Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 16 de Maio, 2017

A Revolução de 25 de Abril, também referida como Revolução dos Cravos, refere-se a um período da história de Portugal resultante de um movimento social, ocorrido a 25 de abril de 1974, que depôs o regime ditatorial do Estado Novo, vigente desde 1933 e iniciou um processo que viria a terminar com a implantação de um regime democrático e com a entrada em vigor da nova Constituição a 25 de abril de 1976, o mesmo dia das primeiras eleições legislativas da nova República. Na sequência destes eventos foi instituído em Portugal um feriado nacional no dia 25 de Abril, denominado como “Dia da Liberdade”.

E para assinalar este marco histórico nacional, a Biblioteca Escolar em estreita articulação e colaboração com os Professores de História e Geografia de Portugal (HGP) e de Educação Visual e Tecnológica (EVT) do 2º ciclo, realizaram uma exposição de trabalhos no átrio principal da escola básica Afonso de Paiva, onde toda a comunidade educativa pôde apreciar uma coleção de cartazes alusivos ao 25 de Abril, fruto de um concurso proposto aos alunos, bem como uma amostra de artefactos e cravos vermelhos, construídos pelos alunos em Oficina de Artes e nas aulas de EVT.

Os alunos das seis turmas de 5º ano, num total aproximado de 150 alunos assistiram ainda a sessões de animação e mediação leitura, promovidas pela Professora Bibliotecária, sob o mote “A revolução das letras”. As sessões, desenhadas a partir do livro de Vergílio Alberto Vieira, consistiram numa mostra bibliográfica de títulos em diferentes suportes existentes na biblioteca escolar, alusivos a esta temática, seguindo-se uma leitura expressiva dramatizada em StoryBook Theater do livro “A revolução das letras”, finalizando com um animado jogo de caça ao erro, a partir de 2 imagens das primeiras eleições livres em Portugal após o 25 de Abril.

Esta foi mais uma atividade no âmbito da leitura e das literacias promovida colaborativa e articuladamente pela biblioteca, proporcionando aos alunos que vivenciem pela literatura situações reais, participando nelas ativamente, mobilizando conhecimentos e desenvolvendo as suas aprendizagens, permitindo ainda que percebam a função social que a leitura ocupa na vida humana. Noutras palavras, a literatura deve fazer parte da vida da criança, sendo premente e fundamental que esse processo seja iniciado, desenvolvido e aprofundado na escola, de forma provocada, intencional, em que as situações de contacto com a literatura sejam criadoras de novas necessidades de ler, de conhecer, de expressão e de prazer por meio da relação dialógica que se estabelece com os livros e com a leitura, sendo este um dos primeiros e principais objetivos da biblioteca escolar.

 

 

Anúncios

Read Full Post »

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

%d bloggers like this: