla Nunes, propôs aos alunos do clube um Roteiro de Leitur@s pelas diferentes estruturas e espaços culturais do concelho albicastrense, tendo como objetivo principal a valorização do património local e regional, pelo conhecimento e interpretação das suas diferentes estruturas e espaços culturais, assim como dos múltiplos escritores, pintores, artesãos, escultores, entre outros, naturais da cidade.

E o primeiro capítulo foi dedicado à Casa da Memória Judaica em Castelo Branco, situada na rua das Olarias. No dia 3 de maio, os alunos do clube visitaram este novo espaço museológico, dividido em diferentes áreas e que pretende retratar a presença judaica na cidade, bem como distinguir algumas personalidades como o patrono do nosso Agrupamento, Afonso de Paiva, entre outros. O espaço pretende valorizar a presença judaica na cidade e acolhe a história da fundação da judiaria de Castelo Branco, os rituais, a inquisição e a memória de grandes judeus albicastrenses.

 

casadamemoriajudaica

 

Para o Clube de Leitur@s ficou clara a importância desta nova estrutura que para além de mostrar uma parte importante da história albicastrense, apresentando a zona antiga da cidade, os portados quinhentistas e a presença da memória judaica, é possível ainda observar uma maquete de Castelo Branco quinhentista e a sua ligação aos portados, bem como artefactos ligados aos judeus. Os alunos puderam ainda assistir em vídeo a uma peça de teatro que conta a história de Maria Gomes, presa em 1636 pela Inquisição quando tinha 115 anos de idade, sendo considerada a mais idosa vítima que se conheceu daquele tribunal, que depois de dois anos de interrogatório e de tortura acabou por ser queimada em auto-de-fé, já com 117 anos. A Educadora Maria da Luz Lopes, da equipa da biblioteca, contou ao clube, na primeira pessoa, um pouco desta história, por ela representada e encenada na peça “Lamento e Testamento de Maria Gomes”, num texto de José Dias Pires. Houve ainda tempo para percorrerem um “túnel escuro” onde são retratados a inquisição e a tortura, bem como um painel onde surgem evidenciados os nomes dos judeus albicastrenses que a inquisição condenou, sendo possível através de um sistema virtual saber informações sobre cada uma dessas pessoas.

Brevemente, o Clube de Leitur@s apresentará novos capítulos deste Roteiro de Leitur@s pela cidade de Castelo Branco, em mais uma iniciativa da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, procurando disseminar o conhecimento, valorizando e divulgando o património cultural local e regional, na tentativa de assegurar a transmissão de uma herança, cuja continuidade e enriquecimento unirá as gerações num percurso civilizacional singular.

 

 

Read Full Post »

A Biblioteca Escolar Afonso de Paiva coloca em destaque a importância da literacia nesta era da informação e num mundo em constante mudança. A exigência da capacidade de fazer uso social da leitura e da escrita, refletir e desenvolver um pensamento crítico, processar, sintetizar e saber avaliar uma dada informação é fundamental tanto para ter sucesso na vida escolar, como na vida profissional ou social. Intrinsecamente relacionada com as competências em literacia está a capacidade efetiva de compreender, refletir e interpretar um texto a partir do desenvolvimento ajustado de capacidades cognitivas e metacognitivas (Giasson, 2000; Snow, 2002). Ler possibilita o desenvolvimento das estruturas linguísticas, cognitivas, culturais e afetivas e possibilita-nos ainda a evasão, a descoberta de outros espaços, tempos, mundos e outras vidas, permite-nos vivenciar experiências gratificantes, compreender melhor o mundo, desenvolver estruturas afetivas a partir da identificação com personagens, sentimentos, problemas ou perspetivas. Permite-nos igualmente um maior desenvolvimento social, pela compreensão dos outros, alargar conhecimentos, aceder ao saber, desenvolver competências de leituras para outras leituras e como ferramenta de comunicação, mobilizando diferentes estratégias que facilitam a compreensão leitora.

Considerando que os leitores são, em primeira instância, construção da escola, e, incontornavelmente, das bibliotecas escolares, é justamente nesse espaço que se constroem e formam, em maior escala, comunidades de leitores e se propicia o desenvolvimento das competências de literacia, tornando-se fundamental centrar nas bibliotecas escolares e nas conceções e práticas dos professores a atenção nos processos usados para construir e reconstruir os sentidos dos textos, propiciar competências de leitura, visando a formação de leitores autónomos, leitores capazes de interagir com materiais escritos de diversos géneros e em diversos suportes para, a partir deles, construírem conhecimento.

cil-fase1-1

São estas as premissas que levaram a rede interconcelhia de bibliotecas escolares dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, em parceria com as respetivas bibliotecas municipais e em colaboração com os professores de português do 2º ciclo dos diferentes agrupamentos de escolas, à realização da 6ª edição do Concurso Interconcelhio de Leitura e Escrita do 2º ciclo. Nesta 1ª fase, em seleção de obras/ textos da responsabilidade de cada agrupamento, são apurados, por agrupamento, 2 finalistas por cada ano, 5º e 6º, respetivamente, no caso da prova de leitura e 2 alunos no caso da prova escrita, ao nível do 2º ciclo.

No Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva as obras selecionadas para a prova de leitura foram “Graças e Desgraças da Corte d’el Rei Tadinho” para o 5º ano e “Rosa, minha irmã Rosa” para o 6º ano, ambas de Alice Vieira. De entre cerca de seis dezenas de participantes, das doze turmas de 2º ciclo do agrupamento, na prova de leitura foram apurados os alunos: Mariana Lourenço (5º5), Raquel Luís (5º5), Miguel Gama (6º1), Rita Pires (6º3). Na prova de escrita foram finalistas as alunas: Lara Barata (5º6) e Maria Inês Calmeiro (6º1). A 2ª fase, final deste concurso, será realizada em março, na semana da leitura, onde os finalistas das sete escolas envolvidas irão disputar os títulos de Campeões Interconcelhios de Leitura e de Escrita.

cil-1fase-2017

A ler e a escrever ninguém sai a perder!

Boa sorte para os nossos vencedores e parabéns a todos os participantes!

Um pequeno vídeo para recordar:

Read Full Post »

cartaz_cil2017_1fase

Na sexta edição deste concurso, uma iniciativa promovida pela rede interconcelhia de bibliotecas escolares dos concelhos de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, em parceria com as bibliotecas municipais dos referidos concelhos, com o apoio dos professores de português do 2º ciclo, a 1ª fase (intraescolar) do supracitado concurso de leitura e escrita decorrerá no próximo dia 11 de janeiro, quarta-feira.

As provas são realizadas nas salas 23, 24 e 25. Entre as 14.30h e as 15.30h será a prova de leitura e das 15.30h às 16.30h a prova de escrita. O tema para a prova de escrita que pode ter entre 150 a 200 palavras, é:

“Construíste uma máquina poderosíssima, à qual chamaste “Máquina para Salvar o Mundo”. Que máquina é essa? Como funciona? Como salvarias o mundo? Que novo mundo criarias?”

Prova de Leitura (30 questões de escolha múltipla e uma questão aberta)
5º ano (Graças e Desgraças da Corte d’el Rei Tadinho, de Alice Vieira)
6º ano (Rosa, minha irmã Rosa, de Alice Vieira)

 

Boa sorte a todos!

 

Read Full Post »

div_dia_deficiencia

Hoje dia 6 de dezembro, o Agrupamento de Escolas Afonso de Paiva promove a comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, com a realização de um seminário no auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), em Castelo Branco, pelas 17:00h.
A Biblioteca Escolar e o Departamento de Educação Especial do AE Afonso de Paiva irão apresentar o Projeto “Saber Ler+: Práticas inclusivas de leitura”.
A organização deste evento junta os quatro agrupamentos de escolas de Castelo Branco: Afonso de Paiva, Amato Lusitano, Nuno Álvares e José Sanches e S. V. da Beira, e é da responsabilidade conjunta do CRTIC e dos departamentos de educação especial dos respetivos agrupamentos. Conta, ainda, com a colaboração da ERID e da APPACDM de Castelo Branco e com o apoio do Instituto Português do Desporto e Juventude e da Câmara Municipal de Castelo Branco.

Convidamos toda a comunidade educativa a assistir a este evento.

Read Full Post »

14680780_1168296879923950_3341571628940384305_n

 

A Plataforma Digital dos Concelhos de Portugal é uma biblioteca digital desenvolvida pelo CITI (Centro de Investigação para Tecnologias Interativas) e FCSH (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa) que apresenta uma coleção de livros originais, escritos e editados para os alunos das escolas do 1º ciclo.

Apresentam textos, que também podem ser escutados, vídeos e animações 3D que valorizam, ou esclarecem as temáticas abordadas. Cada livro trata de um monumento, ou área geográfica com interesse especial, uma figura histórica, uma lenda e valoriza-se o brasão de cada concelho, aqui tratado de forma especial.

A coleção Plataforma Digital dos Concelhos de Portugal é ainda  enriquecida por agregar a cada livro um caderno para tomar notas e fazer exercícios.

Na Plataforma Digital dos Concelhos de Portugal, cada concelho dá a conhecer a sua história e explica o significado dos seus brasões. Aqui fica o exemplo de Castelo Branco. http://www.pdcp.pt/livro/castelobranco#page/14
Castelo Branco, Lisboa… Estes são alguns dos concelhos que podes explorar em http://www.pdcp.pt/, mas há mais novidades para breve.

 

Read Full Post »

Fomentar hábitos de leitura junto dos mais jovens é o objetivo principal da Biblioteca Escolar Afonso de Paiva, o qual se insere numa estratégia mais ampla que faz da Educação um desafio nacional, baseado em valores essenciais como a garantia no acesso a um ensino de qualidade. Estas iniciativas revestem-se da maior importância para a promoção da leitura, do prazer e gosto de ler, para aprender a competir de forma saudável, alargar os horizontes, quer através da leitura em si, quer pela abertura a outros universos e conhecimentos. O futuro dependerá, em grande parte, das oportunidades criadas para as nossas crianças e jovens, de modo a que cresçam a ler e a aprender.

 
Neste sentido e no âmbito do Concurso Interconcelhio de Leitura, dirigido ao 2º ciclo e promovido pela Rede Interconcelhia de Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Ródão, realizou-se pelo quinto ano consecutivo mais uma edição que levou no Agrupamento Afonso de Paiva cerca de meia centena de alunos a ler “de olhos fechados” o livro de Isabel Zambujal “A menina que sorria a dormir”. Os quatro alunos apurados nesta primeira fase – Alice Peixinho e Miguel Gama (5º1), Renata Falcão (6º1) e Tomás Calmeiro (6º6) estão de parabéns e irão representar o Agrupamento na fase final, que decorrerá a 16 de março, na semana da leitura, na Biblioteca Municipal de Castelo Branco.

 

Miguel_Renata_Alice_Tomas_FinalistasCIL2016

Read Full Post »

Cartaz_CIL_1fase
A fase escolar da 5ª edição do CIL – Concurso Interconcelhio de Leitura do 2º ciclo, uma iniciativa da Rede Interconcelhia das Bibliotecas Escolares de Castelo Branco e Vila Velha de Rodão, em estreita colaboração com os professores de português do 2º ciclo, decorrerá na próxima quarta-feira, dia 13/ janeiro, entre as 15h e as 16h nas salas 23 e 24 para os alunos de 5º ano e sala 25 para os alunos do 6º ano.
A obra escolhida é “A menina que sorria a dormir” de Isabel Zambujal, escritora que nos visitará no dia 17/março, na semana da leitura 2016, para nos falar desta e de outros livros e histórias de sua autoria.
capa
Boas leitur@s e boa sorte para todos!

Read Full Post »

Older Posts »

A23 EDIÇÕES

A fine WordPress.com site

Anna Llenas

autora e ilustradora de libros

EUROLIS

Resources for librarians

Bestiário Tradicional Português

Primeira compilação ilustrada de criaturas míticas do folclore nacional

Figuras da Ficção

Investigação, ensino e debate sobre a teoria da narrativa e sobre a personagem ficcional

CAFÉ COM LETRAS

Revista de literatura lusófona

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

Ilse Losa

(re)descobrindo os seus livros - homenagem no ano do centenário do seu nascimento

Ferramentas Web, Web 2.0 e Software Livre em EVT

estudo sobre a integração curricular de ferramentas digitais em EVT | por jOsÉ aLbErTo rOdRiGuEs

e-portefólio pnep

Victor Marques

Apps para educação

Rede de Bibliotecas Escolares | Aplicações para dispositivos móveis

Actio libera

Espaço para a literatura e o teatro: artigos, críticas, resenhas, traduções, dicas, provocações e delírios.

bibliotecaescolar.info

um (re)encontro com o mundo dos livros...

%d bloggers like this: