Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 15 de Setembro, 2015

regresso_escolar_ banner

1. Estilo de vida saudável:

Incentive o gosto pela atividade física. É um hábito que potencia o adequado desenvolvimento cerebral e reduz os níveis de stress.
2. As horas de descanso:

O tempo de descanso é essencial para assegurar uma boa reposição de todos os níveis fisiológicos, garantir que todas as memórias são processadas e as novas aprendizagens integradas, bem como potenciar uma boa regulação emocional. Para as crianças mais pequenas, entre 1 a 2 anos, recomendam-se entre 9 a 14 horas de sono. Com as crianças em idade pré-escolar, entre os 3 e os 5 anos, 10 a 12 horas será o ideal. Em idade escolar, a partir dos 6 anos, o aconselhável são noites com 9 a 11 horas de descanso.

3. Alimentos para um cérebro forte:

Sem fundamentalismos, preste alguma atenção à comida que disponibiliza ao seu filho. Se a criança passar o dia a comer comida altamente processada, entre croissants já embalados, barras de cereais e bolachas, não se espante se à noite estiver irrequieto e com dificuldades de concentração. Apostar em alimentos frescos e menos processados, assegurando uma diversidade nutricional importante, é garantia de um cérebro capaz de aprender melhor e de regular a sua energia física e humor também com maior eficácia.
4. Estudar num local próprio:

É importante que a criança tenha uma zona de trabalho onde poderá fazer alguns exercícios depois da escola. Esse espaço deve ser arejado e ter uma boa iluminação, e não devem existir distrações próximas disponíveis. Se possível, o mobiliário deve ser ajustado às crianças.
5. Incentivar hábitos de leitura:

Crescer num ambiente onde existem livros e pessoas que leem, potencia a vontade de mergulhar no mundo da leitura. É uma forma de entretenimento que estimula, simultaneamente, a linguagem, a curiosidade e a capacidade de concentração. Ler + para aprender +
6. Mais foco na qualidade das aprendizagens feitas:

Mais do que os resultados quantitativos, é importante acompanhar o processo de integração de aprendizagens e estar atento ao despiste de fatores que possam contribuir para algumas dificuldades, tais como problemas de visão, de audição ou de motricidade.
7. Rotinas na hora do TPC:

É muito importante que exista um acompanhamento próximo dos pais, a par do estabelecimento de rotinas. A disponibilidade para ajudar é distinta da prontidão de dar respostas; os pais devem apoiar a autonomia das crianças desde o início.
8. Promover as relações com os pares:

Entre dias tão cheios é importante que os pais acompanhem a qualidade das relações que os filhos estabelecem com crianças das suas idades, quer sejam colegas de escola ou filhos de amigos. Perceber como resolvem os conflitos que surgem, o seu perfil num grupo, e a capacidade de criar brincadeiras são informações relevantes que vão indicando se em algum momento a criança precisa de apoio no processo de socialização.
9. Palavras importantes na relação entre Pais e Filhos:

unnamed

Fonte: quartodasbrincadeiras

Anúncios

Read Full Post »

Blogue do IILP

Promocão e difusão da língua portuguesa

Astrid Lindgren Memorial Award

The World's Largest Children's Literature Award

Universo Abierto

Blog de la biblioteca de Traducción y Documentación de la Universidad de Salamanca

MixLit

O DJ da literatura

abiblioterapeuta.wordpress.com/

A Biblioterapeuta: porque os livros curam.

Alerta Premika

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Hafuboti

little bits of library goodness

Educação para a Sexualidade

Recursos para Jardim de Infância e Ensino Básico

TRANSMAGINAR

um (re)encontro com o mundo dos livros...

Cultura LIJ / ISSN 2545-6849-10

Revista de Cultura y Literatura Infantil y Juvenil - ISSN 2545-6849-10 Marzo 2018

Literacia de Informação

Da Informação ao conhecimento com a biblioteca escolar

%d bloggers like this: